Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Chuvisco assina convênios com Sabesp de Tapa Valas e ligação de esgoto em residências da cidade

Por Karen Santiago | 18/02/2013

convenio

Karen SantiagoConvênio foi assinado durante reunião na sede da prefeitura na manhã desta segunda (18)

O prefeito de Itapecerica da Serra, Amarildo Gonçalves, o Chuvisco (PMDB) assinou, em reunião com representantes da Sabesp, na manhã desta segunda-feira (18) um Termo de Adesão ao Programa “Se Liga na Rede” e um Protocolo de Intenções do Convênio “Tapa-Valas” que passa a ser de responsabilidade da prefeitura, não mais da Sabesp.

Chuvisco afirmou que atualmente o maior problema da cidade é esse [Tapa-Valas], uma vez que ele não é realizado como deveria pela Sabesp. “Com a efetivação deste convênio a prefeitura vai atuar com rapidez na solução e será ressarcida pela Sabesp e os moradores podem cobrar direto a prefeitura”, disse.

O programa “Se Liga na Rede”, por sua vez é uma iniciativa do Governo do Estado e da Sabesp que realiza gratuitamente as ligações intradomiciliares em imóveis de baixa renda [até três salários mínimos] para que o esgoto domiciliar seja coletado e encaminhado para tratamento. 

“Em 8 anos queremos já ter feito 6.400 ligações de esgoto domiciliar”, disse. Esse número resulta em 800 ligações por ano.

Esgoto e Água

Na ocasião, o superintendente regional da Sabesp, Roberval Tavares de Souza prometeu que até o ano de 2020, todos os imóveis da cidade serão contemplados com rede de esgoto, problema crônico enfrentado por diversos munícipes, que pagam pelo serviço, mas não são atendidos e precisam conviver em meio ao esgoto.

“O tratamento não é pago, mas a coleta sim. Se houver algum morador que pague pelo serviço, mas não tenha esgoto em sua residência, a pessoa pode procurar a Sabesp pelo 195 (24h por dia), será descadratada e pode também ser ressarcida dos valores pagos por ela pelo serviço”, disse. 

Questionado por vereadores sobre a demora na ligação de toda a rede de esgoto nos bairros, Roberval frisou que o contrato feito em 1970 não dava instrumentos legais para a prefeitura questionar alguma coisa, já esse garante que a prefeitura e fiscais cobrem de fato. “Temos plano de investimentos muito forte para executar”, frisou.

Roberval Tavares de Souza disse que Itapecerica tem hoje 39.300 ligações de água e 9.755 de esgoto.

Investimentos

O contrato firmado entre a prefeitura e a Sabesp só acaba em 2041, até lá, a companhia diz ter um plano de investimentos muito forte para executar na cidade, com um investimento de R$ 266,75 milhões. Deste valor R$ 8 milhões seriam para melhorias do aterro sanitário da cidade, uma vez que Chuvisco mostrou interesse em reutilizá-lo, o pedido junto a Cetesb foi indeferido.

E grande parte do valor de R$ 258 milhões seria destinado para obras como urbanização do loteamento de prédios no Horizonte Azul, rede de água e esgoto (em todo o município), interligações no rio Embu-Mirim, coletores no Jardim Branca Flor, Projeto Tietê interligando os bairros Mombaça, Crispim, Jacira e ainda desativar a rede de esgoto pequena no bairro do Potuverá e contemplar todos os moradores com uma nova rede de esgoto interligada com o rio Embu-Mirim. A intenção deles é ainda contratar uma empresa, para que todos os bairros sejam atendidos pela rede de água e esgoto até 2020.

Participaram da reunião diversos vereadores, secretários municipais e ainda a vice-prefeita Regina Corsini (PSDB).

Adélcio Almeida Alcântara

Ainda sob os ecos do carnaval, resolvi encabeçar este artigo com o título de famosa marchinha que, durante muitos anos, no passado, animava os bailes de momo, e que continua a empolgar nos desfiles de bloco que estão voltando às ruas do Rio. Também o faço porque meu assunto é a coluna do Nelson Motta no jornal “O Globo” do dia 08.02, intitulada “Piadas no salão”. Os indiscutíveis méritos que atribuo ao jornalista quando se trata de documentar a música popular brasileira são diretamente proporcionais aos deméritos que vejo em seu pensamento político-ideológico. No artigo em questão, ele pretende desancar com aqueles que, como eu, acreditam que o governo poderia e deveria reestudar a questão dos recursos oriundos de verbas de publicidade, deixando de alimentar de forma quase escandalosa os cofres de empresas que, embora de diferentes razões sociais, constituem, juntas, um formidável monopólio de “informação” comprometido com interesses ideológicos e partidários que beiram o golpismo, com crescentes e monocórdios ataques marcados por uma pauta permanentemente voltada para a manipulação dos fatos ao seu bel-prazer. Não pode ser fruto de ingenuidade do colunista a recusa a identificar na “Folha”, no “Estadão” e no “Globo” um orquestrado e acumpliciado desígnio de combater toda e qualquer ação do atual Governo , mesmo as inegavelmente positivas, essas tratadas com textos recheados de “mas” e “embora”. São farinhas do mesmo saco, cuja informação tendenciosa constitui, sim, um subliminar universo de informação manipulada. Uma ofensiva ideológica que Nelson Motta finge não enxergar e qualifica como “monopólio de araque” de uma “imprensa independente que não depende de favores do governo e vive de anunciantes privados”. Será? Dados oficiais disponibilizados a respeito desse assunto mostram que, dos cerca de 3 mil veículos de comunicação que recebem anúncios federais no governo Dilma – e , diga-se, eram mais de 8.000 quando Lula era presidente - , apenas dez deles concentram 70 % da verba. No caso da empresa a que serve o jornalista, em setembro de 2012, apurava-se que, de um total de 161 milhões de reais repassados a emissoras de tevê, rádios, jornais, revistas e sites desde o início do governo , 50 milhões foram direcionados apenas à tevê Globo. Mas ainda há a Globosat, a rádio Globo , os jornais O Globo e Extra, as revistas Valor Econômico e Época, etc, que são bem posicionados entre os recebedores expressivos, com valores bem superiores ao que, por exemplo, é destinado á Carta Capital (cerca de 130 mil reais). Registre-se que, nestes dados, não estão computadas os recursos de propaganda de empresas públicas, como a Caixa, o Banco do Brasil , a Petrobras , o BNDES, os Correios, o Grupo Eletrobrás etc. Pensemos em algo que extrapola em muito o bilhão de reais e é fácil estabelecer a analogia... Aliás, um levantamento feito pela Fenapro (Federação Nacional das Agências de Propaganda) levantava, em 2010, dados que colocavam a Caixa Econômica como o quinto maior anunciante do ano (cerca de 980 milhões de reais), a Petrobras como décima-primeira colocada (aproximadamente 670 milhões), o Banco do Brasil como vigésimo-quarto (mais ou menos 430 milhões). Se é ou não valor inexpressivo em relação ao montante total carreado para a propaganda neste país, isso é outra história, para outro artigo. André Gide certa vez afirmou: “Tudo já foi dito uma vez, mas como ninguém escuta é preciso dizer de novo ”. É verdade. Principalmente quando vozes tidas como mais fortes procuram calar as mais fracas. Ou quando falseiam os fatos. O colunista tucano diz em seu artigo que quem critica essa inusitada situação – o Governo distribuir recursos publicitários para quem, diuturnamente, faz propaganda contra ele – pensa que tal verba se destina a “comprar apoio” e não por “necessidade de competir no mercado”. Não sei em nome de quem ele fala quando faz tal afirmação. Talvez o faça em nome de uma ideologia de secos e molhados onde tudo se compra, onde todos somos “consumidores” . Eu e muitos outros achamos simplesmente imoral a situação, não porque o governo esteja a comprar um apoio – que, aliás, não existe - , mas porque pode estar beneficiando um comportamento golpista, bem mais que oposicionista. Simples assim. E se o problema é a visibilidade na competição de mercado (outra palavra “mágica” para o neoliberalismo tucano), a solução está em combater-se o monopólio ideológico com a garantia de uma distribuição democrática dos meios de comunicação, típica, aliás, de países cortejados pelo nosso tucanato. Simples assim. Mas é claro que isso provoca a ira de todos os que, direta ou indiretamente, desfrutam das verbas públicas, patrões ou empregados das empresas jornalísticas. Ao mencionar opiniões como a minha, o jornalista usa a expressão “relinchos estridentes”. É uma pena. Nelson Motta é especialista em outras vozes, as do nosso cancioneiro, muito mais caras aos ouvidos brasileiros. Seria fácil devolver a grosseria, desqualificando os que pensam como ele. O léxico português é rico em expressões do tipo: nele estão presentes, entre outros, o sibilar da cobra traiçoeira , o guinchar dos macacos oportunistas ou o regougar das raposas predadoras. Mas me recuso à indelicadeza, que em nada contribuiria. Prefiro instigar-lhe o verdadeiro espírito jornalístico e convidá-lo à hercúlea e meritória tarefa de investigar o que muitos de nós, em nome da cidadania, gostariam de saber: quanto dinheiro público se destinou à empresa para a qual escreve, desde que ela existe. Sem esquecer, é claro, a correção monetária... e avaliar uma Empresa como sabesp ,e o dinheiro da saude da administração anterior

Tatiana

Espero que ele realize esse trabalho e não fique enganando o povo como fez o Prefeito Jorge Costa.Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos...veremos se este SR Prefeito Amarildo Chuvisco é o mocinho ou o vilão da Prefeitura.

INDIGNADO

Eu só não entendo porque a vice Regina Corsine José Martins e Hercules da Farmacia pesoas que nunca fizeram nada pela cidade agora estão nas fotos pessoas que não tem credibilidade alguma e o coitado do prefeito Chuvisco que não consegue nem tapar um buraco como vai tapar os buracos da Sabesp

Sebastião o INCONFORMADO

Ai Chuviscão mandou bem agora quero ver o povo reclamar dos buracos que a SABESP faz pelos quatros cantos da cidade e gostaria de saber quem é essa velha senhora que esta na foto é a arquiteta da FEBEM ?

IS

Ah tá...pensei que ia ter água todo dia. Agua não né ? Só a conta alta por causa passagem de ar...tendi !

20/08/2017

Programa Lado a Lado forma 777 alunos em Taboão da Serra

“O primeiro curso de que fiz no Jardim Saporito foi o de Manicure, em 2016. Não atuava neste...

17/08/2017

Creche no Tereza foi roubada 8 vezes esse ano, até chuveiro foi roubado

Pela oitava vez consecutiva, somente esse ano, bandidos invadiram a creche municipal Maria...

16/08/2017

Taboão da Serra intensifica ações de combate ao trabalho infantil

O combate à exploração do trabalho infantil tem sido uma das bandeiras defendidas pela...

15/08/2017

Vereadores fazem doação de agasalhos arrecadados na Câmara ao Centro POP

A Câmara Municipal de Taboão da Serra aderiu à campanha do agasalho e arrecadou mais de 500...

15/08/2017

Prefeitura de Taboão abre processo seletivo para contratar agentes de saúde

A Prefeitura de Taboão da Serra vai abrir processo seletivo para contratação de 56 Agentes...

13/08/2017

Vereador Allan Dias diz que prédio abandonado da DERSA serve a usuários de droga

Há tempos o prédio da SPMAR/DERSA no jardim Santa Mônica, em Itapecerica da Serra, está trazendo...

11/08/2017

Justiça extingue Ação Popular contra a Taxa do Lixo de Embu das Artes

A Justiça de Embu das Artes recusou e extinguiu pedido de abertura de Ação Popular conta a Taxa...

11/08/2017

Sabesp recomenda economia de água em Taboão da Serra, Cotia e Embu das Artes

A Sabesp realiza na noite desta quinta-feira (10 de agosto) reparo na estação elevatória de água...

10/08/2017

Prefeitura de Taboão oferece anistia em juros e multas para pagamento de imposto

Os moradores de Taboão da Serra, que estão em dívida com a Prefeitura, terão a oportunidade de...

08/08/2017

Jovens que morreram em acidente no fim de semana eram de Taboão e Embu

Famílias de Taboão da Serra e Embu das Artes estão de luto pela morte trágica de três jovens num...

23/08/2017

Levantamento indica causa de mortes de ciclistas; veja dicas de segurança

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do Governo do Estado de São Paulo,...

23/08/2017

Quer voltar a estudar? Matrículas estão abertas para jovens e adultos

Jovens e Adultos que desejam voltar a estudar para concluir os anos finais do Ensino Fundamental...

23/08/2017

Policial joga equipamentos de skate de jovens em córrego em Taboão

Um vídeo postado nas redes sociais no início da madrugada desta terça-feira (22) mostra um grupo...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.