Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Justiça de Taboão retoma depoimento de testemunhas na fraude do IPTU

Por Sandra Pereira | 21/04/2013

forum450

Arquivo do Jornal na NetTrês testemunhas de acusação devem ser ouvidas primeiro depois será a vez das testemunhas de defesa

O juiz Guilherme Alves Lamas, titular da Vara Criminal de Taboão da Serra retoma nesta terça-feira, 23, a segunda parte dos depoimentos das testemunhas de acusação na audiência de instrução dos acusados de participação no processo que investiga a chamada fraude do IPTU em Taboão da Serra. Nessa nova etapa do processo a Justiça pretende inicialmente três testemunhas de acusação. Em seguida a meta é ouvir mais de 100 testemunhas de defesa dos 26 réus. A proposta inicial do juiz era trabalhar com uma escala em ordem alfabética das testemunhas de defesa para garantir a ordem dos trabalhos. 

A expectativa da maioria dos réus no processo é que os depoimentos ocorram com brevidade. Eles argumentam que a indefinição atrapalha o andamento de suas vidas. A maioria garante ser inocente. Para réus e advogados o depoimento das testemunhas de acusação demonstrou “interesse político” do então investigador chefe de Taboão da Serra, Ivan Jerônimo, autor dos relatórios que pôs na cadeia 26 acusados, incluindo três vereadores, secretários municipais, funcionários públicos e ex-funcionários públicos. Todos são acusados pela polícia de participação no suposto esquema de desvio de recursos oriundos do pagamento de tributos municipais. 

O processo já é considerado o mais complexo da história da cidade, seja pela quantidade de réus envolvidos, ou pela reviravolta causada nos depoimentos das testemunhas de acusação. Uma dessas testemunhas disse que foi coagida pelo investigador a acusar as vítimas, o ex-secretário Salvador Grisafi, confirmou a tese de interesse político, levada à cabo por alguns advogados de defesa, ao declarar que o investigar Ivan Jerônimo desejava ser prefeito de Taboão. Nesse momento os advogados pediram que fossem anexados aos autos documentos como um jornal do PMDB no qual é feita menção à candidatura de Ivan a prefeito de Taboão.

 No final do depoimento Salvador relatou que no dia em que morreu Ivan tinha acabado de ser informado por policiais sobre a troca da cúpula da seccional de Taboão da Serra e sobre as movimentações do processo que respondia na corregedoria.

Num dos momentos mais marcantes da primeira fase do julgamento, os advogados dos réus propuseram o indiciamento por falso testemunho de um dos policiais que participou da investigação. Luis Antônio foi novamente inocentado das investigações pelo delegado Raul Godoy Neto.

A ausência do depoimento do investigador Ivan Jerônimo da Silva, que morreu em circunstâncias ainda não esclarecidas, e, foi o responsável pela investigação e prisão dos acusados acaba interferindo nos trabalhos. Há os que acreditam que a ausência dele vai esvaziar as provas.

Na primeira audiência de instrução do processo, ocorrida em agosto de 2011, a então juíza do caso, Flávia Castellar Olivério, acatou pedido de adiamento  e a audiência foi remarcada para janeiro de 2012. Posteriormente foi adiada novamente desta vez para setembro de 2012, quando foi remarcada novamente para janeiro de 2013, já sob a responsabilidade do juiz Guilherme Alves Lamas, que contrariou as expectativas e anseios dos advogados e resolver dar prosseguimento ao caso.







29/05/2017

FF sinaliza que poderá dar abono para os servidores públicos em Taboão

O prefeito Fernando Fernandes sinalizou com a possibilidade de conceder abono salarial aos...

27/05/2017

Prefeito Fernando Fernandes e deputada Analice inauguram abrigo municipal

O prefeito Fernando Fernandes e deputada estadual Analice Fernandes inauguraram na quinta-feira,...

25/05/2017

Contas de Taboão estão em dia, mas capacidade financeira está no limite

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, elogiou a condução da audiência pública e a atuação do...

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

24/05/2017

Vereadores aprovam estudo sobre vale-transporte e dissídio dos servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em regime de urgência na sessão desta terça-feira,...

23/05/2017

Juiz mantém decisão que obriga prefeitura a administrar cemitérios de Embu

O juiz da 1ª Vara Judicial da Comarca de Embu das Artes, Rodrigo Aparecido Bueno de Godoy negou...

22/05/2017

Embu é a cidade da região que mais recebe recursos do governo do Estado

Nos primeiros meses de 2017 Embu das Artes vem consolidando sua posição como a cidade da região...

19/05/2017

Lei da deputada Analice Fernandes protege mulher vítima de violência

Lei de autoria da deputada estadual Analice Fernandes de proteção a mulher vítima de violência...

19/05/2017

Comunidade japonesa homenageia Dr. Onishi por vitória na eleição em Taboão

O vereador de Taboão da Serra, Dr. Ronaldo Onishi, foi homenageado com diploma de Honra ao...

18/05/2017

Delação de donos da JBS envolvendo presidente agrava crise política no Brasil

O país amanhece perplexo com mais uma delação de corrupção. Desde vez a denúncia é de que o...

29/05/2017

Acidente com um vítima fatal travou o trânsito na Régis Bittencourt em Taboão

Uma pessoa morreu por conta de um acidente grave envolvendo 5 veúlos no começo da noite deste...

29/05/2017

FF sinaliza que poderá dar abono para os servidores públicos em Taboão

O prefeito Fernando Fernandes sinalizou com a possibilidade de conceder abono salarial aos...

29/05/2017

Diário Oficial de São Paulo será publicado exclusivamente em versão digital

Seguindo uma tendência do mercado global e caminhando em direção a um futuro moderno e...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.