Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Saúde de Taboão quer especialistas nas UBS e lista padronizada de medicamentos

Por | 16/05/2013

visita_1

Ricardo VazFernando durante visita ao Pronto Socorro do Antena, na última terça-feira

A Secretaria Municipal de Saúde pretende aumentar o número de especialistas como farmacêuticos nas Unidades Básicas de Saúde de Taboão da Serra. A meta da pasta também é reorganizar a lista de remédios padronizados para atender a necessidade de cada paciente, sem que eles precisem comprar os medicamentos em farmácias da cidade. Para alcançar esse objetivo, a Saúde tem feito cotações e comprado diversos medicamentos.

A reorganização da lista de medicamentos e orientação dos médicos vem de encontro com as dificuldades enfrentadas diariamente pelos moradores da cidade. Eles passam por consultas, são medicados, mas acabam não encontrando os medicamentos receitados pelos médicos. Sem opção, os pacientes compram os remédios. No posto eles são orientados a procurarem a Farmácia Popular. “Não temos esses remédios. Toda vez é a mesma coisa, receitam o paciente com remédios que não tem aqui”, informou uma funcionária do Posto de Saúde do Jardim Suiná.

De acordo com a secretária Raquel Zacainer a ênfase é preencher o quadro médico dos postos de saúde para descentralizar os atendimentos de baixa classificação de risco nos Prontos Socorros do município, uma vez que 85% dos atendimentos do PS Antena podem ser feitos nos postos, como o Suiná. Apenas 15% dos casos que o Antena recebeu em abril foram de pacientes de média e alta complexidade, os quais o atendimento deve ser feito no local mesmo.

Outra dificuldade encontrada pelos pacientes é a demora que encontram para marcar consultas de ginecologia, por exemplo. Andréa Santos, moradora do Pirajuçara disse ter encontrado vaga na especialidade para setembro. “A demora acontece devido à falta de médicos. A prioridade é o pré-natal, depois os demais atendimentos. Urgência como infecção urinaria deve ser tratada e atendida nos Pronto Socorros”, explicou Raquel.

A secretária informou que mais de 30 médicos foram contratados para os Postos Médicos. E esse número deve aumentar, devido a um concurso público aberto para a contratação de 119 médicos, entre as especialidades estão a de ginecologia, 20 vagas, clínico geral, 40, psiquiatra 10 vagas, entre outros – veja mais informações aqui.

Todas as mudanças foram apresentadas com exclusividade ao Jornal na Net, na manhã desta terça-feira (14) no Pronto Socorro do Antena. A reportagem foi convidada pelo prefeito Fernando Fernandes e a secretária de saúde, Raquel Zacainer na última sexta. A visita contou com a presença deles, do vice-prefeito Laércio Lopes, secretário de comunicação, Daniel Borges e o diretor médico do Antena, Luiz Felipe.

Essas não são as primeiras mudanças anunciadas pela Saúde do município. O PS Antena já conta com uma nova gestão, critério para ordem de atendimento dos pacientes, a preparação da implantação de sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Clínica Médica no local e reformas em setores como a maternidade.Todas as reformas que a Sociedade Paulista de Medicina (SPDM) pretende implantar na cidade podem custar à prefeitura R$ 1.800.000, 00 (um milhão e oitocentos reais).

A sociedade pode gerar também, além do PS Antena, os Prontos Socorros infantil e Akira Atada.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.