Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Variedades

Waldemar Lima diz que é inevitável a queda de preços dos imóveis em 2013

Por Outro autor | 5/12/2012

imobiliaria

Divulgação De acordo com empresário preços já não sobem mais, incorporadoras vendem imóveis com descontos que ultrapassam 30% 

Tomando como base as avaliações de mercado feitas por especialistas de publicações como a Revista Exame e FipeZap a imobiliária Waldemar Lima IMÓVEIS LTDA, sediada na Avenida Armando de Andrade, em Taboão da Serra, está alertando a região para a redução de preços dos imóveis entre 20% a 30%,  que deve acontecer em 2013. De acordo com o proprietário da imobiliária, Waldemar Lima, a valorização dos imóveis em todo o País deu-se de forma abrupta, dificultando a vida de quem pretendia adquirir um imóvel próprio, ocorrendo assim uma forte especulação imobiliária.

 “É inevitável a queda de preços dos bens imóveis em todo o território nacional. Não será diferente em 2013. Os preços já não sobem mais, incorporadoras vendem imóveis com descontos que ultrapassam 30% (trinta por cento), temos o exemplo da construtora Camargo Correia no dia D, que  concedeu descontos  em seus imóveis”, afirma Waldemar Lima.

Segundo ele, o imóvel usado não é mais de venda rápida. “Hoje o consumidor busca o preço real do bem que está adquirindo. Atualmente há busca do melhor custo x benefício, o mercado está farto de ofertas e os compradores estão mais conscientes do que pretendem adquirir”, conta.
O empresário afirma que o número de lançamento em São Paulo, em 2012, caiu 30%. Também assegura que houve também uma queda no número de unidades financiadas (em relação ao mesmo período do ano passado).

“O mercado imobiliário do Brasil, e de Taboão da Serra, vive um novo momento, temos que nos adequar a ele, o “bum” atraiu muitos investidores em busca de dinheiro fácil e rápido, bancos famintos em conceder créditos”, disse.

Para o empresário, no momento atual, a compra deve ser embasada nos fatores das reais necessidades de quem adquire um bem. “O mercado imobiliário está recheado de ofertas das mais variadas e preços diversos, antes de fechar um negócio visite em média 10  empreendimentos”.
Waldemar Lima afirma que é preciso planejar bem, pois quem comprar errado vai perder muito dinheiro. De acordo com o empresário é preciso relembrar  o valor dos imóveis de Taboão da Serra, e região. Para ele, o exemplo é  de um apartamento de 3 dormitórios, sendo uma suíte e 1 vaga de garagem, semi novo, com 75 m2 (setenta e cinco metros quadrados) de área útil, no condomínio Moradas dos Bosque no ano 2002, custava em média R$ 120.0000,00 (cento e vinte mil reais),  ou seja,  o  m2, custava R$1.600,00 (um mil e seiscentos reais). 

Segundo Waldemar Lima, após 10 anos, o mesmo apartamento (usado) está sendo ofertado por R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais),  com seu valor  R$ 4.800,00/m2, ou seja, ocorreu valorização de 300% (trezentos por cento), no período de 120 meses,  valorização esta, sem sustentabilidade econômica, diante da crise mundial, e do endividamento dos brasileiros.

“O boom do mercado imobiliário brasileiro acabou. Vivemos um momento em que todas as partes envolvidas no processo de venda e compra de imóveis devem repensar no atual momento, antes que o mercado brasileiro passe atravesse uma crise, assim como ocorreu nos Estados Unidos”.
Hoje, o preço sugerido pela WALDEMAR LIMA IMÓVEIS LTDA e especialistas, em Taboão da Serra, para venda de apartamento novo é de R$ 4.200,00 (quatro mil e duzentos reais)/m2  e apartamentos usados de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais)/ m2, conforme o bairro e a infraestrutura local.
E, para venda de sobrados novos o valor gira em torno  R$ 3.700,00(três mil e setecentos reais)/ m2, ficando sobrados usados em  R$ 3.000,00(três mil reais)/ m2, de acordo com o bairro e infraestrutura local.

Curiosidades do mercado imobiliários:


O valor de terrenos na região central de Taboão da Serra, está em torno de R$ 800,00(oitocentos reais)/ m2 e  em torno de R$ 1.000,00(um mil reais)/m2, o valor da construção, padrão médio,  de acordo com o mercado de Taboão da Serra e região. 

Porque os Construtores e Incorporadores, praticam valores de  R$ 5.000,00(cinco mil reais)/ m2, pronto? 

O mercado imobiliário não vive de especulações imobiliárias, felizmente, o comprador de imóvel está mais consciente e sabe o “quantum” deve pagar por uma propriedade, e não se sujeitam mais aos dissabores dos preços impostos por incorporadores, construtores e proprietários de imóveis, hoje temos a possibilidade de estabilizar o mercado, bem como mantê-lo saudável.
A quem pretende vender ou comprar um imóvel, busque um profissional habilitado para auxilia-lo, somente desta forma teremos um mercado justo e ao alcance de todos.

Waldemar Lima Rodrigues da Silva é corretor de imóveis e bacharel em direito, atua há mais de 12 (doze) anos no segmento imobiliário.
Fontes: Revista exame, Observador do mercado, Fipe Zap, Waldemar Lima Imoveis e equipe.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.