Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores debatem 9 horas mas não votam projetos em Taboão

Por Sandra Pereira | 10/01/2013

sessao1_1

Sandra PereiraVereador Moreira vem liderando oposição ao prefeito em Taboão da Serra

Em mais de 9 horas de sessão os vereadores de Taboão da Serra debateram até a exaustão o projeto de Lei do Executivo que aumenta a remuneração dos médicos da cidade de R$ 48 para R$ 60 a hora trabalhada,  o que retira a categoria das gratificações pagas a auxiliares de enfermagem, enfermeiros e dentistas e o projeto do prefeito Fernando Fernandes que pretende aumentar o salário dos secretários municipais. Depois de muito debate a sessão foi encerrada e houve nova convocação para a segunda-feira, 14, a partir das 14 horas. 

O projeto de lei 005/2013 quer aumentar os salários dos secretários municipais  para R$ 14 mil, da chefia de gabinete do prefeito para R$ 8.500, procurador municipal passaria a ganhar R$ 6.500, assessor de planejamento em saúde e chefia do setor de enfermagem R$ 4.500 e coordenador do CRAS R$ teve salário estipulado de 3.500. Alguns desses cargos não existiam e foram criados. Os vereadores disseram que o prefeito extinguiu 390 cargos e criou outros 130 com vencimentos maiores. 

O projeto de lei complementar 003/2013, que separa a categoria de  médicos das demais no pagamento de gratificação causou polêmica entre oposição e situação. A posição alegou que o projeto seria discriminatório e fere a isonomia entre os servidores da saúde. Os vereadores Marcos Paulo, Lune, Moreira e Onishi bateram pesado na proposta e chegaram a propor aumento salarial ainda maior para os médicos e demais categorias da saúde.

“O governo quer dar aumento só para médico. Será que é porque o prefeito é médico?”, disparou Moreira. “Sou a favor da vida e da isonomia entre os servidores”, apontou Onishi. “Quem disse que a saúde melhora se médico ganhar mais? Tenho certeza que não”, provocou Lune. “Se vier um aumento para todas as categorias tem o meu voto”, completou Marcos Paulo.

Na defesa do projeto do governo os vereadores da situação lembraram que um dos compromissos de campanha do prefeito foi melhorar a saúde. Eles defenderam o argumento de que aumentar os salários dos médicos atrai mais profissionais para trabalhar na cidade, e, consequentemente melhora a qualidade da saúde. 

“Vamos começar pelos médicos e tenho certeza de que as categorias serão beneficiadas depois”, disse a vereadora Joyce Silva. “Não estamos aqui excluindo os odontólogos ou outros profissionais. Vamos tratar primeiro dos médicos que é a situação mais emergencial”, garantiu o vereador Cido. “Nesse momento o que a cidade precisa é de médico”. “Não temos médico hoje, porque o salário não é atrativo”, observou Marco Porta.

Cido e Porta estão se revezando na função de líderes e blindam o governo dos ataques mais certeiros da oposição que está sendo liderada com afinco pelos vereadores Moreira e Marcos Paulo.

Depois de constatar que seria impossível chegar a um entendimento a vereadora Joyce Silva pediu vistas dos projetos da pauta e a sessão foi adiada para a próxima segunda-feira, quando a câmara deve realizar duas sessões para analisar os projetos em pauta. Entre os vereadores predomina a dúvida se a aprovação dos projetos acontece por maioria simples ou qualificada.



21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

21/10/2017

Eduardo Nóbrega diz que ETEC será “divisor de águas” em Taboão

A expectativa com a inauguração da Escola Técnica (ETEC), ao lado da prefeitura vem aumentando a...

21/10/2017

Comissão de Segurança Pública debate uso de câmeras de vigilância em Taboão

A Comissão de Segurança Pública da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na última...

21/10/2017

Secretaria de Cultura apoia o aniversário da Comunidade Filosofia de Quintal

Pelo terceiro ano consecutivo a Secretaria de Cultura de Taboão da Serra apóia a realização do...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.