Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Ministra defende sustentabilidade ambiental durante anúncio de duplicação da Serra do Cafezal

Por Sandra Pereira | 20/04/2010

ministra.jpg

Ministra Izabella,prefeita Cida Mashio, de Juquitiba, Sandra Regina, prefeita de Registro e prefeito Chico Brito, de Embu das Artes

A rodovia da morte tem que se tornar da vida. A afirmação da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, durante o anúncio da duplicação da Régis Bittencourt, na Serra do Cafezal, marcou a solenidade. A ministra surpreendeu o público ao enfatizar a defesa de uma agenda  positiva na região cuja diversidade ambiental, pode ser revertida, segundo ela, em dividendos para as cidades.

Izabella Teixeira demonstrou amplo conhecimento na área ambiental. Ela literalmente levantou a auto-estima dos prefeitos e autoridades presentes ao declarar que eles devem se unir para brigar pela valorização dos produtos produzidos na região.

A ministra citou que o meio ambiente não deve servir como desculpa para travar o desenvolvimento da região. Para ela, é preciso sentar e negociar abertamente com todos os agentes responsáveis as alternativas para minimizar o impacto da duplicação e garantir as obras mitigatórias e a compensação ambiental onde houver supressão de vegetação ou de espécimes animais.

“O Vale é uma das regiões mais importantes do País ambientalmente. Temos que expandir a questão ambiental para além da Amazônia e cuidar dos ativos naturais da Mata Atlântica”, contou a ministra.

Ela citou projetos que tramitam no Congresso Nacional visando remunerar as cidades que cuidam da natureza adequadamente. Izabella Teixeira classificou como inaceitável o fato de projetos importantes de interesse social serem barrados por falta de licenciamento ambiental.

“Devemos avançar no que é prioridade para o desenvolvimento do País”, observou, acrescentando que intervenções como a duplicação da Régis na Serra do Cafezal precisam ser negociadas com transparência plena para minimizar os impactos.

Como lição de casa para os representantes do IBAMA que participaram do evento a ministra deixou a missão de acompanhar atentamente cada passo da discussão.

“Não aceito que o IBAMA deixe de acompanhar de perto esse processo. O País não precisa de burocratas sentados em seus escritórios, então, vocês peguem o carro e dirijam até aqui para ver de perto o que está acontecendo. Chamem todos os interessados, discutam, ouçam sugestões e pensem no melhor para essa comunidade”, ensinou.

Segundo a ministra o Vale deveria ser a região mais rica de São Paulo, pela sua ampla diversidade ambiental. Ela disse que o desafio maior será conseguir a licença para duplicar o último trecho da BR que é considerado o mais sensível.

 A licença ambiental para a duplicação da Regis Bittencourt, na região da Serra do Cafezal, vão se concentrar, a princípio, nos dois extremos da pista. O trecho inteiro abrange a extensão de 30 quilômetros.

A decisão de iniciar os trabalhos pelas “pontas” se deu porque nesses trechos os impactos na natureza serão menores e, por isso, foi mais fácil cumprir as exigências ambientais.

O prazo para o término das primeiras intervenções é de 15 meses e o custo total do projeto é estimado em R$ 330 milhões. Os trabalhos devem ter inicio em 60 dias.
Além da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o presidente do IBAMA, representantes da ANTT e da concessionária Autopista Régis Bittencourt, vereadores, prefeitos e representantes de 29 cidades prestigiaram o evento.

 

chico.JPG

Prefeito Chico Brito defendeu união regional para resolver problemas comuns e obter conquistas


O prefeito de Embu das Artes destacou em sua fala que a duplicação é uma conquista de toda a região. Chico defendeu a união de todas as cidades para garantir outras obras como a Universidade Federal que será instalada em Embu. O prefeito também falou sobre a importância das duas passarelas de pedestres implantadas na cidade e disse que as mesmas estão ajudando a salvar vidas.

A prefeita de Registro, Sandra Kenedy, anfitriã do evento, não conseguia esconder a satisfação de contar com a duplicação da rodovia. Ela lembrou que foi preciso anos de luta e protesto para conseguir essa vitória. “Essa vitória é de todos nós por isso temos que comemorá-la”, afirmou.

O deputado João Paulo falou que o anúncio da duplicação aconteceu exatamente no dia de São Judas, santo das causas urgentes e impossíveis. “A duplicação era uma dessas causas urgentes e impossíveis até hoje”, resumiu.

ana paula

fiquei muito triste com a história da izabela mais deus sabe sua maneira de agir ele vai agir por vc

EDMILSON MOREIRA DA SILVA

Essa duplicação será um grande passo para a expansão do Vale do Ribeira, que vem sido esquecido por decadas pelos novos governantes.

21/07/2017

Homem é detido transportando dois pássaros em uma mochila na Régis Bittencourt

A PRF efetuou a prisão de um homem com dois picharros após fiscalizaç&ati

19/07/2017

Secretaria de Planejamento e meio ambiente de Itapecerica inicia o Cidade Segura

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente de Itapecerica da Serra, em trabalho conjunto com a...

18/07/2017

Frio chegou à capital paulista e temperaturas podem chegar a 8°C

O inverno chegou e as temperaturas sofrem variações e continua trazendo frio intenso na capital...

04/07/2017

Sabesp tem inscrições abertas para curso de pesquisa de vazamentos

A Sabesp oferece curso gratuito de pesquisa de vazamentos até o final do ano na Região...

23/06/2017

Mês do Meio Ambiente leva projeto de horta para bairros de Embu das Artes

20/06/2017

Licença ambiental em Embu, Taboão e Itapecerica é com a empresa Novo Olhar

Obter licença ambiental para realizar obras é um dos grandes desafios de quem atua nos...

12/05/2017

Prefeitura de Itapecerica realiza limpeza no Jardim das Oliveiras

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços, por meio da Regional do Jardim Jacira, finalizou a...

09/05/2017

Morador do centro de Embu cobra poda de árvore há 5 anos

Há cinco anos, Luiz Carlos Lombardo solicita a poda ou remoção de árvores na Rua Belo Horizonte,...

04/05/2017

Empresa é acusada de descartar lixo hospitalar em afluente do rio Embu-Mirim

Uma empresa que segundo as informações iniciais faz a coleta de lixo hospitalar nas cidades de...

27/04/2017

Alckmin quer garantir preservação em área que abastece Embu e Itapecerica

O governador Geraldo Alckmin encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 199/2017, que...

21/07/2017

Prefeitura de Embu traz novo modelo de gestão para alimentação escolar

21/07/2017

Itapecerica tem Semana do Empreendedorismo em Ação entre 31/07 e 03/08

A Prefeitura de Itapecerica da Serra e o Sebrae-SP realizam entre 31 de julho a 3 de agosto a...

21/07/2017

Atenção para o licenciamento: julho é o mês de veículos com placas final 4

Os proprietários de veículos com placas final 4 já podem fazer o licenciamento. A data limite...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.