Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Após críticas Jorge Costa diz que deixou prefeitura com receita e patrimônio recorde

Por Sandra Pereira | 27/05/2013

jorge_3

Arquivo do Jornal na NetEx-prefeito disse que na sua gestão cidade adquiriu patrimônio de R$ 1 bilhão e que orçamento subiu de R$ 94 para R$ 400 milhões

Está dando o que falar em Itapecerica da Serra a publicação feita pelo ex-prefeito do município, Jorge Costa (PMDB), no jornal Página 7, numa tentativa de responder as críticas comumente feitas à sua administração muitas vezes abertamente pelos integrantes do governo do prefeito Amarildo Gonçalves, o Chuvisco (PMDB).  O ex-prefeito não escondia de ninguém a sua insatisfação com a aliança entre PMDB e PSDB na disputa pela sua sucessão. Chegou a articular sem sucesso o lançamento da candidatura do seu vice-prefeito Toninho Trolesi. 

 Integrantes do novo governo chegaram a declarar que ele não se empenhou como devia na eleição de Chuvisco e criticam sem trégua a sua administração nesses primeiros meses. Até mesmo os que integraram o governo do ex-prefeito evitam menções de apoio ou elogio público à sua gestão. A situação se repete na Câmara, onde o ex-prefeito chegou a ser taxado de forasteiro e de “devastar a cidade”. Por conta disso, o meio político de itapecericano entendeu a publicação como uma tentativa de resposta de Jorge Costa às críticas frequentes.

Com o título Comunicado de Jorge Costa, a publicação traz um texto de apenas um parágrafo ao lado de um demonstrativo de receita e despesa. O texto diz que quando ele assumiu a prefeitura de Itapecerica em 2005 a cidade tinha orçamento de R$ 94 milhões e R$ 48 milhões em dívidas deixadas por seu antecessor no cargo. 

De acordo com a nota os R$ 48 milhões devidos correspondiam a débitos junto à Sabesp, a Eletropaulo, fornecedores e os funcionários públicos. 

O ex-prefeito se orgulha ao afirmar que após os 8 anos de sua gestão deixou para o município patrimônio equivalente a R$ 1 bilhão, elevou o orçamento municipal para R$ 400 milhões e ainda deixou em caixa R$ 54 milhões.  "Este é o maior orçamento dos 136 anos de história de Itapecerica", finaliza a publicação.   

O prefeito Chuvisco não costuma tratar da administração passada. Em todas as ocasiões que concede entrevista Chuvisco foca seu discurso na sua administração e nas suas propostas. Mesmo quando trata dos problemas herdados ele não tece críticas ao seu antecessor. 

Veja aqui:

jorge


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.