Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Onda de assassinatos deixa moradores de Taboão com medo e em alerta

Por | 10/10/2012

homem

Rafael RezendeHomem morre e fica pendurado em lança de portão, após ataque na rua Tereza Montez Sanches

A onda de assassinatos que culminou na morte de oito pessoas, uma delas um policial militar entre a noite de segunda e madrugada de terça-feira nas cidades de Taboão da Serra e Embu das Artes – relembre aqui – deixa os moradores em alerta para a possibilidade de novos ataques, com medo e vigiantes sempre que precisam sair de suas residências. As mortes foram um dos principais assuntos entre os moradores.

Boatos de que a cidade de Taboão estava com toque de recolher, devido ao policiamento ter sido reforçado desde à tarde da última terça, de acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, Roberval França, e que um veículo Ômega Preto com quatro homens fortemente armados, em seu interior tinham acabado de matar uma pessoa no Jardim Saporito foram divulgados e causou pânico nos moradores.

De acordo com o delegado, Gilson Leite Campinas, os crimes aconteceram em locais específicos, motivo pela qual não é para a população ficar preocupada com isso. “A polícia está empenhada para tentar esclarecer os casos, o mais rápido possível”, frisou ele.

Os assassinatos também repercutiram na rede social Facebook. Frases como “queremos paz e mais segurança” e “todo o cuidado é pouco” foram compartilhadas entre os moradores e reforçou a necessidade de um policiamento mais efetivo para garantir a sensação de segurança nos bairros.

As mortes de policiais, em horário de folga, possivelmente praticadas por integrantes de uma facção criminosa também é assunto abordado entre os freqüentadores do Facebook. Depois de tantos casos registrados, entre eles de um policial civil de Juquitiba – relembre aqui - e do PM, morto em Taboão, as pessoas da rede social compartilharam dizerem como: Desde janeiro policiais são assassinados em São Paulo. Basta!

A frase veio acompanhada do brasão da PM com sangue e cobrança da população para que alguma manifestação seja realizada, para pedir um basta à violência e do governo do estado de SP, para que os assassinatos não ocorram mais e uma atitude definitiva seja tomada.

Homem esfaqueado

Leitores do Jornal na Net relatam a reportagem, na manhã desta quarta (10), que um homem foi esfaqueado próximo ao ponto do Jardim Pinheirinho, bairro da cidade de Embu das Artes, que faz divisa com Itapecerica da Serra. Ele estava com ferimentos no peito e pescoço e sangrava muito.

De acordo com informações ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiro que passava pelo local. "Que horror. Até onde vamos chegar com tanta violência. Estamos com muito medo", desabafou uma das leitoras.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.