Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Movimento R$ 3,30 eu não pago é recebido pelo secretário de Transportes de Taboão

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 29/01/2013

movimento1

Ricardo Vaz Secretário de Transportes esclareceu todos os pontos da pauta durante a reunião

O secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão da Serra, Rinaldo Tacola, recebeu uma comissão do Movimento R$ 3,30 Eu Não Pago. Esse movimento luta por melhorias no transporte público de Taboão sendo que uma delas foi prontamente atendida pelo prefeito Fernando Fernandes através do decreto que revogou o aumento da tarifa de ônibus reduzindo o valor de R$ 3,30 para R$ 3,00.

O transporte municipal de Taboão é atendido pela Viação Pirajuçara concessionária que ganhou o direito de prestar esse serviço até 2015. Na pauta da reunião o movimento trouxe as seguintes reivindicações: melhoria no atendimento ao usuário que utiliza o transporte municipal; implementar a obrigatoriedade de cobradores de ônibus para dar mais segurança aos motoristas e passageiros; publicação das tabelas de custo da Viação Pirajuçara para justificar os aumentos e a quebra da revisão do contrato com a empresa.

Para o secretário Rinaldo Tacola, todas as reivindicações são válidas porem precisam ser tratadas com cautela. “Vamos analisar caso a caso e ver o que compete a nossa Secretaria. Acabamos de assumir e ainda temos que tomar conhecimento da situação”, comentou o secretário.

Rinaldo ressaltou que o transporte público precisa ser fiscalizado e isso não vinha acontecendo. “Fizemos um breve levantamento e não conseguimos identificar nenhum documento que comprove a efetiva fiscalização desse serviço”, explicou Rinaldo.

Sobre o aumento da tarifa, o secretário de Transportes, foi categórico ao afirmar que, “o aumento tem que acontecer porque está no contrato. Mas, isso só pode ser feito a partir do momento que empresa apresentar uma planilha justificando os gastos. Sem os estudos em mãos não temos como avaliar se o aumento estava certo ou não”.

Sobre a volta dos cobradores Rinaldo explicou que no seu entendimento o que precisa melhorar é o sistema de cobrança. “Temos que integrar o transporte coletivo através do bilhete único facilitando a vida do usuário e não colocar cobradores que no meu ponto de vista seria um retrocesso”, disse Rinaldo para a comissão.

O secretário finalizou a reunião pedindo a colaboração de usuários e munícipes na fiscalização do transporte municipal e coletivo. “Já temos uma equipe nas ruas para fiscalizar esse serviço. Porém, o melhor fiscal são vocês que utilizam do transporte todos os dias”, concluiu.

Ricardo Vaz


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.