Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Prisão de Nivaldo Orlandi causa polêmica em Embu das Artes

Por Sandra Pereira | 25/02/2013

CTG450

Divulgação- GoogleImpasse começou após CTG ser fechado 

A prisão do ex-prefeito de Embu das Artes Nilvado Orlandi está se transformando num imbróglio. Segundo a esposa de Orlandi, Fabiana Belarmino, até essa segunda-feira, 25, não foi dada entrada no pedido de relaxamento da prisão dele. De um lado familiares e apoiadores de Orlandi tacham a prisão de abusiva e reclamam que o CTG Saudades do Sul, casa de shows de propriedade dele sofre perseguição política. Também relatam que o delegado titular de Embu das Artes, Pedro Arnaldo Burk Forli, teria cometido abuso de autoridade. Uma denúncia contra o delegado foi formulada na Corregedoria da Polícia Civil. 

“Vamos entrar na Justiça com a defesa nessa terça-feira”, disse Fabiana Belarmino. “A luta do meu marido é para abrir o CTG. A gente ta pagando R$ 50 mil para fazer as adequações e manter a casa aberta. É isso o que queremos que o CTG volte a funcionar”, completou.
Segundo ela o delegado titular de Embu teria agido de forma truculenta ao ir ao CTG durante diligência quando Orlandi foi preso. “Ele arrombou uma porta com o pé e ainda ficou tomando cerveja lá”, declarou.

 Já o delegado Pedro Arnaldo Burk Forli  diz que cumpriu seu papel após o CTG descumprir por seis vezes sucessivas determinação de permanecer fechado. Ele declarou que o processo que resultou na prisão de Orlandi começou no dia 8 de fevereiro, quando ele teria sido detido e liberado pela primeira vez por descumprir a ordem de permanecer fechado. Segundo o delegado Nivaldo Orlandi esteve seis vezes na delegacia entre os dias 8 de fevereiro e 22 de fevereiro, quando ficou detido até o momento. Sobre a arma que teria sido encontrada no CTG e descrita em Boletim de Ocorrência como sendo de Nivaldo Orlandi o delegado contou que a origem dela está sendo levantada.

 “Em todas as vezes ele foi conduzido para delegacia por desobediência e desacato”, apontou o delegado, que disse considerar estranho o fato de não ter sido dada entrada no pedido de relaxamento da prisão dele até hoje.

“ O delegado não tem poder para arbitrar fiança. Quem faz isso é o Judiciário. Não adianta reclamar de mim. Tem que pegar um advogado e ir ao Fórum pedir a liberdade provisória. Depois disso basta cumprir as posturas municipais. Agora se ele sair e reabrir a casa não haverá prisão em flagrante, e sim a cassação da liberdade provisória. Se ele não sair logo será transferido para o Centro de Detenção Provisória de Itapecerica da Serra”, informou o delegado. 

Ele disse reconhecer que Nivaldo Orlandi não é uma pessoa perigosa e observou que a prisão dele só ocorreu por conta da desobediência sucessiva à determinação de manter o CTG fechado. 

“Até agora ninguém foi ao juiz pedir a liberdade dele. Estou achando isso estranho porque estão criando um impasse que só o Judiciário pode resolver, mas ao mesmo tempo ninguém recorre ao Judiciário”, afirmou o delegado ao Jornal na Net.  “Eu tinha que tomar providências em nome do decoro do meu cargo. Como delegado titular não podia mais deixar passar essa situação onde o cidadão é preso, liberado e volta a cometer o mesmo crime em seguida”, justificou.

O delegado titular de Embu relatou que numa das ocasiões em que esteve detido Nivaldo Orlandi teria dito em tom desafiador ao delegado plantonista: “Faz logo esse BO ai que eu tenho que ir embora”.

O delegado se recusou a comentar o ato realizado nesta  segunda-feira, 25, por apoiadores políticos de Orlandi pedindo a liberação dele e a reabertura do CTG. O presidente do Psol de Embu das Artes, professor Toninho e a irmã do ex-prefeito, Neide Orlandi partciparam do ato. Erlon Chaves, de Itapecerica da Serra, também participou e criticou a veiculação da matéria publicada no Jornal na Net relatando a prisão de Nilvado Orlandi no último sábado, 22. 



11/12/2017

Idosa que estava desaparecida em Taboão é encontrada e está bem

Dona Maria Barbosa, 76 que estava desaparecida desde a manhã do último domingo (10), foi...

06/12/2017

PM prende três homens acusados de roubo a supermercado e padaria em Taboão

Policiais do 36º BPMM efetuaram a prisão de três homens acusados de participarem de um roubo a...

05/12/2017

Mulher sobrevive a tentativa de assassinato do ex em Taboão, acusado feriu dois

Uma mulher sobreviveu a tentativa de assassinato do ex-marido nesta segunda-feira, 4, no jardim...

04/12/2017

Mães de alunas do TOP 10 revelam traumas e pedem ajuda para evitar outros casos

Estudantes das escolas estaduais Laerte Almeida São Bernardo, Ugo Arduini, Reverendo Denoel...

03/12/2017

PRF intensifica ação contra roubo de pedestres em pontos e nas margens da Régis

A Polícia Rodoviária Federal (PRF)  vai intensificar a partir desta segunda-feira, 4, a...

30/11/2017

Família de Andressa segue fazendo buscas para encontrá-la, ajude!

A menina de 10 anos, Andressa de Jesus da Silva, está desaparecida desde o dia 27. A Polícia...

29/11/2017

PM cumpre ordem judicial de desapropriação de área em Embu das Artes

A PM cumpre na manhã desta quarta-feira (29), ordem judicial, policiais de desapropria&cc

28/11/2017

PRF Lança novo sistema para localização de veículos roubados e furtados

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou nesta terça-feira (28), um sistema que ajudará na...

26/11/2017

Governo reconhece a importância das GCMs como órgão de Segurança Pública

Governo do Estado em reconhecimento ao papel das Guardas Civis como Órgão de Segurança Pública,...

13/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

13/12/2017

Alckmin libera R$ 923 mil a Itapecerica para ações de segurança no trânsito

Em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, o governador Geraldo Alckmin autorizou 36 municípios a...

13/12/2017

Estatuto da GCM foi apresentado e discutido na Câmara e votação foi marcada

O Plano de Cargo e Carreira da Guarda Civil Municipal de Taboão da Serra foi apresentado e...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.