Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

José Maria questiona taxa de lixo cobrada em Itapecerica

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 26/04/2010

lixo 1_1.jpg

Lixo voltou a ser discutido na última na Câmara de Itapecerica

Ultimamente a questão do lixo vem causando muita discussão tanto entre os munícipes, quanto para os vereadores de Itapecerica da Serra. Na terça-feira, 20, durante a sessão da Câmara Municipal da cidade não foi diferente.O vereador José Maria, PT, em forma de requerimento pediu alguns esclarecimentos sobre o lixo recolhido nas residências e no comércio, além de outros questionamentos.

A Reportagem do Jornal na Net já divulgou em suas matérias que o lixo que é recolhido na cidade é transportado até Caieiras, isso acontece porque o aterro que existia em Itapecerica está interditado. O transporte para Caeiras torna o serviço mais caro.

Na tribuna o vereador petista afirmou que a taxa de lixo está muito alta na cidade. “A taxa domiciliar limite é de R$ 200,00, mas o valor varia de acordo com o tamanho da residência. Já nos comércios o valor cobrado chega a R$ 350”, argumentou.

Para ele o requerimento questiona como anda a arrecadação da taxa do lixo e da limpeza pública e ainda pode convencer o prefeito Jorge Costa a diminuir o valor taxa. “A população não está mais aguentando pagar esse valor alto de taxa, ele (Prefeito) precisa dar atenção a esse problema e, além disso, fazer um ajuste de acordo com o salário dos munícipes”, afirmou.

O Presidente da Câmara Amarildo Gonçalves, Chuvisco também subiu a tribuna para falar sobre o lixo. Para ele o valor é de R$ 90,00 para coleta domiciliar e até R$ 350,00 para coleta nos comércios. Chuvisco disse que a taa não está cara, assim como afirmou o vereador petista.

“Se dividirmos esse valor, daria mais ou menos R$ 7,50 por mês, o caminhão de coleta passa três vezes por semana na porta das residências, o valor seria de 70 centavos”, destacou.

“O trabalho que acho caro é o prestado pela Eletropaulo e Sabesp, a Sabesp muitas vezes se desloca até algumas ruas para fazer o encanamento e não termina o trabalho, deixando as mesmas em péssimo estado”, afirmou Chuvisco, acrescentando que a taa só se torna cara se o serviço não for realizado com qualidade.

Nos dois requerimentos apresentados a mesa e aos demais vereadores sobre o mesmo tema, José Maria pergunta ao prefeito qual foi o montante da receita arrecada com a taxa de lixo em 2009, quais os critérios utilizados para dimensionar o enquadramento da cobrança da taxa do lixo, qual seria o impacto financeiro, para que a administração em seu Plano Orçamentário para 2011 possa abrir mão das receitas provenientes dessa taxa.

No outro requerimento apresentado o vereador questiona se existe um levantamento informando qual o montante de lixo reciclável recolhido e sua proporção em relação ao lixo total. As outras duas perguntas são sobre projetos futuros como estão os preparativos para a construção dos galpões de coleta seletiva do Parque Paraíso e do Jardim Jacira, e também se caso a Sabesp assine o convênio para administrar o Aterro Sanitário na cidade, como irá proceder o trabalho, será o mesmo mecanismo que trabalha uma Usina de Tratamento de Lixo, questiona.

Os dois requerimentos foram aprovados por unanimidade pelos demais vereadores.

O outro lado

Em entrevista ao Jornal na Net o Secretário de Obras de Itapecerica da Serra, Carlos Hueb afirmou que a taxa do lixo não éa cara. “Hoje o que os moradores de Itapecerica pagam de lixo é aquem do que pagamos para arrecadá-lo”, afirmou.

Segundo Carlos Hueb a taxa de R$ 7,50 por mês não paga nem sequer o combustível. “Só de pedágio cada caminhão precisa pagar R$ 7,90, ainda tem a manutenção do caminhão, salário dos funcionários, combustível, trabalho e dinheiro para levar o lixo até Caieiras”, explicou.

Carlos Hueb esclareceu a Reportagem do Jornal na Net que mesmo que o valor pago em cada casa seja inferior ao gasto total que o caminhão do lixo gasta, isso não significa que Itapecerica está com dividas. “O valor que a coleta arrecada durante o ano, somente gastamos 3% para coletar. Estamos em patamar satisfatório, isso porque tem cidades que gastam 7% para coletar”, relatou.

Carlos ainda afirmou que está preparando um relatório detalhado das questões apresentadas pelo vereador José Maria e que assim que estiver pronto, a Reportagem do Jornal na Net será acionada para uma reunião com o parlamentar. “Depois de apresentar esse relatório acredito que o vereador José Maria, não achará mais a taxa do lixo cara”.

Em primeira mão, Carlos Hueb relatou a Reportagem que está em estudo um transbordo na cidade, “mas isso ainda não está 100% definido”, afirmou.

alison rogerio

esse secretario entende muito é de buracos e lixos amontoados pelas ruas,sem calçadas e com sujeiras ,e alguns garis que tentam fazer algo inutilmente,sem recursos acba ficando pior... pede pra sair....

Alan

Isso é piada né????????? taxa do lixo sem que tem semana que o caminhão do lixo nem passa... é brincadeira mesmo esse políticos estão nos achando com cara de trouxa mesmo só pode ...

MANOEL PEDROSO DOS SANTOS

E ste secretario ja deu o que falar, destrui nossa ciadade e não ajuda em nada, secretario sinto que o dinheiro arrecadado em Itapecerica não esta sendo bem aplicado, e torço para que o Sr. esteja na lista de demissão do prefeito, quanto ao vereador José Maria apesar de eu ter votado no vereador João Miranda, sinto que estou sendo bem representado por ele nacamara,VEREADOR JOSE maris o Sr. esta de parabéns conte com meu voto na proxima eleição

Read Aued Guirar

Enquanto se discute formas de pagar pelo lixo transportado para aterros sanitários, onde quer que eles estejam, a Prefeitura já deveria ter funcionando as cooperativas de reciclagem e coleta seletiva. Ao que parece, prefere-se manter o atraso nessas implementações para se auferir lucro ou defender interesses não municipais.

12/05/2017

Prefeitura de Itapecerica realiza limpeza no Jardim das Oliveiras

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços, por meio da Regional do Jardim Jacira, finalizou a...

09/05/2017

Morador do centro de Embu cobra poda de árvore há 5 anos

Há cinco anos, Luiz Carlos Lombardo solicita a poda ou remoção de árvores na Rua Belo Horizonte,...

04/05/2017

Empresa é acusada de descartar lixo hospitalar em afluente do rio Embu-Mirim

Uma empresa que segundo as informações iniciais faz a coleta de lixo hospitalar nas cidades de...

27/04/2017

Alckmin quer garantir preservação em área que abastece Embu e Itapecerica

O governador Geraldo Alckmin encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 199/2017, que...

25/04/2017

Embu das Artes terá palestra gratuita sobre conservação de animais silvestres

No próximo dia 29 de abril, o município Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo,...

05/04/2017

Tratamento de esgoto com plantas é alternativa para evitar poluição dos rios

As informações são da palestra “Introdução ao Saneamento Ecológico”, ministrada por Rodolfo...

05/04/2017

Carreta da Sabesp proporciona conhecimento, conscientização e diversão á Itapece

Uma parceria da Prefeitura de Itapecerica da Serra com a Sabesp trouxe para a cidade a Exposição...

30/03/2017

Cooperzagati recebe antigas TVs de tubo até 5 de abril em Taboão

O desligamento do sinal analógico de televisão em São Paulo nesta quarta-feira, 29 de março, fez...

29/03/2017

Administração Jorge Costa reforça Coleta Seletiva em Itapecerica

Dar uma destinação ao lixo produzido no diaadia é um dos grandes desafios dos municípios na...

28/03/2017

Carreta Somos Água estará aberta à visitação gratuita em Embu-Guaçu

Nesta terça e quarta-feira (28 e 29) em Embu-Guaçu. Já nos dias 30 e 31, a carreta estará em...

27/05/2017

Prefeito Fernando Fernandes e deputada Analice inauguram abrigo municipal

O prefeito Fernando Fernandes e deputada estadual Analice Fernandes inauguraram na quinta-feira,...

27/05/2017

Atividades marcaram o Dia da Luta Antimanicomial em Taboão da Serra

Durante todo o mês de maio uma equipe de saúde mental da Secretaria de Saúde de Taboão da Serra...

27/05/2017

Alunas da Escola de Moda, Beleza e Estética participam de workshop na Mart’bel

55 alunas do curso de Cabeleireiro da Escola Municipal de Moda, Beleza e Estética de Taboão da...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.