Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Jorge Costa rechaça antiga Febem e embarga obra em Itapecerica da Serra

Por | 25/12/2012

jorge

Arquivo Jornal na NetJorge Costa entrou no Ministério Público contra a vinda da antiga Febem para a cidade

A polêmica envolvendo a vinda da Fundação Casa para Itapecerica da Serra teve um novo capítulo na cidade. O prefeito Jorge Costa afirmou que embargou a construção do prédio, em um terreno ao lado do Centro de Detenção Provisória, o CDP, no bairro Potuverá, por falta de licença ambiental da Cetesb e autorização da Prefeitura faltando dias para o fim de seu mandato.

O local que já conta com placa do governo do Estado de São Paulo anunciando a obra, teve sua mata derrubada e máquinas trabalhando no terreno, segundo ele. O prefeito havia decidido e anunciado que a antiga Febem, não seria construída na cidade, depois de muita manifestação e até abaixo assinado contra a vinda da fundação. “Pelo menos enquanto eu estiver aqui, pode ter certeza que não entra um tijolo”, afirmou.

“Já havia decidido que não seria construído em Itapecerica e fui surpreendido faltando dias para ir embora com uma obra desse porte. Embarquei tudo, apreendi as máquinas e prendi quem estava lá”, pontuou. O prefeito foi até o local, após denuncia de outro assunto, contou ele. “Quando cheguei lá vi as máquinas derrubando toda a mata e com a placa do governo sobre a obra”, ressaltou.

Jorge Costa disse não ser contra a Fundação Casa e sim do jeito que a gestão é feita. Segundo ele a gestão é “completamente errada, porque colocam pessoas lá dentro e saem mais bandidos ainda”, afirmou. Ele comparou a fundação com a 1ª Febem, feita pela Alda Marco Antonio – atual vice-prefeita de Gilberto Kassab. 

“O projeto era todo diferente. O jovem ia, tinha psicólogo, saúde mental, curso técnico. Era questão de orgulho, tinha até teatro feito por semi-artistas. Hoje eles estão lá dentro com celular, vendendo pó, mandando matar gente aqui fora”, afirmou.

O prefeito questionou a atitude da Cetesb que embargou a construção de cinco creches na cidade e a atitude do governo do Estado em entrar na cidade, sem autorização alguma. “O Cadeião acabou com o bairro, tem muitas reclamações. Estou brigando para a fundação não vir para Itapecerica, entrei no Ministério Público e denunciei a obra”, finalizou.

O prefeito eleito, Amarildo Gonçalves, o Chuvisco (PMDB) também rechaçou a vinda da Febem para o município e resumiu: “É muito prejuízo para a cidade” – veja matéria completa aqui.

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

10/10/2017

Parecer do relator de denúncia contra Temer deve ser lido nesta terça

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.