Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeitura de Taboão fecha quadrimestre com arrecadação aquém da expectativa

Por Sandra Pereira | 29/05/2013

audiencia_1

Sandra PereiraAudiência aconteceu nesta quarta-feira, 29, na Câmara de Taboão da Serra

A Audiência Pública para prestação de contas da prefeitura de Taboão da Serra referente o 1º quadrimestre de 2013 acendeu o sinal amarelo nas finanças do município. Historicamente o período é onde ocorre a maior arrecadação graças ao pagamento de impostos como o IPTU e o IPVA. A prefeitura de Taboão fechou o quadrimestre com a arrecadação de R$ 191.415.144,82, que representa 35,12% dos R$ 658.771.750,16 previstos no orçamento para 2013. O percentual é considerado baixo para o período e segundo o secretário Municipal da Fazenda, Adelço Buhrer Júnior pode indicar que o orçamento foi fixado para o ano está acima da capacidade real de arrecadação de Taboão.  Atualmente, a prefeitura possui R$ 45 milhões em Caixa e gasta 15 milhões mensais com folha de pagamento.  Na ocasião o secretário disse que a prefeitura está impedida por força de orientação do TCE a pagar as rescisões dos livre-nomeados da administração passada que foram exonerados. Veja aqui.

O secretário demonstrou preocupação com a queda na arrecadação que ocorre nos quadrimestres seguintes e reclamou da desorganização no registro das despesas contraídas e efetuadas na prefeitura no último ano.  Ele disse que já constatou divergência em dados de entrada e saída das contas da administração na passada e não descartou a possibilidade de contratar uma auditoria para dirimir as dúvidas na contabilidade da prefeitura.

“O que arrecadamos no 1º quadrimestre é maior do que o 2º e bem mais do que no 3º”, relatou o secretário. “Nesse período notamos divergências graves como apontamento de dívida em conta que não existe, ou recurso em conta especificada como zerada. Isso sem contar a desorganização da peça orçamentária”.

Um dos pontos polêmicos da audiência foi a apresentação das dívidas da prefeitura. O vereador Luiz Lune questionou o montante de R$ 200 milhões divulgados pelo administração à imprensa. Mas, o secretário disse que o valor corresponde a R$ 140 milhões de dívida registrada R$ 43 milhões de contas não pagas à Sabesp, R$ 60 milhões de dívida referente a canalização do Córrego Poá, que devem ser pagos a longo prazo. Os vereadores questionaram a forma como as dívidas são contabilizadas, especialmente aquelas com vencimento a longo prazo.

Lune questionou também se as anistias concedidas com freqüência não teriam acabado por criar na cidade uma cultura de esperar a anistia para quitar os débitos. O secretário de Fazenda informou que atualmente a cidade registra R$ 327 milhões na dívida ativa, incluindo multa, juros e correção. Recentemente, segundo ele, 517 contribuintes abriram processo visando quitar seus débitos com a municipalidade.

A audiência contou com a participação dos vereadores Cido, Marcos Paulo, Eduardo Paz e Vida, Érica da Enfermagem, Lune e Ronaldo Onishi.

Todos eles fizerem questionamentos ao secretário e pediram explicações sobre a arrecadação e as despesas da cidade. Os vereadores cobraram posicionamento mais firme da administração contra os integrantes da família Basile, maior devedora de impostos na cidade . Também exigiram fiscalização sobre os repasses feitos pelo shopping Taboão.

“Queremos saber qual o montante de arrecadação do shopping e quais são os 30 maiores devedores da cidade. Temos que saber disso para planejar as políticas públicas”, disse Ronaldo Onishi.

23/04/2018

Prefeito Fernando firma parceria com MP para implantação da Patrulha Guardiã

O prefeito Fernando Fernandes assinou na quinta-feira (3), o Termo de Cooperação com o...

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

21/04/2018

Vereador Marcos Paulo elogia atuação da GCM em Taboão da Serra

O vereador Marcos Paulo vem usando a tribuna da Câmara Municipal para elogiar o trabalho...

21/04/2018

Câmara Municipal aprova título de Cidadão Taboanense para o padre Weliton Angeli

Na sessão da última terça-feira, dia 17, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por...

21/04/2018

Presidente Joice Silva e as vereadoras Priscila e Rita receberam prêmio

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva e as vereadoras Priscila Sampaio e Rita...

20/04/2018

Anderson Nóbrega é nomeado novo secretário de esportes em Embu das Artes

Na tarde da última quinta-feira (19), em Embu das Artes, o prefeito Ney Santos nomeou Anderson...

18/04/2018

Senado aprova projeto que obriga escolas a combaterem bullying

O Senado aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto que obriga as escolas a desestimularem seus...

17/04/2018

Após revisão, governo anuncia cancelamento de 422 mil benefícios sociais

Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão...

14/04/2018

Câmara Municipal entrega título de Cidadão Taboanense ao padre Kirano

No último domingo, dia 8, a Câmara Municipal de Taboão da Serra entregou o título de Cidadão...

12/04/2018

4º Encontro de Autismo reuniu quase mil pessoas no Cemur, em Taboão

Quase mil pessoas participaram do 4º Encontro de Autismo de Taboão de Serra, realizado no...

26/04/2018

Bailarina de Taboão da Serra se prepara para grande festival na Espanha

Moradora do jardim Salete, em Taboão da Serra, a jovem Rosana Silva, de 18 anos, está a um passo...

26/04/2018

Força Tática fez 70 flagrantes desde que voltou para Taboão e Embu

Desde que voltou a atuar em Taboão da Serra e Embu das Artes, no dia 2 de dezembro, a Força...

26/04/2018

GCM reforça Operação Cidade Organizada em Itapecerica da Serra

Ação “Cidade Organizada’ realizou no último dia 20, uma operação procurando restringir a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.