Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Prazo para Iacta pagar funcionários demitidos do Antena acaba dia 11

Por Sandra Pereira | 8/04/2013

Antena

Sandra PereiraFuncionários demitidos ainda esperam pagamento dos salários de março e rescisões trabalhistas

Termina nesta quinta-feira, dia 11 de abril, o prazo para a Organização Social Iacta Saúde pagar os salários de março e as rescisões trabalhistas de quase 250 funcionários demitidos quando a Sociedade Paulista de Medicina (SPDM) assumiu a gestão do Pronto Socorro do Antena no dia 01 de abril. É grande a expectativa dos servidores demitidos com a proximidade da data limite para o pagamento das rescisões. Os sindicatos que representam as categorias já se preparam para uma ampla mobilização visando a defesa dos interesses dos trabalhadores. A prefeitura se comprometeu a repassar os valores devidos à Iacta mediante o pagamento dos direitos trabalhistas de funcionários.

Os ex-funcionários da Iacta temem não receber os valores a que têm direito e garantem que faziam o que “era possível” para atender aos moradores que buscavam atendimento no Antena.

“Só quem trabalhou lá sabe o que enfrentou. Faltava de tudo. Era muito difícil. Mesmo assim não abandonamos o barco. Ficamos com salários atrasados, sem receber vale, muitas vezes trabalhando doente. Muitos de nós viram familiares doentes sendo atendido sem condição. Alguns perderam parentes e amigos. Foi uma época muito triste. Na verdade quero receber meu dinheiro e esquecer tudo isso”, desabafou uma ex-integrante da equipe de enfermagem do Antena.  

Um servidor que trabalhava no Raios X contou que ainda aguarda o pagamento de salários do começo de 2012. Ele disse que continuou trabalhando para evitar que ocorressem ainda mais mortes no Pronto Socorro, mas admitiu que os problemas decorrentes da falta de estrutura e atraso no pagamento de salários eram graves.

O Sindicato Único dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde de Osasco e Região (SUEESSOR) alega que os servidores demitidos não receberam os salários do mês de março, que deveria ter sido pago nos primeiros dias de abril. Os dirigentes do Sindicato planejam realizar no dia 11 uma grande mobilização na porta da prefeitura a fim de garantir o pagamento de salários e verbas rescisórias dos funcionários que trabalhavam no Antena.

“Não tem outro jeito. Vamos ter que cobrar da prefeitura. Parar tudo lá e até fechar a BR. Se a gente não fizer isso os trabalhadores não vão receber”, analisa Amilton Arlindo de Moura, integrante da diretoria do SUEESSOR.

Quem também acompanha de perto as negociações para garantir o pagamento dos funcionários da Iacta é o diretor Flávio Oliveira Bezerra. Ele relata que há vários meses os trabalhadores enfrentavam vários problemas, inclusive atraso de pagamentos. “A situação dos funcionários já estava insustentável. Agora só ficou pior”, aponta.

11º

Enfermagem

O Pior é que pra quem é Auxiliar de Enfermagem, aqui na região de Taboão, depois do monopolio da SPDM, só serve para pagar o COREN, se não for Tecnico não entra.....

10º

enfermagem

Pois é quando a SPDM esta perto de assumir o PS Antena, foram até a turma da secretaria da saude garantir para gente q iriamos receber nosso dinheiro, que ja haviam pago para Iacta o dinheiro para ser repassado para os funcionarios do Antena... Mais tudo isso era para a gente não faltar no trabalho...  QUERO MEU DINHEIROOOOOOOOOOOOOOOO

roberto

Que historia e essa de SPDM na segunda estavam desesperados atras de medicos porque nao tinha o quadro completo ,quanta mentira desse governo ,tiraram os profissionais dentistas bucos e nao colocaram nenhum outro profissional ,essa e a saude que prometeram p nos ,dias piores virao

luana

Quero meu dinheiro fiquei ate o final e agora nao tenho dinheiro nem pro pao do meus filhos

Simone

Muito estranho a toda poderosa "SPDM" que assumiu o PS do antena falou que iria fazer uma grande mudança para melhoria da população da região; pois não estou vendo nada de mudança; pois os médicos que estavam fazendo "CORPO MOLE PARA NÃO TRABALHAR" continuam no PS são os mesmos....e os funcionários que eram bons que davam o sangue pelo PS...trabalhavam sem salários....sem condução, pediam carona para os motoristas das ambulancia e onibus para chegar até o PS...sem tick alimentação, não tinham café da tarde foram todos mandados embora.... não aproveitaram ninguém...realmente a corda estoura para os mais fracos....isso é Brasil....é uma cúpula de interesse....estou orgulhosa de ver a ética dos profissionais da "EMPRESA SPDM".

enfermagem

era uma vergonha ter que olhar para os pacienges e falar que não tinha lençol para eles deitarem, ou até medicação que faltava... Lutei, dei o melhor de mim por amor a minha profissão... Fiquei até o final sem faltar UM DIA SE QUER, agora só quero o que é meu por direito!!!! VERGONHA... TRATANTES, politicos são todos iguail...

luiz...

é uma vergonha.....

marlene valentina inacio

quero apenas o que e meu fiquei ate o fim com a promessa que nao seria demitida e so me ferrei agora quero receber

Medico

E o salario dos medicos, os meses de janeiro e favereiro. Vamos receber quando....

maria lidia

apoveitem a ocasiao e juntem se aos livres nomeados que ainda nao receberam parece piada este governo promete dias melhores e ferra o povo que nao tem nada com os desmandos dos outros. 

Julio Cesar

Ué, mas saiu esta semana que o prefeito garantiu que ninguem seria demitido e sim realocado em funções conforme suas pratica e que somente quem não se encaixava seria demitido. Quer dizer que todo o posto não servia? ou então a SPDM (que até agora nada mudou efetivamente) em apoio do prefeito e do PSDB já tinha as 250 pessoas para o cargo que são de Taboão da Serra? A Solução real era concurso. Quando sair o Prefeito irá novamente começar a troca, começa outro a falar mal da SPDM ei acha outra OSs mais afinada com seu partido e todos esses 250 ficam desempregados e entram outro e no final nada se revolve.

23/05/2017

Pioneira em especialidades médicas, Clínica São Bento atende 20 convênios

Os moradores de Embu das Artes, Taboão da Serra e Itapecerica podem contar com a Clínica São...

22/05/2017

Mais de cem pessoas são atendidas no Mutirão da Saúde em Itapecerica

A Prefeitura de Itapecerica da Serra, por meio da Secretaria de Governo e Autarquia Municipal de...

19/05/2017

Vacinação contra a gripe segue até o dia 26 de maio

A campanha de vacinação contra o vírus da gripe segue até o dia 26 de maio em todo o Estado de...

17/05/2017

Pesquisa aponta que a maioria dos brasileiros tomam remédio por conta própria

Quando você sente dor ou mal estar, qual a primeira coisa que faz? Para 68% dos brasileiros a...

13/05/2017

Dia da vacina contra o vírus H1N1 acontece nesse sábado, 13 em Taboão

Sábado, 13, é o dia “D” da campanha de vacinação contra o vírus influenza H1N1 nas treze UBS -...

10/05/2017

Fechamento de Farmácia Popular prejudica pacientes de baixa renda

A partir deste mês, os pacientes de baixa renda ou que dependem de medicamentos importantes que...

09/05/2017

Vacinação reduz a mortalidade em pacientes com doença pulmonar crônica

Com a chegada do outono, termômetros registram temperaturas mais baixas e o período de seca...

04/05/2017

Vereador Luiz do Depósito cobra que Ney Santos cumpra promessa e reabra PS Vazam

O vereador Luiz do Depósito (PMDB) anunciou na sessão da Câmara Municipal de Embu das Artes...

29/04/2017

Maternidade de Taboão inaugura serviço de consultoria em amamentação

A Prefeitura de Taboão da Serra está cada vez mais avançando na implantação de políticas...

25/05/2017

Contas de Taboão estão em dia, mas capacidade financeira está no limite

O vereador José Aparecido Alves, o Cido, elogiou a condução da audiência pública e a atuação do...

25/05/2017

ANTT aprovou projeto do retorno na Régis para atender Taboão da  Embu

A Autopista Régis Bittencourt informou por meio de nota enviada à reportagem do Jornal na Net...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.