Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito de Juquitiba obtém liminar para permanecer no cargo

Por Sandra Pereira | 10/04/2013

prefeito_e_juiza450

Sandra PereiraPrefeito Francisco Júnior e a juíza eleitoral Patrícia de Assis durante a diplomação na Câmara de Itapecerica

O prefeito de Juquitiba, Francisco de Araújo de Melo, o Francisco Júnior, (PPS), e o seu vice, Roberto Oliveira, obtiveram liminar junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para permanecer em seus cargos até que o pleno do TRE julgue o mérito do recurso que pede o efeito suspensivo da sentença da juíza eleitoral de Itapecerica da Serra, Patrícia de Assis Ferreira Braguini. A magistrada acatou ação que pedia a cassação do mandato de ambos, com base numa denúncia de abuso de poder econômico feito pela ex-prefeita do município, Cida Maschio, derrotada pelos dois na eleição de outubro. A decisão da juíza ainda deixa os dois inelegíveis por 8 anos.

Agora a cidade vive a expectativa da decisão do mérito do recurso pelo TRE. Enquanto isso o prefeito continua despachando normalmente na prefeitura, mas ainda se recusa a falar com a imprensa. Entretanto, a repercussão do assunto no município é crescente. Na Câmara os vereadores já debateram o problema na sessão. Os integrantes da base do prefeito pedem cautela. Francisco Júnior elegeu apenas 3 dos 11 vereadores da cidade. Atualmente, já conta com 5 na sua base aliada e trabalha nos bastidores para ampliar o seu arco de aliança.

O presidente da Câmara de Juquitiba, Pedro Ângelo da Silva, avalia que o clima na cidade ainda está acirrado por conta da eleição. Para ele o assunto movimentou os bastidores da política local e dividiu o município entre defensores e contrários à cassação do prefeito e de seu vice.

“Como está muito próximo do pleito passado o clima ainda está acirrado, o que não é positivo para a cidade”, argumenta. 


Quando cassou os mandatos do prefeito e do vice de Juquitiba a juíza de Itapecerica acolheu o argumento de que eles teriam praticado abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral. Na sentença de nº 162.769 a juíza afirma ter verificado quatro tipos de irregularidades na prestação de contas do prefeito e seu vice: “doação de produto/serviço que não se inseriam na atividade econômica do doador; arrecadação de R$ 14.000,00 anteriormente à data da abertura da conta de campanha; gastos irregulares de R$ 5.001,20 com combustíveis; despesas individuais em valores superiores a R$ 300,00 não foram quitadas por cheque, transferência eletrônica ou débito e ultrapassaram o limite total de R$ 5.000,00 para o município”, declara a sentença. 

Como a juíza da primeira instância não anulou a eleição se o pleno do TRE decidir manter a sentença inicial a ex-prefeita Cida Maschio pode retornar ao cargo.

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.