Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Mais de 22 mil já assinaram pedido de ampliação do HGP

Por Sandra Pereira | 16/04/2010

hgp_1.jpg

Márcia Regina observa que a receptividade das pessoas abordadas nas ruas é um marco para o movimento

O Movimento Pró Ampliação do Hospital Geral do Pirajussara já coletou 22 mil assinaturas no abaixo assinado que pede a ampliação do atendimento e o controle social da instituição. No domingo,  14,  eles realizaram  uma ampla mobilização em frente  ao  shopping Pirajuçara, na divisa entre Taboão da Serra e Embu das Artes, para coletar assinaturas de moradores das duas cidades que são favoráveis à ampliação.

No próximo dia 10 as lideranças do movimento estão programando uma doação de sangue conjunta em favor da ampliação. “Vamos dar o nosso sangue literalmente pela ampliação do HGP”, sustenta Márcia Regina, vice-prefeita de Taboão da Serra, uma das líderes do movimento.

De acordo com ela, a coleta de assinaturas em prol da ampliação foi parada  no mês de dezembro e só foi retomada neste domingo.   

Márcia Regina observa que a receptividade das pessoas abordadas nas ruas é um marco para o movimento. Segundo ela, a grande maioria opta pelo abaixo assinado assim que é informada sobre o objetivo do  movimento.

“Ninguém tem dúvidas sobre a necessidade de ampliação do atendimento no HGP e a implantação do controle social”, afirma.   

Basta poucos minutos de observação para se percebem que as pessoas abordadas se mostram receptivas à idéia de ampliar o atendimento no Hospital. Um fato curioso é que normalmente elas acreditam que o HGP está sob a gestão da prefeitura.

Desde que iniciou a mobilização em favor da ampliação do atendimento no Hospital Geral do Pirajussara o movimento obteve algumas conquistas importantes como conseguir reunir lideranças de peso dos vários segmentos  da  sociedade civil organizada.

Além disso, conseguiu pautar a discussão sobre o assunto na Assembléia  Legislativa do Estado. Realizou diversas mobilizações em locais públicos, trouxe os vereadores de toda a região para o seio da discussão, o que acabou ocasionando o surgimento da Associação dos Vereadores da Região Sudoeste, Aversud.

De acordo com os integrantes do movimento, logo no início da mobilização, a relação com a diretoria era melhor. Todos os casos de pacientes encaminhados eram prontamente atendidos, entretanto, no último mês uma das pacientes cujo caso foi repassado à diretoria recebeu  uma carta da direção informando que o procedimento cirúrgico aguardado por ela, só será realizado em junho, seguindo o cronograma das cirurgias eletivas da instituição.

A reportagem da Folha de Embu entrou em contato com a assessoria de imprensa do HGP para tratar do assunto, mas até o fechamento dessa edição não houve resposta.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.