Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Laércio Lopes leva 300 crianças de Taboão ao Circo Spacial

Por Sandra Pereira | 3/05/2010

a.jpg

Laércio diz que ajudar aos outros traz felicidade e defende responsabilidade social

Solidariedade é a receita capaz de fazer a diferença entre uma vida plena e feliz ou vazia e sem sentido. As pessoas que praticam atos de solidariedade garantem que se sentem mais felizes por saber que estão ajudando ao próximo.

Neste domingo, 2 de maio, o empresário Laércio Lopes, presidente da ACE Taboão da Serra, desfrutou plenamente a satisfação de proporcionar felicidade. Ele levou um grupo de 300 crianças de comunidades carentes de Taboão da Serra para assistir ao espetáculo de encerramento da temporada do circo Spacial na cidade. Além de assistir ao espetáculo as crianças ganharam lanche e refrigerante para completar a festa.

“Dá uma energia muito grande poder trazer essas crianças. Para mim o sorriso de felicidade dessas crianças tem um valor profundo. Me enche de energia, estimula, incentiva, dá forças para continuar com essa corrente”, afirmou Laércio Lopes.

O olhar atento de cada uma das crianças, especialmente das menores, denunciava a satisfação de mergulhar no universo mágico do circo. Cada apresentação era saboreada pela atenta platéia. A maioria nunca foi ao circo antes se surpreendeu com o universo de luzes, cores e movimentos mágicos.

A tarde de gostinho especial vai permanecer por muito tempo na memória das crianças que viram de perto a magia do circo pela primeira vez. A pequena Gabriele Santos, 7 anos, disse que nunca tinha ido ao circo antes. Ela não conseguia desgrudar os olhos do picadeiro e parecia estar encantada com cada parte do espetáculo. “Adorei”, disse ela sem conseguir parar de olhar para o picadeiro.

Esse foi o 6º ano que Laércio levou crianças ao circo Spacial. A parceria entre ambos já arrancou centenas de sorrisos, cultivou a esperança e fez muitas crianças sonhar. Além disso, a semente da solidariedade, que o empresário planta nas crianças beneficiadas pode render frutos ilimitados. Só o futuro dirá a proporção.

Enquanto o futuro não chega Laércio incentiva outros empresários a agir com responsabilidade social e tentar dar aos mais necessitados ao menos um pouco daquilo que Deus dá a cada um. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.