Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Coordenadoria da Mulher de Taboão atende em novo endereço

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 23/01/2013

hahaha

Ricardo Vaz Coordenadoria da Mulher passa a atender no CREAS na rua: Henrique Moraes Camargo, nº 112


Esta semana, a Coordenadoria dos Direitos da Mulher de Taboão da Serra passará a realizar atendimentos em novo endereço. A transferência, iniciada na última segunda-feira, 21 de janeiro, será para o prédio onde atualmente funciona o CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), na Vila Iase.

A medida faz parte da política de choque de gestão implantada pelo prefeito Fernando Fernandes, que visa à contenção de despesas e otimização de recursos. A devolução do imóvel alugado, onde funcionava a Coordenadoria resultará, para a Prefeitura de Taboão da Serra, uma economia de quase R$ 22 mil por ano.

Segundo o prefeito, Fernando Fernandes, a devolução de alguns imóveis foi a forma encontrada para iniciar a captação de recursos para o pagamento das dívidas da Prefeitura, que já ultrapassam os R$ 200 milhões. “A dívida não é uma ficção. Ela é real. Então não podemos ficar gastando a verba do município.

Se é possível economizar os recursos e fazer melhor aproveitamento dos espaços que já dispomos, assim o faremos” – afirmou Fernando Fernandes.


Coordenadoria dos Direitos da Mulher

A Coordenadoria dos Direitos da Mulher foi criada em 15 de setembro de 2006, através do Decreto Municipal 105. Em julho de 2008, a Coordenadoria passou a acolher e Programa de Centro de Referência para o Atendimento Integral à Mulher e a Família. Dentre os serviços oferecidos à população, estão os serviços de atendimento psicossocial, aconselhamento e encaminhamento jurídico, além de acolhimento de mulheres em situação de violência em momentos de crises.

De acordo com a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, a transferência de local não afetará os serviços que já são realizados, tanto pelo CREAS, como também, pela Coordenadoria da Mulher. “Não vamos extinguir a Coordenadoria. Ao contrário, nossa intenção é ampliar ainda mais a rede de proteção às mulheres vítimas de violência. Até então a Coordenadoria se reportava diretamente ao gabinete do prefeito e agora passarão a compor a rede de proteção da Secretaria de Assistência Social” – informou Arlete.

A secretária também sinalizou que a preocupação da Prefeitura é manter os serviços, visando à autonomia, integridade e a mesma proposta de trabalho que já é desemprenhada pela Coordenadoria e, em breve, ampliar a rede de atendimento.

Serviço:

Coordenadoria dos Direitos da Mulher

Rua Henrique Moraes Camargo, 112 - Jardim São Paulo 

Por: Vera Lima

Terezinha de Oliveira Gonzaga

Fiquei sabendo pelo jornal na net que foi aumentado os salários de vereadoresas e prefeito e vice prefeito e do secretariado que somando tudo dá a diferença de mais R$75.000,00 ao ano. E não pode arcar com os R$22.000,00 de alguel da Coordenadoria da Mulher e do Centro de referencia da Mulher. Que salvava vidas...e amontoa tudo num espaço que já era extremamente precário. é revoltante...

Dayse

Duvido muito que as mulheres não se sintam constrangidas em buscar o novo local, na real sou admiradora dos trabalhos que aconteciam na coordenadoria e como municipe me senti envergonhada com tal atitude do governo.

Terezinha de Oliveira Gonzaga

Este esclarecimento não esclarece a população. E nós feministas e do movimento de mulheres do Brasil discordando radicalmente de que o atendimento às mulheres vítimas de violência seja dentro do CREAS. Pois sabemos que na prática que inibe as mulheres a recorrerem a um serviço que as expõem perante outros segmentos da sociedade.

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Aprígio recebe visita de Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho

Acompanhado de lideranças da Executiva Nacional e Estadual do PDT, Carlos Lupi, presidente...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

29/04/2017

Régis registrou bloqueios, marchas e atos na greve geral em toda a região

A greve geral contra as reformas da previdência e trabalhista foi marcada em Taboão da Serra,...

29/04/2017

Prefeitura de Taboão forma mais de 200 alunos através do Programa Lado a Lado Sa

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda da Prefeitura de Taboão da Serra,...

29/04/2017

Maternidade de Taboão inaugura serviço de consultoria em amamentação

A Prefeitura de Taboão da Serra está cada vez mais avançando na implantação de políticas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.