Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Corpo do jovem morto em uma abordagem da GCM foi enterrado em Itapecerica

Por | 7/01/2013

ipe

DivulgaçãoO enterro aconteceu às 10h desta segunda-feira, dia 7

O corpo do jovem de 16 anos, morto com um tiro no peito durante uma abordagem da Guarda Civil Municipal, na noite do último sábado (5) foi enterrado por volta das 10h desta segunda-feira, dia 7, no Cemitério Parque dos Ipês, em Itapecerica da Serra. O GCM, Edson Tadeu Daraio, de 47 anos já foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ele se apresentou espontaneamente na Delegacia da cidade, logo após socorrer a vítima – relembre aqui.

A morte do jovem causou revolta nos amigos, família e conhecidos da vítima. Como forma de represália, na noite de sábado, um grupo deles jogou um coquetel monotóxico na residência de um guarda que mora no local da morte, avenida Soldado PM Gilberto Agostinho, no bairro do Jardim Cinira. Ninguém da família do GCM se machucou.

De acordo com o portal G1 a mãe do jovem viu ele morrer e afirmou que o filho não reagiu. "Como eles alegam que a arma disparou. Não tem como a arma disparar se eles não estão com o dedo no gatilho."

Ainda segundo o portal a Prefeitura de Itapecerica disse que uma sindicância vai apurar o que aconteceu e durante esse tempo, Tadeu fará apenas serviços internos e terá acompanhamento psicológico. A polícia civil aguarda resultou do laudo, para concluírem os reais sinais que indicam a morte do jovem e a arma do guarda foi apreendida.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.