Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Medo e toque de recolher marcam a noite desta segunda em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 30/10/2012

hugo_abud450

Hugo Abud - FacebookFoto tirada por morador da cidade mostra rua da delegacia fechada 

A noite desta segunda-feira foi tensa em Taboão da Serra. O clima de insegurança predominante desde os assassinatos em série ocorridos na cidade, relembre aqui e aqui, ficou pior depois que vários bairros receberam ordem de uma facção criminosa impondo toque de recolher aos estabelecimentos comerciais. As ruas de Taboão ficaram desertas em função do toque de recolher. Leia mais informações no Blog Bar e Lanches.  

Em vários locais houve notícia de que um motoqueiro estaria avisando aos proprietários de estabelecimentos comerciais que seria preciso encerrar as atividades às 22 horas, mesmo procedimento utilizado anteriormente nas cidades da região metropolitana vítimas do toque de recolher.  A notícia do toque de recolher se espalhou rapidamente em Taboão da Serra, deixando as ruas desertas e os moradores com medo.

Diversas escolas também encerram suas atividades mais cedo temendo pela segurança dos alunos e professores. 

As informações iniciais indicam que o toque de recolher seria uma resposta à operação feita pela Polícia Militar na favela de Paraisópolis. Por causa da ação policial um dos líderes de um grupo criminoso acabou sendo preso em Taboão da Serra. 

Desde o assassinato de um policial em Taboão da Serra no começo de outubro está sendo travada uma guerra sangrenta entre polícia e criminosos ligados a uma facção da cidade. Ao todo 125 pessoas foram brutalmente assassinadas desde então. Não há por parte das autoridades de segurança do estado um posicionamento capaz de sinalizar quando essa guerra terá fim. 

Pelo Facebook os moradores da cidade relataram o clima de medo predominante. Uma foto postada por um morador mostra a rua da delegacia central de Taboão fechada. 

Secretário de Segurança Pública nega toque de recolher em SP


O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Antônio Ferreira Pinto, disse nesta terça-feira (30) que não há toque de recolher decretado por criminosos na capital paulista. "Se tiverem, são boatos", disse. Ferreira Pinto relacionou os relatos a pessoas mal intencionadas no período eleitoral e disse que comerciantes podem ter optado por fechar portas por "questões subjetivas".

"Não tem toque de recolher em lugar algum. São pessoas mal intencionadas, ainda mais no período eleitoral. Espero isso aí agora cesse, agora acabando toda essa celeuma, essa disputa eleitoral, que cesse essa forma tendenciosa que algumas pessoas aproveitam o momento espalhando preocupação indevida para a população”, disse.

Também comandante-geral da Polícia Militar, Roberval França, disse que todos esses boatos foram verificados pela PM e nenhum foi comprovado como toque de recolher. Ele admitiu que algumas pessoas podem ter fechado as portas por medo de relatos que circulam nas redes sociais.

Com informações do G1

10º

Jean

A GCM do embu é muito bem preparada ... Os caras não tem medo parabéns podiam trazer alguns de lá... ai a tal ROMU aqui pelo visto ta com medo uma pena mesmo, agora os moradores tem que ser oprimidos ..

anonimo

se engana quem acha que esse tal de toque de recolher não chegou a embu, e ao contrario do taboão da serra, o toque não foi dado por banidos, e sim pela PM! quem é o bandido nessa historia???

Marcelo

... pena que vocês não tenham uma Guarda Municipal tão eficiente como a de Embu das Artes. Milagre a Guarda De Taboão não ter fechado a rua de novo da base do PQ. Pinheiros ao lado da pista de skate. Se eles tem medo, vamos fazer um consórcio epor a GCM de Embu pra trabalhar em Taboão, nunca ví GCM de Embu ficar com medinho e trancar ruas!

Donizete José Barbosa

Sinto decepcionar os que acham que tratava-se apenas de um "boato", ocorreram mortes e atentados na região do Guaraú, Jd. Monte Alegre, Pazzine e Favela do Gelo. Tiros foram disparados a esmo, o problema se concentrou num outro extremo de nossa cidade. Há uma guerra eminente, só estamos vendo a ponta do iceberg, tem muito mais podridão neste cálice que poderá transbordar e o sangue invadir os lares de ricos e pobres sem distinção. Se o poder público não tem competência ou vontade para solucionar esta questão, não será o outro lado que irá hastear a bandeira branca. Enquanto isso vamos nos protegendo cada um a sua maneira e esperando por um milagre.

Ariel Souza

Chegeui em casa por volta de meia noite e meia no tão citado CSU.Estava pilotando motoclicleta. Noite quente, Lua cheia e ruas desertas, uma maravilha de tranquilidade sem ter que me preocupar com motoristas bebados.Só não fiz novas fotos astronomicas devido ao nivel de névoa na atmosfera. Nesse ponto esse boato foi uma beleza. O comentário número 3, do Hugo Abud, resume tudo.

Douglas

Malhei normalmente ontem no Pirajuçara, e o povo tava todo na rua, os comércios todos abertos, Pra mim é só um boato, pior é essa imprensa que divulga notas sobre "especulação"

Wagner

As pessoas se intimidam com um suposto "toque de recolher" na cidade, que pode não ter passado de uma lenda urbana. Ficando em casa estaremos divulgando ainda mais a atuação destes criminosos!

Hugo Abud

As informações chegam instantaneamente pelas redes sociais. A situação não tá boa e a policia não pode enfrentar bandido com fuzil sem investir em armamento e inteligência. Está sendo discutido pela imprensa e nas redes sociais que questões partidárias e o interesse nas eleições são um dos motivos para estes ataques. O que não acredito. E acho extremamente absurda atribuir a partidos políticos e interesses eleitorais estes ataques contra a polícia e o terrorismo. A culpa disso tudo se deve principalmente a ineficiência do Estado no combate ao crime, no sucateamento da polícia, o não investimento em inteligência na Polícia Civil, e claro, e não menos pior, a corrupção na polícia que destrói qualquer iniciativa de combate ao crime organizado. Acho que o que está em jogo não são partidos, e sim políticas para que essas coisas não aconteçam... Lembra em 2006 quando o indulto de dia das mães deu o maior rebuliço? Tudo por causa da repressão, reprimir não é a solução, e agora está repetindo isso tudo de novo. O sucateamento do serviço público tem sido uma constante e é uma tendência dos governantes em sucatear. O Estado não quer contratar, prefere terceirizar tudo, ou entregar para organizações sociais corruptas (não que as sérias não existem), logo a terceirização no serviço público é precário e deixa a desejar. A polícia não é mais inteligente, hoje ela é burra e tem medo de atuar, mas não por culpa dos policiais, estes, são bravos guerreiros. Grandes mudanças devem acontecer de dentro para fora dos presídios, e não digo aqui para passar a mão na cabeça de bandido. Ninguém sabe os motivos que levaram a alguém roubar, o que não é justo é nivelar todos por baixo. Acredito que o Estado tem que manter as iniciativas educacionais dentro de presídios, mas investir em psicólogos e educadores separando grupos de presos de alta periculosidade com os que têm alguma chance de se redimir do crime. É uma construção de educação social e prisional, cabe ao Estado educa-los lá dentro para quando sair encontrar profissão, sustentar sua família e ter novas oportunidades, enxergar uma luz no final do túnel. Tem que trabalhar e educar! Só porrada não adianta, porque quando ele sair da cadeia ele vai projetar aquilo que o Estado fez com ele lá dentro. Têm criminosos que realmente não tem jeito, estes tem que mofar na cadeia. Educar, investir em cultura, não reprimir manifestações sociais e culturais é que grandes mudanças vão acontecer. E claro, a desigualdade, enquanto houver desigualdade da forma que é vai ser cada vez mais difícil controlar o crime organizado.

fabio

O Estado perdeu o controle da situação !!!

Arney

Nossa!!! PARECE ATÉ MÚSICA DO RACIONAIS! Esse "PARTIDO" é atuante!

21/06/2017

Polícia Militar vai dobrar quantidade de motos da Rocam em Taboão e Embu

Desde o dia 8 de junho o tenente-coronel PM Marcos Vitiello assumiu o comando do 36º Batalhão de...

20/06/2017

Força Tática vai voltar a atuar em Taboão, Embu e Itapecerica da Serra

Sete meses após deixar os municípios de Taboão, Embu das Artes e Itapecerica da Serra a Força...

18/06/2017

Tapetes de Corpus Christi encantam fiéis nas ruas de Itapecerica, Taboão e Embu

Emoção, fé e muito trabalho marcaram o feriado de Corpus Christi nos municípios de Taboão da...

18/06/2017

Estado tem 1.034 vagas para Agente de Segurança Penitenciária

Quem quiser trabalhar como Agente de Segurança Penitenciária pode se inscrever até o dia 1° de...

16/06/2017

Polícia Civil de São Paulo tem aumento no déficit de agentes

As contratações realizadas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) no último mês de maio não...

01/06/2017

Concurso da Câmara de Taboão encerra inscrições nesta sexta-feira, 2

A Câmara Municipal de Taboão da Serra encerra nesta sexta-feira, 2, as inscrições de seu...

29/05/2017

Diário Oficial de São Paulo será publicado exclusivamente em versão digital

Seguindo uma tendência do mercado global e caminhando em direção a um futuro moderno e...

29/05/2017

Vinttage Music Bar & Restaurante agora é point de Stand Up em Taboão

Estreia na próxima terça-feira, 30/05, a partir das 20h, no Vinttage Music Bar & Restaurante,...

26/05/2017

Palestra marca encerramento da Semana da Enfermagem de Taboão

A Secretaria de Saúde de Taboão da Serra promoveu na sexta-feira, 19 de maio, um encontro de...

24/05/2017

Shows adiados do Embu Country Fest acontecem neste fim de semana

Na sexta-feira, dia 26, acontecem os shows de MC Kevinho, Ricardo Ozcar e do embaixador do...

23/06/2017

Vereadores de Itapecerica pedem criação de 3º Companhia da PM

A segurança pública vem sendo tema frequente durante as sessões na Câmara Municipal de...

23/06/2017

Inverno chegou, vai fazer frio, mas temperaturas estarão na média

E o frio chegou, o inverno começou as 01h24 desta quarta-feira (21), para quem gosta de frio já...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.