Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Prefeito faz balanço da saúde em Taboão e confirma saída da IACTA

Por Sandra Pereira | 18/02/2013

ff1

Sandra PereiraFernando Fernandes vai trocar IACTA por SPDM a fim de tornar a cidade modelo em saúde

A saúde tem sido o maior desafio enfrentado nas cidades nos últimos anos. Em Taboão da Serra 80% dos consultórios médicos estão vazios, segundo o prefeito Fernando Fernandes, que recentemente determinou a abertura de concurso público para a contratação desses profissionais. O prefeito disse no sábado, 16, que a  saúde de Taboão tem que ser compreendida de duas formas. A primeira refere-se à saúde básica,  o atendimento que é feito pelas Unidades Básicas de Saúde e a outra é o atendimento nos Pronto-Socorros municipais. Ele confirmou a IACTA vai deixar a gestão do PS Atena e criticou o atraso de salários para os servidores contratados pela empresa para trabalhar no Antena.

O prefeito disse que a aprovação do aumento salarial para médicos e outras categorias de saúde é uma vitória de todos. Ele acredita que graças à aprovação a saúde básica vai melhorar uma vez que torna a cidade mais atrativa para os profissionais.

“Nós vamos poder competir no mercado na contratação de médicos para as unidades básicas de saúde que estão completamente desfalcadas. Temos 80% dos nossos consultórios vazios sem ter médicos. Iniciamos esse plano de contratação e já convocarmos um concurso público. Na questão do atendimento nos Pronto-Socorros estamos em conversação com a Sociedade Paulista de Medicina (SPDM), que gerencia o AME e o HGP. A IACTA já mostrou que não serve bem à nossa cidade”, disse o prefeito.

Fernando Fernandes relatou acreditar que Taboão vai criar um sistema de referência que pode ser  exemplo para o estado a partir da contratação da SPDM para gerir os Prontos-Socorros  municipais. 

“Vamos melhorar consideravelmente a saúde do nosso município em termos de urgência, além de conseguir diminuir os valores pagos, porque os valores à IACTA até então foram muito altos. Não quero entrar nessa discussão porque vai ter desdobramento, mas, essa que é a realidade”, declarou.

O prefeito revelou que no último dia 25 fez a medição do atendimento prestado pela IACTA e efetuou o pagamento devido do primeiro mês de atividade da empresa na sua gestão. Sobre os vencimentos atrasados, que vem sendo cobrados frequentemente pelos servidores da empresa que administra o PS do Antena, ele ressaltou que a responsabilidade de arcar com os pagamentos é da IACTA.

“Repassamos em torno de R$ 2 milhões para a IACTA no dia 25. Aquele serviço que eu medi, que eu tenho certeza que tinham profissionais executando nós pagamos. Não posso falar a mesma coisa do passado, porque foge da minha responsabilidade”, disse. 


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.