Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Caminhoneiros que transportam concreto reivindicam por serviço em Itapecerica

Por | 9/10/2012

reivindicacao1

Karen SantiagoCaminhões estão parados em campo a 15 dias, aproximadamente

Por volta de 50 motoristas de caminhões que transportam concreto de uma empresa na Pedreira, em Itapecerica da Serra reivindicaram durante toda a manhã e início da tarde desta terça-feira, dia 9, pelo aumento do volume de serviço, que diminuiu, segundo eles há mais de 15 dias. De acordo com eles, a diminuição se deu pela monopolização do transporte, após contrato da empresa feito com outra transportadora, a Eli Mar.

“Enquanto eles transportam o concreto, estamos parados [com os caminhões] neste campo de futebol. Essa situação é a mesma há quinze dias. Somos pais de família e temos filhos, precisamos trabalhar, mas para que isso aconteça precisa ter o aumento do volume de serviço”, desabafou um dos caminhoneiros que preferiu não se identificaram.

Ele disse ainda que a manifestação foi pacífica durante toda a manhã e início da tarde na Estrada Abias da Silva (embaixo da linha do trem). Os caminhoneiros pedem que alguma atitude da empresa seja tomada para que a situação se resolva. “Pedimos também explicações”, frisou. De acordo com ele, uma reunião com os diretores da empresa já foi marcada para quarta-feira.

Os caminhoneiros contaram que para continuar trabalhando até fizeram uma proposta de reduzir o frete para dois reais à tonelada por viagem [a nova empresa chega a fazer a tonelada por R$ 12,50], mas mesmo assim não tem a possibilidade de realizarem seus serviços. Alguns motoristas, já chegaram até a sair da empresa, para procurar outro emprego.

A reportagem constatou em passagem pelo local, que enquanto muitos caminhões ficam estacionados no campo de futebol os outros, da transportadora contratada fazem fila em frente à empresa para carregarem o concreto. Tentamos contato telefônico com algum responsável pela empresa, mas até o fechamento da matéria não conseguimos retorno.

reivindicacao

Caminhões estacionados da outra transportadora


21/06/2018

Corpo aguarda identificação no IML para não ser sepultado como indigente

O corpo de um homem que foi assassinado na última sexta-feira (15) em Juquitiba está sem...

18/06/2018

Itapecerica é apontada como o 2º município mais violento do estado de São Paulo

A cidade de Itapecerica da Serra foi apontada como o segundo município mais violento do estado...

15/06/2018

Petrobras anuncia queda no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) uma queda de 0,89% no preço da gasolina comercializada em suas...

15/06/2018

Etanol está quase mais caro, mesmo com produção maior

 

 

Alternativa mais barata à gasolina, o etanol também está pesando mais no bolso na hora de...

13/06/2018

Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bilhões para a economia

Os dez dias de greve dos caminhoneiros custarão R$ 15 bilhões para a economia, o equivalente a...

05/06/2018

Homicídios atingem 62,5 mil casos e têm maior nível em 10 anos no país

O índice de homicídios no Brasil em 2016 atingiu a marca de 30,3 para cada 100 mil habitantes,...

24/05/2018

Procon de Itapecerica multou posto acusado de vender combustíveis com preços abu

O Procon de Itapecerica da Serra multou o posto de gasolina que estava vendendo gasolina a R$...

24/05/2018

Em Taboão, Café Sensorial promove protagonismo de pessoas com deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

21/06/2018

Corpo aguarda identificação no IML para não ser sepultado como indigente

O corpo de um homem que foi assassinado na última sexta-feira (15) em Juquitiba está sem...

21/06/2018

Educadores participam de reunião pedagógica do Projeto Escola Arteris

O Projeto Escola e o Programa Viva Meio Ambiente, desenvolvidos pela Arteris Régis...

21/06/2018

Homem é preso após efetuar disparos para o alto em Taboão da Serra

Um homem foi preso em flagrante no último domingo (17), após efetuar disparos para o alto na...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.