Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Trecho Sul do Rodoanel não conta com postos de gasolina em seu trajeto

Por | 19/04/2010

rodoanel350.jpg

Motorista tem que abastecer antes de entrar no novo trecho doRodoanel

O Trecho Sul do Rodoanel é uma rodovia expressa sem nenhum tipo de estrada para bairros, trevos, retornos ou posto de gasolina, assim como o lado oeste do Rodoanel. Os acessos serão exclusivamente pelas rodovias Régis Bittencourt, Imigrantes, Anchieta e interligações com o município de Mauá.

A falta de combustível no veículo pode causar problemas para quem não programou a viagem e abasteceu o carro antes de entrar no Rodoanel. Na Imigrantes – sentido São Paulo, por exemplo, o último posto de abastecimento fica 17 km antes da entrada do trecho.

Já no litoral, há um posto no km 17, 8 km antes do complexo. Na Via Anchieta, há um posto no Km 29 (sentido São Paulo) e outro no km 22 (sentido litoral). Na Régis Bittencourt, sentido São Paulo, (caminho obrigatório de quem mora em Itapecerica da Serra), o último posto fica no km 282, 4 km antes do Rodoanel.

A Dersa confirmou que durante o trajeto que o motorista percorrer ele poderá encontrar dois postos de Serviço de Atendimento ao Usuário e do Comando de Policiamento Rodoviário que serão instalados no trecho. Um deles estará mais perto da Régis Bittencourt, no município de Itapecerica da Serra. Outro estará no limite dos municípios de São Paulo e São Bernardo do Campo, ao lado da Represa Billings.

O Trecho Sul do Rodoanel conta seis praças de pedágio instaladas durante todo o trajeto. E é a partir de abril que os usuários devem começar a pagar o pedágio e este pagamento será feito no momento em que o veículo sair por um acesso da via. Segundo release da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) do dia 20 de janeiro, a empresa ou consórcio que apresentar o maior desconto sobre a tarifa básica de R$ 6 para o trecho sul, será a vencedora da licitação e responsável pela operação do trecho.

Segundo a assessoria de imprensa da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário SA) a cidade de Itapecerica da Serra não terá uma marginal, como alguns munícipes questionaram.

Durante as obras os buracos e o trânsito em Itapecerica aumentaram muito e os moradores da região e cidade acharam que as conseqüências desses problemas eram devido as obras do rodoanel, mas a empresa estatal responsável pela obra Dersa informou em relação aos buracos que a Estrada de Itapecerica terá a recuperação do pavimento no trecho do entorno do rodoanel e no sentido do centro da cidade com aproximadamente 1,5 km.


Com o termino das obras, os munícipes e visitantes de Itapecerica da Serra já perceberam a grande diferença, a pista continua cheia de buracos, mas o trânsito voltou ao normal, segundo eles.



Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.