Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores debatem 9 horas mas não votam projetos em Taboão

Por Sandra Pereira | 10/01/2013

sessao1_1

Sandra PereiraVereador Moreira vem liderando oposição ao prefeito em Taboão da Serra

Em mais de 9 horas de sessão os vereadores de Taboão da Serra debateram até a exaustão o projeto de Lei do Executivo que aumenta a remuneração dos médicos da cidade de R$ 48 para R$ 60 a hora trabalhada,  o que retira a categoria das gratificações pagas a auxiliares de enfermagem, enfermeiros e dentistas e o projeto do prefeito Fernando Fernandes que pretende aumentar o salário dos secretários municipais. Depois de muito debate a sessão foi encerrada e houve nova convocação para a segunda-feira, 14, a partir das 14 horas. 

O projeto de lei 005/2013 quer aumentar os salários dos secretários municipais  para R$ 14 mil, da chefia de gabinete do prefeito para R$ 8.500, procurador municipal passaria a ganhar R$ 6.500, assessor de planejamento em saúde e chefia do setor de enfermagem R$ 4.500 e coordenador do CRAS R$ teve salário estipulado de 3.500. Alguns desses cargos não existiam e foram criados. Os vereadores disseram que o prefeito extinguiu 390 cargos e criou outros 130 com vencimentos maiores. 

O projeto de lei complementar 003/2013, que separa a categoria de  médicos das demais no pagamento de gratificação causou polêmica entre oposição e situação. A posição alegou que o projeto seria discriminatório e fere a isonomia entre os servidores da saúde. Os vereadores Marcos Paulo, Lune, Moreira e Onishi bateram pesado na proposta e chegaram a propor aumento salarial ainda maior para os médicos e demais categorias da saúde.

“O governo quer dar aumento só para médico. Será que é porque o prefeito é médico?”, disparou Moreira. “Sou a favor da vida e da isonomia entre os servidores”, apontou Onishi. “Quem disse que a saúde melhora se médico ganhar mais? Tenho certeza que não”, provocou Lune. “Se vier um aumento para todas as categorias tem o meu voto”, completou Marcos Paulo.

Na defesa do projeto do governo os vereadores da situação lembraram que um dos compromissos de campanha do prefeito foi melhorar a saúde. Eles defenderam o argumento de que aumentar os salários dos médicos atrai mais profissionais para trabalhar na cidade, e, consequentemente melhora a qualidade da saúde. 

“Vamos começar pelos médicos e tenho certeza de que as categorias serão beneficiadas depois”, disse a vereadora Joyce Silva. “Não estamos aqui excluindo os odontólogos ou outros profissionais. Vamos tratar primeiro dos médicos que é a situação mais emergencial”, garantiu o vereador Cido. “Nesse momento o que a cidade precisa é de médico”. “Não temos médico hoje, porque o salário não é atrativo”, observou Marco Porta.

Cido e Porta estão se revezando na função de líderes e blindam o governo dos ataques mais certeiros da oposição que está sendo liderada com afinco pelos vereadores Moreira e Marcos Paulo.

Depois de constatar que seria impossível chegar a um entendimento a vereadora Joyce Silva pediu vistas dos projetos da pauta e a sessão foi adiada para a próxima segunda-feira, quando a câmara deve realizar duas sessões para analisar os projetos em pauta. Entre os vereadores predomina a dúvida se a aprovação dos projetos acontece por maioria simples ou qualificada.



26/05/2018

Audiência Pública irá avaliar prestação de contas da saúde pública em Taboão

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima...

26/05/2018

Comissão de Direitos Humanos debate Empoderamento Feminino em Taboão

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Taboão da Serra debateu o Empoderamento...

26/05/2018

Em audiência pública, vereadores vêm arrecadação preocupante em Taboão

A Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou na...

25/05/2018

Temer autoriza uso de forças federais para desbloquear rodovias

O governo federal autorizou o uso de forças federais de segurança para liberar as rodovias...

23/05/2018

Johnatan Noventa aprova projeto para sinalizar locais com acidentes frequentes

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão desta terça-feira, 22, o...

23/05/2018

Câmara aprova voto de louvor a inspetores da PRF após blitz contra a exploração

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão desta terça-feira, 22,...

23/05/2018

Prefeito Jorge Costa cumpre metas do Plano de Governo

Prestes a completar um ano e meio à frente do seu quarto mandato, o Prefeito Jorge Costa já...

23/05/2018

Prefeito Fernando Fernandes visita equipamentos da Assistência Social

O prefeito Fernando Fernandes visitou nesta quarta-feira, 23/5, três equipamentos públicos...

22/05/2018

Vereadores e PRF fizeram blitz contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças

Uma parceria inédita entre o Poder Legislativo de Taboão da Serra e a Polícia Rodoviária Federal...

22/05/2018

Juninho Silvestre deixa Secretaria de Governo e será assessor do prefeito Jorge

O advogado Cláudio Silvestre Júnior, o Juninho, foi exonerado da Secretaria de Governo de...

27/05/2018

Helicópteros do Exército sobrevoaram BR e viram caminhões parados do acostamento

Três helicópteros do Exército sobrevoaram a rodovia Régis Bittencourt, neste domingo, 27, na...

26/05/2018

Caminhoneiros mantém bloqueio na BR e recebem apoio de moradores de Embu

A greve dos caminhoneiros, que teve início na segunda-feira (21), continua na rodovia Régis...

26/05/2018

Audiência Pública irá avaliar prestação de contas da saúde pública em Taboão

A Comissão Permanente de Saúde da Câmara Municipal de Taboão da Serra realiza na próxima...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.