Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Homenagem a advogado marcou sessão da Câmara de Itapecerica

Por | 6/05/2013

uma450

Genildo RochaA sessão foi marcada também pela aprovação de três projetos de Leis, entre eles estabelecer microchip como forma de identificação de animais, alteração do regimento próprio de previ

Homenagem e reconhecimento marcaram a sessão da Câmara de Itapecerica na última terça-feira (30). O advogado da Casa Legislativa por 23 anos consecutivos, Eduardo Aranha decidiu deixar o cargo para se dedicar mais tempo à família. A decisão foi tomada há dois meses e recebida com pesar pelos vereadores, secretários e até pelo prefeito da cidade, ex-vereador Amarildo Gonçalves, o Chuvisco (PMDB). Veja fotos aqui.

“Trabalhei 23 anos com vereadores. Aprendi muito com os conflitos de interesse e com vocês [vereadores]”, afirmou Aranha. Ele frisou também que mais torceu do que fez qualquer coisa nesse período e frisou: “você [Chuvisco] vai saber alavancar Itapecerica”.

 Os discursos dos vereadores, ex-vereadores e secretários seguiram a mesma linha. Eles agradeceram o trabalho prestado pelo doutor na Câmara durante todos esses anos, a rapidez, clareza e dedicação nas elaborações dos projetos de Leis e o amigo e companheiro que ele se tornou para todos que conviveram com ele.

Para o prefeito Chuvisco o Doutor Eduardo é uma pessoa abençoada. Ele disse se sentir prestigiado por estar presente no primeiro dia em que Aranha começou a trabalhar na Câmara. “Essa é uma sábia decisão. Deus te deu oportunidade de ver seu filho crescer, conviver mais tempo com seu pai”, disse.

Chuvisco lembrou que foi seis anos consecutivos presidente da Casa e dezesseis anos vereador. Ele falou da visita de Alckmin e os investimentos que o governador trouxe para Itapecerica – veja tudo aqui e afirmou que a retomada das obras das casas populares no Jardim Horizonte Azul será retomada e o Estado cumprirá com sua contrapartida.

A sessão foi marcada também pela aprovação de três projetos de Leis, entre eles estabelecer microchip como forma de identificação de animais, alteração do regimento próprio de previdência e, ainda o que dispõe sobre a coleta seletiva dos resíduos sólidos recicláveis descartados, no âmbito da Câmara e sua destinação final.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.