Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito de Taboão instaura inquérito e afasta GCMs acusados de fazer segurança privada em horário de trabalho

Por Sandra Pereira | 15/04/2013

cgm450

Sandra PereiraCorregedoria da GCM está lotada na sede da Secretaria de Segurança Pública,

O prefeito Fernando Fernandes determinou a instauração de processo administrativo visando apurar a conduta dos Guardas Civis Municipais (GCMs) Jose Antônio dos Santos Nogueira, o inspetor Itamar do Nascimento Farias e o inspetor regional Antônio Cesar Marco. Os três estão sendo investigados por supostamente terem atuado fazendo segurança privada durante o horário de expediente e com a utilização de bens públicos. Além de determinar a investigação da conduta deles o prefeito determinou o afastamento de dois deles. Somente o GCM Jose Antônio dos Santos Nogueira permanece na escala de trabalho.

A abertura do processo contra os três GCMs foi oficializada na edição de nº 471 do Diário Oficial da prefeitura de Taboão da Serra, datada do dia 4 de abril.

 Dentro da guarda a expectativa é de que os três GCMs investigados sejam expulsos da corporação no término do processo.

Jose Antônio dos Santos Nogueira, o inspetor Itamar do Nascimento Farias e o inspetor regional Antônio Cesar Marco vão responder a sindicância 3.384/2013.  Por meio das portarias 813, 814 e 815 de 2013 Fernando Fernandes nomeou a comissão processante formada pela corregedora da GCM, Sandra Fidelis Leite Dalbosco, Antonio Ribamar dos Santos subcomandante e o inspetor Miguel Bittencourt.

Os três GCMs faziam parte da cúpula da corporação no governo do ex-prefeito Evilásio Farias. Na ocasião a GCM foi alvo de várias denúncias que partiam de dentro da própria corporação.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.