Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Taboão derrubam vetos e prometem fiscalizar SPDM

Por Sandra Pereira | 24/04/2013

camara450

Arquivo do Jornal na NetVereadores disseram que veto mantém autonomia da Câmara Municipal

Por unanimidade, os vereadores de Taboão da Serra derrubaram na sessão desta terça-feira, dia 24, o veto do prefeito Fernando Fernandes a dois projetos de leis aprovados recentemente. O primeiro de autoria do vereador Cido, impede os cortes de luz elétrica  e água em véspera de feriado e sextas-feiras. O outro da vereadora Joice Silva criava a semana de combate à violência contra a mulher. Ambos os projetos foram considerados inconstitucionais pelo prefeito. A Câmara alegou que a questão é política. 

Na votação do veto a câmara tentou demonstrar que mesmo sendo base de governo mantém postura independente. Até os mais governistas se disseram dispostos a votar com consciência, mesmo desagradando ao governo. 

Incisivo o presidente da Casa avisou que se o governo acatar a derrubada dos vetos e sancionar ambas as leis pretende utilizar o prazo regimental e promulgar as mesmas. 

Além da derrubada dos vetos do prefeito a sessão foi marcada por críticas e pedidos de fiscalização à atuação da Sociedade Paulista de Medicina (SPDM) no Pronto Socorro do Antena. Na primeira parte da sessão o conselheiro de saúde Narciso Favaro criticou o contrato celebrado pela prefeitura com a SPDM e pediu atenção dos vereadores para o fato. Ele cobrou o pagamento do valor que o município deve à Iacta visando garantir as rescisões trabalhistas dos 250 servidores que trabalhavam no pronto socorro.   

O professor Moreira relatou que recebe diariamente críticas do atendimento nos prontos socorros da cidade. Para ele a saída da Iacta foi necessária, mas é preciso garantir que a SPDM mantenha a qualidade prometida. O vereador cobrou responsabilidade dos demais sobre o tema.
 “Não tenho compromisso com o erro e nem com aquilo que não é bom. Se for convencido pelos nobres pares, pelo conselho, se eu for convencido pelo clamor das ruas de que a terceirização através da SPDM não é boa, não terei problema algum de vir a tribuna e dizer, olha não esta dando certo. Nós temos esperança na SPDM, mas queremos que a saúde melhore de fato”, avisou o presidente.

O vereador Ronaldo Onishi pediu empenho de ambos os Poderes visando cobrar do shopping Taboão a construção da alça de acesso com sentido a Embu das Artes, como forma de minimizar os efeitos do trânsito caótico de veículos na região. Para o vereador a inauguração da UPA e dos empreendimentos imobiliários localizados na região vão piorar ainda mais o trânsito. 

Na mesma sessão os vereadores aprovaram em regime de urgência projeto de lei do vereador Marcos Paulo que prevê descontos para imóveis localizados em ruas onde são realizadas  feiras  livres. Para o vereador esses imóveis sofrem desvalorização no mercado.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.