Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Carreta que matou avó e seu neto já foi removida e moradores pedem melhorias no Salete

Por | 27/01/2013

tragedia

Karen SantiagoParte do gradil do córrego ficou destruída e pedaços do veículo ainda marcam a tragédia

A carreta que portava 40 toneladas de açúcar e motivou a morte de uma idosa e seu neto de apenas três anos de idade, por volta das 19h da última quinta-feira (24), na rua Alberto José, no bairro Jardim Salete, em Taboão da Serra – relembre aqui e aqui, já foi removida, desde a manhã de sábado, dia 26. 

Faixas de proteção, restos do veículo, poste de iluminação elétrica quase derrubado, parte da grade de proteção do córrego Joaquim Cachoeira destruída e muro de uma fábrica, agora com tapumes ainda marcam a tragédia que culminou a família da senhora e seu neto e entristeceu moradores do local e região - veja mais fotos aqui.

O principal assunto comentado por eles é a tragédia. Em passagem pelo bairro, neste sábado o Jornal na Net ouviu testemunhas e familiares das vítimas. Abalados, eles relataram todo o acontecido e ainda pediram para que melhorias no bairro sejam feitas, como a implantação de faixas de pedestre, redutor de velocidade e até um farol, para evitar acidentes no local.

“Esta tragédia aumenta mais ainda o nosso medo de novos acidentes e a necessidade de medidas como essas, além de uma fiscalização, uma vez que outros caminhões, como esse, já foram vistos aqui nessas ruas estreitas”, disse uma testemunha.

Michele Camargo de 22 anos, prima do menino morto no acidente, disse que se sentem esquecidos no bairro. “Ontem mesmo um carro caiu no córrego, aquele que não tem gradil [atrás da Delegacia Seccional de Polícia]”, frisou. “Onde já se viu um ponto em um pedaço de calçada como aquele [indicando a esquina da rua onde a carreta desceu e a Cid Nelson Jordano]”.

A reportagem apurou que na última sexta, à tarde, um Gol prata caiu dentro do córrego. O motorista perdeu o controle da direção e caiu com seu veículo lá dentro. Ele não se feriu e conseguiu sair do veículo, antes mesmo da chegada do Samu, que mais uma vez, segundo testemunhas demorou muito para chegar ao local.

Motorista preso e vídeo da tragédia

A polícia já descobriu que o motorista do caminhão saiu da rota que seria o Porto de Santos para vender ilegalmente o açúcar para uma padaria da região, sem autorização da empresa. Ele foi indiciado e preso por duplo homicídio culposo, quando não há intenção de matar e roubo de carga. O dono da padaria também foi preso e responderá por receptação.

A polícia também divulgou o vídeo que mostra o exato momento que a tragédia acontece – veja mais informações aqui.




Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.