Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Corredor vazio marca saída da Iacta e chegada da SPDM ao Antena, em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 1/04/2013

antena450

Sandra PereiraTroca de administração no Antena foi marcada por tranquilidade, situação dos funcionários da Iacta ainda está indefinida

Os corredores e sala de espera praticamente vazios marcaram o plantão de transição da administração do Pronto Socorro Municipal do Antena em Taboão da Serra. A Iacta Saúde deixou a gestão do local à meia deste domingo, após uma grave crise na saúde. A Sociedade Paulista de Medicina (SPDM) assumiu a administração do Antena com a proposta de implantar na cidade um modelo de gestão que pretende ser referência no Estado – relembre aqui. O clima de tranquilidade marcou a transição. Quem está habituado a ver os corredores do Antena lotados se surpreendeu com a realidade na troca de plantão entre as empresas. Os vereadores Eduardo Nóbrega, presidente da Câmara e Carlinhos do Leme foram ver de perto a transição e não esconderam a satisfação diante do quadro que encontraram.

A cena dos corredores vazios,  que parecia impossível de acontecer  até pouco tempo, foi possível porque havia dois clínicos geral, um ortopedista e um outro médico atendendo os pacientes da emergência. Os quatro médicos juntos conseguiam dar conta da demanda e o tempo de espera foi bastante reduzido.

“Queremos que seja sempre assim. Se tiver médicos atendendo não haverá problemas. Hoje tem quatro e a gente percebe o resultado imediatamente”, afirmou o presidente da Câmara. Ele disse que a prioridade atual é garantir a recontratação de parte dos funcionários que trabalhavam na Iacta. Já o vereador Carlinhos do Leme afirmou estar otimista quanto ao trabalho que a SPDM vai desenvolver no Antena.

antena1

Ricardo, funcionário do Antena, Eduardo Nóbrega e Carlinhos do Leme acompanharam a transição 

Os pacientes que procuraram o Pronto Socorro foram atendidos rapidamente graças a um mutirão formado pela equipe da Iacta e da SPDM. Durante todo o domingo 31, integrantes da SPDM estiveram no Antena cuidando dos detalhes da transição. Na solenidade em que a vinda da Organização Social foi anunciada pelo prefeito o médico Jorge Salomão falou que o desafio de administrar um Pronto Socorro não é pequeno, mas garantiu que a equipe da SPDM está determinada a fazer o seu melhor.


O clima no Antena só não era mais positivo pelo fato dos funcionários contratados pela Iacta estarem oficialmente desempregados. A maioria ainda sonha com a possibilidade de ser aproveitada na equipe da SPDM. As funcionárias que trabalham na limpeza e nos últimos meses acompanharam a crise vivida no Antena estava inconformadas com a perda do emprego. 

 “A gente enfrentou tudo aqui. Não abandonamos o barco. Ficamos sem vale, com salário atrasado e mesmo assim nunca deixamos de trabalhar. Teve um período que a gente fazia a limpeza só com água porque não tinha produto. Agora não é justo ser despedida desse jeito”, reclamavam.

Uma das funcionárias chegou a dizer que vai procurar o prefeito Fernando Fernandes para tratar da questão. Ela disse que durante a campanha, ao falar sobre a saída da Iacta o prefeito prometeu manter os empregos dos funcionários. “O prefeito fez uma reunião com a gente e prometeu que não iria demitir a gente. Não é justo”, dizia triste.

 O presidente da Câmara se comprometeu a conversar a respeito da situação dos funcionários com o prefeito para tentar manter ao menos parte das pessoas que trabalham no Antena. 


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.