Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Comunidade Protesta contra a Municipalização de Escolas em Embu das Artes

Por Outro autor | 16/12/2012

embu

Divulgação - Blog do JulinhoManifestantes protestaram em frente a prefeitura de Embu das Artes

Com o grito “Professores na rua, Chico Brito a culpa é sua!” dezenas de pais, professores e funcionários das Escolas Estaduais Brasilina Valente e Jd. Magali protestaram hoje pela manhã, 13 de dezembro, na porta da Prefeitura de Embu das Artes, contra a municipalização dessas escolas.

Municipalizar significa transferir a responsabilidade dessas escolas do Governo do Estado para o Município de Embu o que acarretará na demissão de todos os profissionais das escolas e interrupção do projeto pedagógico, interferindo na qualidade do Ensino.

Os manifestantes também questionam que em nenhum momento a população foi consultada, como afirma Alex Parrilla, pai de alunos. “Nenhum pai foi comunicado com antecedência, eles não estão preocupados com a qualidade do ensino que vai ser oferecido aos alunos, na minuta com as cláusulas do documento esclarece bem claro que os profissionais serão dispensados”. (veja depoimento completo)

No caso do Brasilina Valente, o convênio de municipalização já foi assinado. Entretanto, ele foi assinado de forma ilegal, pois há uma lei no município, aprovada em 2001, a lei 1945, que determina que toda e qualquer municipalização de escola tem que necessariamente ser aprovada pela Câmara Municipal e isto não ocorreu.

A grande responsabilidade do município, segundo o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), é oferecer para a população a educação infantil, em especial creches, porém, nos últimos anos, nenhuma nova creche foi construída e existe um número enorme de crianças sem vagas e a Prefeitura se recusa em buscar uma solução.

Na última terça-feira a comunidade escolar se mobilizou, com o apoio da subsede da APEOESP Taboão (Sindicato dos Professores), e foi até a Câmara Municipal para saber a posição dos vereadores. Uma comissão foi recebida e foi explicitado que o Prefeito irá mandar um projeto de lei para tornar legal a municipalização do Brasilina Valente e que há negociações sim, para a municipalização também do Jardim Magali.

Insatisfeitos com o retorno, a população manteve a mobilização e realizou nesta manhã uma manifestação para dizer que não aceita a municipalização. Na tarde de hoje os manifestantes serão recebidos pelo Prefeito e pela Secretária de Educação de Embu e a posição do movimento é que não deseja discutir os termos do convênio e sim barrar o processo de municipalização. 

Matéria Blog do Julinho 

jornal hora da noticia

parabens pelo jornalismo ético e profissional da cidaede de Embu das Artes Jose Raimundo e Ednaldo Rodrigues.

Toninho- Jd. Santo Eduardo.

Infelizmente hoje dia 17 o projeto de municipalização dessas duas escolas foi aprovado na na Câmara municipal de Embu. Dos 13 vereadores compareceram 10. Assim o projeto foi aprovado por 9X0. Agora está mira do prefeito as escolas Elizete de Oliveira Bertini, Edila Coutinho e Maria Cristina. Não me surpreendeu a postura dos vereadores de ser obedientes aos ditames do poder executivo. Afinal estão amarradinhos.

18/06/2017

Jornalista Gregório Bacic ministra palestra a professores do Nigro Gava

Professores da Escola Estadual Professora Maria Aparecida Nigro Gava, no Parque Pinheiros, em...

12/06/2017

Escolas da rede municipal de Taboão, Embu e Itapecerica realizam festa junina

Olha a chuva... É mentira! Olha a cobra... É mentira! O mês de junho é conhecido pela...

11/06/2017

Taboão da Serra ganha unidade do Centro Brasileiro de cursos (Cebrac)

Moradores de Taboão da Serra que buscam ingressar e ou conseguir cargos melhores no mercado de...

11/06/2017

Sistema EJA está com inscrições abertas para o segundo semestre

Os jovens e adultos que não terminaram os estudos e querem retornar às salas de aula já podem se...

11/06/2017

Mais de 7 mil professores aprovados em concurso são convocados em SP

Mais de 7 mil professores aprovados no maior concurso do magistério paulista poderão escolher as...

08/06/2017

Febre Amarela e Dengue são pautas para alunos da EMEF Rachel de Queiroz

A direção da EMEF Rachel de Queiroz criou um Jornal Escolar que tem como foco central o...

03/06/2017

Escolas Estaduais de Embu das Artes recebem programa de educação ambiental

Em parceria com a Diretoria de Ensino da Região de Taboão da Serra, a ONG Sociedade Ecológica...

30/05/2017

Anhanguera disponibiliza vagas de emprego e qualificação em Taboão

No dia 8 de junho, das 10h às 19h, as unidades da Anhanguera de Taboão da Serra e outras...

30/05/2017

Faculdade FECAF apoia o esporte profissional em Taboão

Como visto no Globo Esporte (Rede Globo), da última quinta-feira (25), a Faculdade FECAF apoia o...

30/05/2017

Prefeitura de Itapecerica e Sebrae oferecem formações para empreendedores

A Prefeitura de Itapecerica da Serra, em parceria com o Sebrae, irá proporcionar aos...

21/06/2017

Final de futsal feminino acontece no sábado 24/06 em Taboão

O campeonato Metropolitano de futsal feminino adulto terá sua final no próximo sábado 24/06. O...

21/06/2017

Polícia Militar vai dobrar quantidade de motos da Rocam em Taboão e Embu

Desde o dia 8 de junho o tenente-coronel PM Marcos Vitiello assumiu o comando do 36º Batalhão de...

21/06/2017

Itapecerica integra rota do turismo religioso durante o Corpus Christi

O turismo é marcado pelos diferentes segmentos e perfis dos viajantes. Alguns viajantes preferem...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.