Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Ex-servidores da Iacta vão receber rescisões dia 10 de maio no Cemur

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 7/05/2013

iacta450

Sandra PereiraEx-servidores estiveram na Câmara para pedir ajuda dos vereadores e voltaram à Casa nesta terça

Acaba na sexta-feira, 10 de maio, a novela envolvendo o pagamento das rescisões trabalhistas dos quase 280  funcionários demitidos da Organização Social Iacta Saúde, que administrava o Pronto Socorro do Antena até o dia 31 de março. Depois de dois logos meses de espera os ex-servidores vão receber suas rescisões no Cemur, a partir das 9 horas. Os pagamentos serão feitos em cheque nominal pela prefeitura diretamente aos beneficiados. Nos casos em que houver divergência os termos de rescisão vão constar ressalva e os sindicatos das categorias devem  cobrar a diferença na Justiça. Também será a Justiça quem vai decidir sobre os casos funcionários com estabilidade, como é o caso das gestantes e pessoas com direito a aposentadoria.

Para receber as rescisões os ex-servidores devem levar documento de identidade e carteira de trabalho. Todos devem se apresentar no Cemur onde cada um dos sindicatos das categorias de servidores que atuavam no Antena vão conduzir os processos de homologação das rescisões trabalhistas. Todos devem receber ainda uma multa correspondente a um salário pelo descumprimento do prazo de 10 dias, garantido em lei, para o pagamento das rescisões. Já a multa relativa ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) deverá ser paga posteriormente na Caixa Econômica Federal.

 A decisão do pagamento foi tomada em reunião entre a prefeitura, representantes da Iacta e os sindicatos na tarde desta terça-feira, dia 7. Na ocasião foi assinado um termo no qual a Iacta autoriza que o pagamento dos funcionários seja feito em cheques individuais.

 “Os cheques serão feitos de acordo com as rescisões (salários atrasados, férias, todos os encargos) de acordo com os cálculos de cada um dos funcionários feito pela organização e em nome dos funcionários não da Iacta”, explicou a secretária da Saúde, Raquel Zaicaner, após a reunião.

Segundo ela o valor das rescisões chega a R$ 1,8 milhão reais. Já a dívida que o ex- prefeito Evilásio Farias acumulou com a organização é de R$ 14 milhões. Esse montante, de acordo com a secretária, será discutido posteriormente. “A prefeitura tem débito com a Iacta e isso será discutido, mas apesar disso, os funcionários têm que receber”, disse.

 Raquel frisou que a assinatura do termo é inédita na prefeitura, uma vez que garante de que o pagamento dos funcionários foi feito e, ainda que a Iacta não cobre esse valor depois. Já as possíveis alegações de diferenças no salário que podem ser feitas por eles, serão discutidas entre a organização, os funcionários e Justiça.

 A prefeitura já havia se comprometido a repassar os valores devidos à Iacta mediante o pagamento dos direitos trabalhistas de funcionários.“Esse processo está acontecendo porque o prefeito Fernando Fernandes tem compromisso social com esses funcionários”, afirmou a secretária.

 Repercussão na Câmara Municipal

Dezenas de ex-servidores da Iacta lotaram a câmara municipal na sessão desta terça-feira, 7, como ocorreu na última semana. No plenário do Legislativo os ex-servidores da empresa foram informados da decisão tomada durante a reunião na prefeitura. Eles comemoraram o pagamento, mas ainda têm dúvidas quanto aos valores.

 O presidente da Câmara Municipal, Eduardo Nóbrega, comemorou o pagamento das rescisões e disse que o Legislativo cumpriu o seu papel de intermediar o acordo celebrado durante a tarde. Falou do esforço da Casa em sensibilizar as partes para atender aos servidores e relatou sua disposição pessoal de “ocupar até prédios públicos para garantir o direito dos funcionários demitidos”.

 “Na sexta-feira, na presença do prefeito, dos sindicatos, dos representantes da Iacta, da prefeitura e dos vereadores e de todos os trabalhadores vamos encerrar essa luta dos últimos 60 dias”, disse. “Não vamos permitir que a empresa dê passa moleque em ninguém e se houver divergência será carimbado ressalva. Recebe a parte acordada e depois luta na Justiça pelo restante”, completou.

O  vereador Dr. Ronaldo Onishi orientou os servidores  a puxar o extrato do seus FGTS. Alertou aos que forem procurar a Justiça que entrem com ações individuais já que as coletivas demandam mais tempo. Ele também comemorou o pagamento aos ex-funcionários da Iacta.  

28/06/2017

Vereadores aprovam LDO e discutem aumento da passagem para R$ 3,80

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram nesta terça-feira, 27, a Lei de Diretrizes...

26/06/2017

Eleição define as integrantes do Conselho da Mulher de Itapecerica da Serra

Uma eleição geral realizada na tarde dessa segunda-feira (19), no Auditório José David...

25/06/2017

Hugo Prado viabiliza parceria e traz cursos superiores da UniVesp para Embu

O desemprego crescente em Embu e a falta de mão-de-obra qualificada ampliam a necessidade de...

24/06/2017

Audiência Pública na Câmara Municipal debateu investimentos da saúde em Taboão

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou no último dia 14...

24/06/2017

Câmara Municipal de Taboão da Serra aprova LDO em primeira votação

Os vereadores da Câmara Municipal de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 20,...

23/06/2017

Vereadores de Itapecerica pedem criação de 3º Companhia da PM

A segurança pública vem sendo tema frequente durante as sessões na Câmara Municipal de...

23/06/2017

Deputada Analice busca recurso para projeto Cultural

O prefeito Fernando Fernandes planeja colocar em funcionamento um Centro Cultural, que atenda...

23/06/2017

Analice busca solução para problema de transporte entre Embu e Itapecerica

Prefeitos e vereadores de Embu-Guaçu e de Itapecerica da Serra se uniram à deputada Analice...

23/06/2017

Alckmin participa de mutirão para migração de rádios AM para FM

O governador Geraldo Alckmin participou nesta sexta-feira, 23, junto ao ministro da Ciência,...

20/06/2017

Vereadores de Taboão da Serra aprovam LDO em 1ª votação em sessão movimentada

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em primeira votação nesta terça-feira, 20, a Lei de...

28/06/2017

Empresa abre “cratera” na rua Mário Latorre procurando vazamento em Taboão

Quem passou pela rua Mário Latorre, no Parque Pinheiros, quase em frente ao cemitério da...

28/06/2017

Vereadores aprovam LDO e discutem aumento da passagem para R$ 3,80

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram nesta terça-feira, 27, a Lei de Diretrizes...

28/06/2017

Prefeitura de Taboão emite nota oficial sobre aumento da passagem dos ônibus

A Prefeitura de Taboão da Serra emitiu nota oficial sobre reajuste da passagem dos ônibus...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.