Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Mulher esfaqueada morre após ataque a família em Itapecerica

Por | 29/05/2013

dp

Arquivo Jornal na NetCaso foi registrado na Delegacia central da cidade

Morreu por volta das 16h50 desta quarta-feira, Eliane Oliveira a mulher que havia sido esfaqueada no ataque a família dela a golpe de facadas no bairro Parque Paraíso em Itapecerica da Serra às 9h30. Ela não resistiu à cirurgia que foi submetida no Hospital Geral da cidade - veja última matéria aqui.

Com a morte dela, somam-se três os mortos no ataque. O marido dela Rogério Lima Santos de 27 anos, e Esmael o filho do casal de apenas 1 ano e 8 meses, morreram logo após serem esfaqueados. A segunda filha do casal de 4 anos, Erica sobreviveu ao ataque. Ela foi submetida a uma cirurgia e está em estado estável, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. O filho mais velho do casal de 10 anos, não estava em casa no momento da tragédia, ele estava na escola e não foi relacionado no Boletim de Ocorrência.

De acordo com o delegado Marcelo Santos, o acusado de ter atacado a família, Everaldo Santos da Silva confessou o crime. Ele era sócio de Rogério e o teria atacado porque ele estaria desviando dinheiro da loja de móveis usados, onde mantinham sociedade. O seu depoimento foi marcado por muita frieza. Ele só demonstrou arrependimento por ter ferido as crianças no ataque.

Contrariando a justificativa do acusado, o cunhado da vítima afirmou que nenhuma briga aconteceu entre os dois em matéria ao portal de notícias G1.  “Eles nunca brigaram, sempre foram pessoas que trabalharam juntos. [Rogério era] uma pessoa com boa rotina no trabalho, isso que é mais estranho”, disse Paulo Silva Rocha.

Everaldo Santos da Silva já foi transferido ao Centro de Detenção Provisória (CDP), porque corria risco de morte na Delegacia, apesar de estar em cela separada. Ele responderá por triplo homicídio qualificado e por uma tentativa de homicídio qualificado. Com ele PMs apreenderam a faca utilizada no crime. 

Crime

O assassinato de Rogério, sua esposa Elaine e um dos filhos deles de apenas 1 ano e oito meses, Esmael chocou os moradores da cidade e até mesmo os policiais devido a frieza do acusado. De acordo com informações apuradas pelo Jornal na Net Everaldo teria usado quatro facas para assassinar as vítimas, três delas quebraram durante o crime.

A frieza dele foi tamanha que chegou a degolar o pequeno Esmael que estava no colo de sua mãe quando recebeu a facada em seu pescoço. Elaine tentou fugir do acusado mesmo depois de ser esfaqueado. Ela correu e caiu em cima de um telhado, o acusado foi atrás dela caindo também no telhado. A polícia prendeu o acusado na sequência. Ele não resistiu à prisão.

Parentes dele informaram no DP que o acusado e a família assassinada por ele foram juntos ao culto evangélico ontem e tudo transcorreu na devida "paz". O filho dele na semana retrasada foi apreendido por ato infracional de tráfico de drogas. A atitude do pai na Delegacia nada parecia com a frieza demostrada durante e após o crime.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.