Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Veículo apreendido vai para pátio ilegal de ex-PM em Embu das Artes

Por Edimon Teixeira | 23/10/2012

delegacia_2

Arquivo Jornal na NetPolícia Civil e corregedoria da PM investigam o caso

Instalado em um terreno particular na divisa de Embu das Artes com Cotia, um pátio clandestino de um ex-soldado da Polícia Militar abriga ao relento centenas de carros apreendidos e desviados ilegalmente de um depósito da Polícia Civil. As informações são da edição desta segunda-feira (22), do Jornal Folha de S.Paulo.

De acordo coma publicação, a polícia diz não saber da existência do pátio clandestino. A Corregedoria vai investigar o caso. O ex-PM afirmou que transferiu os carros por sua "conta e risco". Na tarde da última quarta-feira, a reportagem encontrou nes­se pátio cerca de 300 carros, vários deles sem capô, porta, banco e até motor. O local não tem cobertura.

A reportagem teve acesso a boletins de ocorrência referentes a 13 desses veículos, que foram apreendidos entre fevereiro de 2010 e março deste ano por delegacias das zonas sul e oeste da capital. Osmar Ananias da Silva, 50, é o dono do pátio. As prefeituras de Cotia e Embu das Artes informaram que o ex-PM não tem licença para operar o pátio na divisa entre as duas cidades.

Ele mesmo diz não ter nenhum documento que ateste a regularização da atividade - só um contrato de locação. A existência desse pátio re­vela duas irregularidades: o fato de que um dono de depósito desviou veículos sem comunicar a polícia e que parte das delegacias da capital não sabe onde estão os carros que apreende.

A polícia vai apurar se o pátio foi usado como des­manche de carros; e se o ex-PM e policiais civis se apropriaram indevidamente de peças para revenda ilegal. Parte dos carros são veícu­los recuperados de furtos ou roubos. Se os veículos tiverem sido depenados, o ex-PM pode responder por furto.

Silva foi expulso da PM em 1993, segundo a corporação, que não explicou o motivo. Ele diz que saiu da PM para "ter uma vida melhor". Silva afirma que a polícia não sabe que ele transferiu carros apreendidos para um depósito ilegal. "Estão lá por minha conta e risco." Diz que vai regularizar a situação.

De acordo com o ex-soldado da PM, ele possui um depósito com autorização para receber veículos apreendidos pela polícia em Embu das Artes, mas, como o local está lotado, transferiu os carros para o pátio clandestino.

edmilson

Tambem tive um carro aprendido nesse patio e e ficou do dia 23 /12 2013 á 06/01 2014 E lá deicharam o carrão todo abre e tomando sol e chuva e estragou forros de porta e encheu o de água por dentro E você paga e quando pede a nota fiscal não te dão E quando pedi as fotos que ele dizem que tiram pra eu poder entrar compedido de reparo do carro eles me deixaram mais de duas horas esperando e não me deram fotos nenhumas quê se eu quisese que tenta se correr a traz que não adiantaria nada que eu só ia perder meu tempo

Cesão

Meu carro foi para o pátio o ano passado com documentação em dia fui ao Detran de Embu para retirar no mesmo dia River que pagar 3 dias de pátio e um valor absurdo de guincho 280,00 de guincho e 400,00 de Pátio e retirei no mesmo dia, eu pergunto a corregedoria tem alguma coisa escrito na lei que tenho que pagar esse valor??? Ta na hora de investigar a polícia e o do dono desse pátio participar,

Dernival Silva

Meu carro foi removido, devido amassado na porta do motorista disse: mal estado de conservação Outro motivo : Eu estava renovando a carta, pois estava com o protocolo, mas sem chance P A T I O. Não me deram chance de ligar para um abilitado me ajudar, pois disseram que o comando já estava no fim....

wagner

meu carro foi furtado em setembro de 2015 o ladrão bateu em outro carro,eu fui fazer um boletin de ocorrencia não consegui por que o carro não estava em meu nome,e já tinha um feito pelo pessoa que recebeu a batida,foi com som e tudo não tirei nada.não sei quanto tempo leva para ir a leilão,só sobrou documento e recibo em mãos.sera que pode ta entre um desses.é tão dificil conquista as coisas.

reinaldo

A policia ta cheio de vagabundo essa e a verdade

Manoel

É o meu foi apreendido todo em dias só eu tava sem habilitação,era pra aplicarem a multa um motorista habilitado retirar o carro e eles não aceitam e ainda mais com 5 dias que o carro foi apreendido eu fui com dinheiro pra retirar eles falaram que o documento não tava lar.e ate hoje ta preso porque o dinheiro que eles cobra do patio é mais que o valor do carro que era meu único ganha pão,sem falar que a habilitação gente pobre não consegue tirar é outra corrupção é um absurdo.

Anderson

O pior é que tem alguns policiais que parecem que ganham comissão para aprender veículos e mandarem pra lá, nessa última quarta feira dia 23/12/2015, tive meu veículo apreendido por uns policiais na base do santa Teresa embu das artes, isso com os documentos em dia, os polícias testaram até mesmo o sistema elétrico do meu carro vendo que não teria motivos legais para apreensão disseram que meu veículo está em mal estado de conservação e com a placa ilegível, enviaram meu carro para o pátio máster, com tanto criminoso e políticos corruptos na nossa cidade ele ainda insistem em prejudicar o cidadão.

Claudio Dias

A irregularidade a ser apurada não deve restringir-se tão somente na questão das transferências ilegais dos carros, até mesmo pela sua ilegalidade de operação junto aos órgãos competentes. Más, também, deverá, ser apurado os danos ambientais no terreno, tendo em vista a precariedade das instalações inadequadas à este tipo de atividade, onde se concentra-se ácidos de baterias, gasolina e diesel expostos diretamente ao solo e consequentemente por capilaridade podem estar contaminando os lençóis d' água subterrâneos, o que caracteriza-se como crime ambiental

Jesus

Que pais é esseeeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!

19/04/2017

Polícia apreende carro com placa adulterada em Embu

Policias do CGP suspeitaram de um individuo que estava em um veiculo Celta de cor vermelha. Ao...

19/04/2017

Mulher é presa efetuando compras com cartão clonado em Taboão

Policiais conseguiram efetuar a prisão de uma mulher que efetuava compras com cartão clonado em...

17/04/2017

Sucateamento da Polícia Civil é constatado nas Seccionais da região

A Diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo esta promovendo uma...

12/04/2017

Prefeitura lacra asilo clandestino onde idoso morreu em Taboão

Depois da morte de um idoso e a remoção de outros seis de um asilo clandestino localizado na Rua...

12/04/2017

Policiais encontram armas e munições em carro abandonado em Itapecerica

 

Policiais do 25º BPM conseguiram aprender duas armas que estavam dentro de um carro...

11/04/2017

GCM acha idoso morto e outros 6 em cárcere privado num abrigo clandestino

Após ouvirem gritos de socorro e pedidos de ajuda vizinhos de um imóvel localizado na rua...

11/04/2017

PM prende homem que realizava roubos em Taboão com simulacro de pistola

Policiais militares conseguiram prender na tarde desta terça-feira (11), um individuo que...

11/04/2017

PRF troca tiros e prende criminosos em veículo roubado na Régis

A Polícia Rodoviária Federal prendeu dois criminosos na tarde desta segunda-feira, em São...

10/04/2017

PRF recupera carga de aço avaliada em R$ 3 Milhões na Régis

Policiais da PRF conseguiram recuperar na Régis, uma carga de aço que havia sido roubada no...

22/04/2017

Câmara aprova requerimento contra demora na reconstrução do muro

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão da terça-feira, 18,...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

22/04/2017

Engenheiro  desaparecido em Itapecerica da Serra é localizado em Curitiba

O engenheiro Cláudio Silvestre Rodrigues, morador de Itapecerica da Serra, que estava...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.