Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Ocupação do MTST no Taboão reivindica moradia de qualidade

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 16/04/2010

mtst_2.jpg

Ocupação tem quase 400 famílias vivendo em condições precárias

Todos com o mesmo ideal. É assim o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) que ocupa há quase 20 dias um terreno de 85 mil metros quadrados no Jardim Helena, em Taboão da Serra.

Segundo uma das líderes do MTST Vanessa de Souza, o movimento é uma forma pacífica de conseguir apoio dos vereadores e do prefeito. “Não queremos construir uma favela no local, mas sim uma comunidade, um conjunto habitacional que seja de qualidade para os moradores, além disso, não queremos nada de graça. Queremos pagar o valor que podemos e não o que é estipulado”, afirmou.

Vanessa de Souza afirmou que cerca de 400 famílias estão alojadas no terreno e que a maior parte é Taboão. “Alguns são de fora, mas também estão lutando por uma moradia de melhor qualidade”, enfatizou.

De acordo a líder, a comunidade está apoiando a iniciativa do movimento, pois o lugar era frequentado anteriormente por estrupadores e servia de cativeiro para sequestradores. “Estamos lutando também pela implosão desses dois prédios abandonados, pois os mesmos atrapalham e muito a população”, contou.

O terreno é particular e pertence ao empresário Paulo Colombo. No ano passado, o prefeito Evilásio Farias decretou a área como sendo de interesse social. Vanessa de Souza afirmou que até o momento, não houve nenhuma manifestação jurídica do proprietário para a saída do MTST do local.

A líder Vanessa contou a Reportagem do Jornal na Net que enquanto as famílias permanecem no local, os líderes buscam negociações com a Caixa Econômica Federal e com a CDHU. As famílias alojadas no local têm renda entre 0 a 3 salários mínimos. Por isso podem ser no projeto Minha Casa Minha Vida.

Durante a reunião com os vereadores, nesta terça-feira, 13, o MTST reivindicou que as famílias cadastradas no movimento sejam atendidas em sua totalidade nos projetos habitacionais desenvolvidos pela prefeitura e em novos programas, como o Minha Casa Minha Vida.

Esmeralda Gregório de Melo, contou que está participando do movimento porque não pode mais pagar aluguel devido a sua renda. “Morava próximo ao Ceasa em São Paulo e estou à procura de um lugar melhor para morar”, afirmou.

Esse também é o caso do senhor Luiz Cosme de Oliveira, que colocou a casa onde mora para alugar, e mudou para uma das casinhas no movimento. “Estou correndo atrás do que mereço uma condição melhor para viver”, contou.

A líder informou a Reportagem que os alimentos são doados pelos moradores, e a água é fornecida de uma empresa que fica em frente ao terreno que o movimento ocupa. De acordo com Vanessa já está marcada uma reunião com o prefeito Evilásio Farias na próxima segunda-feira e também com os vereadores na Câmara da cidade na terça para retirada da moção de apoio ao movimento.

Essa é a segunda vez que o MTST ocupa a área. Em 2005 o movimento ficou no local por cerca de oito meses, até que a justiça ordenasse a reintegração de posse para o proprietário.





Débora Ferreira

Olá meus caros! Em primeiro lugar gostaria de exaltar minha profunda admiração pelo movimento, do qual também já fiz parte e reconheço sua importancia. Em segundo gostaria,que se possivél o senhor Guilherme Boulos,me passase seu e_mail,pois desejo fazer meu trabalho de conclusão de curso em torna dá liderança do MTST,mas além disto levar as pessoas o conhecimento real do que é este movimento,afim de conseguirmos um apoio maior da sociedade. Desde já agradeço e espero anciosa a resposta.

15/05/2017

Embu Country Fest começa na quarta-feira com diversidade musical

Organizado pela A Luz Eventos, o Embu Country Fest, festival sertanejo que acontece em Embu das...

10/05/2017

Taboão da Serra recebe Circuito Sesc de Artes no sábado, 13

Uma parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Taboão da Serra e o Sesc...

08/05/2017

Bombeiros de Itapecerica resgatam cadela que caiu em um buraco em Juquitiba

Integrantes do corpo de bombeiro de Itapecerica da Serra fizeram um resgate inusitado e perigoso...

08/05/2017

Vândalos voltam a agir e ateiam fogo no Galpão de Coleta Seletiva em Itapecerica

Vândalos voltaram a agir durante a madrugada desta segunda-feira (08). Moradores da Avenida dos...

05/05/2017

Câmara de Taboão da Serra abrirá concurso público para 25 vagas

A Câmara Municipal de Taboão da Serra abriu o concurso público para o preenchimento de 25 vagas,...

04/05/2017

Vereador apresentará palestra sobre mercado de trabalho em Embu

Desde 2014 o Brasil passa por uma crise econômica muito densa, e assim as empresas buscam...

01/05/2017

Corrida do Trabalhador agita periferia de Taboão e têm novos campeões

A 12ª edição da “Corrida do Trabalhador” realizada nesta segunda-feira (1) agitou mais uma vez...

01/05/2017

Aluna taboanense escreve sobre palestra da editora do Jornal na Net

Quando fiquei sabendo que viria uma jornalista para a nossa escola em convite da minha...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

24/05/2017

Começa a obra de reconstrução do muro da Escola Estadual Antônio Ruy Cardoso

Após aprovada por unanimidade na Câmera de Vereadores, a reconstrução do muro da Escola Estadual...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

24/05/2017

Eduardo Nóbrega comemora aprovação das contas da Câmara de 2013 pelo TCE

O Tribunal de Contas de São Paulo (TCE) aprovou nesta terça-feira, 23, as contas da Câmara...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.