Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Taboão devem rejeitar contas de 2009 de Evilásio

Por Sandra Pereira | 13/05/2013

evila450

Sandra Pereira Evilásio Farias não estaria "empenhado" em garantir a aprovaç&ati

Os vereadores de Taboão da Serra devem votar e rejeitar as contas do ex-prefeito Evilásio Farias de 2009, na sessão desta terça-feira,  14. As contas do ex-prefeito foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado devido a aplicação indevida dos recursos provenientes do Fundeb. O Jornal na Net apurou que uma parte expressiva dos vereadores está inclinada a votar pela rejeição das contas. Até mesmo vereadores eleitos na coligação do ex-prefeito devem votar a aprovação das suas contas de 2009. As contas de 2010 do prefeito também foram rejeitadas.

Ao que tudo indica o Evilásio Farias não estaria se movendo nos bastidores, como ocorre normalmente, nos processos de análise de contas pelas câmaras municipais. Se as contas forem rejeitadas o ex-prefeito fica inelegível por 8 anos e com ficha suja. Além de estar sujeito à vários tipos de sanções.

Até o momento não há entendimento entre os vereadores a respeito da votação. As contas do ex-prefeito Evilásio entraram na pauta o mês passado, mas foi retirada posteriormente e o ex-mandatário recebeu prazo para apresentar defesa. Também foi aberta a possibilidade de defesa oral na Câmara para Evilásio, mas até o momento não há uma definição a respeito.

Será a quarta vez que a Câmara Municipal vai apreciar parecer contrário do TCE sobre as contas do ex-prefeito. Em todas as ocasiões anteriores os vereadores aprovaram as contas do então prefeito. Agora a situação promete ser contrária.

Foi ao vereador Cido, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, que coube analisar e dar parecer sobre o relatório do TCE se posicionando contrário à aprovação das contas do ex-prefeito.

“O TCE foi claro e não havia como deixar de seguir a decisão do tribunal”, disse Cido.

Tribunal nega pedido de reexame das contas de Evilásio de 2010

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), negou durante sessão plenária, na quarta-feira (8/5), provimento ao pedido de reexame interposto pelo Prefeito de Taboão da Serra, em 2010, Evilásio Farias, em face da decisão de primeira instância que emitiu parecer desfavorável à aprovação das contas do município.

 A desaprovação da prestação de contas do município foi em virtude do descontrole no setor de dívida ativa, da falta de informações sobre o montante de renúncia de receita, bem como de divergências na conta destinada a movimentação dos recursos das multas de trânsito, dentre outros motivos especialmente de ordem administrativa.

O voto, relatado pelo Conselheiro Edgard Camargo Rodrigues, observa que a falta de atendimento às recomendações e alertas do Tribunal para que a administração promovesse ajustes nos registros da dívida ativa, com o objetivo de criar rotina eficaz de controle do setor, contribuiu, de forma decisiva, para a constatação das graves falhas apuradas. Pondera também que subsiste dúvida com relação ao destino dado aos recursos provenientes das multas de trânsito. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.