Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Daee inicia fase de canalização de córrego em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 7/04/2013

corrego450

Arquivo - Jornal na NetCanalização dos córregos ajuda e combate as enchentes

O Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) está canalizando 116 metros do córrego Bananal, afluente do Córrego Poá, em Taboão da Serra, no trecho entre o córrego e a rodovia Régis Bittencourt. O novo canal (com 23 metros construídos com aduelas fechadas, de 2 metros de altura por 2,5 metros de largura) faz parte da obra de canalização de 1,3 mil metros do Córrego Poá, no trecho paralelo à rodovia Régis Bittencourt, no limite entre Taboão da Serra e Embu das Artes.

As obras, que começaram em agosto de 2012 e representam um investimento de R$ 9,8 milhões, devem beneficiar mais de 80 mil moradores do Jardim Iolanda em Taboão da Serra e a expectativa é concluir as obras em cinco meses.

A maior parte dos córregos de Taboão da Serra já está canalizada. O principal problema deles ainda é a sujeira, consequência do esgoto e o entulho depositado em seus leitos. O esgoto jogado nos córregos da cidade é responsabilidade da Sabesp, que cobra dos moradores na conta de água a taxa de tratamento do esgoto domiciliar, mas não realiza o serviço.

Já o entulho é responsabilidade direta dos moradores, que ainda teimam em depositar nos córregos da região móveis, garrafas pet e todo o tipo de material que pretendem descartar. As campanhas de alerta sobre o risco de descartar nos córregos e rios lixo e entulho são constantes, mas os moradores ainda ignoram o problema que acaba favorecendo a ocorrência de enchentes no período chuvoso.


Com informações do Portal do Governo do Estado




Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.