Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Jovens conseguem apoio dos vereadores contra o aumento dos circulares de Taboão

Por | 9/01/2013

jovem

Karen SantiagoJovem lê carta aberta na tribuna popular da Câmara Municipal

A luta dos jovens taboanenses contra o aumento “abusivo” da tarifa dos ônibus circulares, que entrou em vigor em 23 de dezembro, pelo então prefeito Evilásio Farias, ganhou mais um forte aliado, na tarde desta quarta-feira, dia 9, o apoio quase que total dos vereadores municipais. A tarde foi marcada ainda pela leitura e entrega da carta aberta aos representantes do legislativo e mais uma manifestação de aproximadamente 20 jovens, que seguiram da Praça Nicola Vivilechio até a Câmara Municipal.

Com faixas, cartazes e batucada com dizeres: “Mãos para o alto, R$ 3,30 é um assalto”, “Se a tarifa não baixar a cidade vai parar”, entre outros, os jovens entraram na Câmara Municipal e Phelipe Silva Lima representando o grupo, usou a tribuna popular para comunicar que uma reunião com o secretário de Transportes, Rinaldo Tacolla Filho, foi marcada para dia 22 e a carta aberta protocolada na prefeitura. “Para entender as justificativas para o aumento e avaliar as planilhas da Pirajussara”, disse. O jovem frisou ainda, que os ônibus circulares daqui a pouco “vão estar mais caros que os táxis do município”.

Carlinhos do Leme, presidente da Comissão de Transportes da Câmara se comprometeu em convocar uma audiência pública com representantes da Pirajussara e secretário de Transportes para que o aumento seja esclarecido. Os vereadores Cido da Yafarma, Luiz Lune, Professor Moreira, Marco Porta, Joice Silva, Eduardo Paz e Vida e Eduardo Nóbrega parabenizaram os jovens pela manifestação pacífica e deram total apoio na luta a favor da revogação da tarifa.

Marco Porta lembrou que o contrato com a empresa Pirajussara foi assinado em 2000 e revogado em 2006, quando Evilásio começou a administrar a cidade. Agora o contrato vai até 2015, segundo ele. “O contrato não permite dois aumentos em um ano, como foi feito na cidade, dia 1º de janeiro e 23 de dezembro. O aumento só pode acontecer se for com pedido da empresa e entrega das planilhas, que não são encontradas”, explicou.

Todos os vereadores afirmaram que o aumento é diferente da realidade de Taboão e um absurdo. Eles disseram ainda acreditar que o prefeito Fernando Fernandes vai diminuir a passagem e implantar o Bilhete Único na cidade, como prometido na campanha. O vereador Moreira informou aos jovens, que se caso a tarifa não diminua, eles podem entrar com uma liminar no Ministério Público.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.