Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia investiga se PM matou oito pessoas após assassinato de policial

Por Karen Santiago | 9/10/2012

dp

Arquivo Jornal na NetA morte de cinco pessoas foram registradas na Delegacia da Cidade

A Polícia Civil e a Corregedoria da Polícia Militar investigam se policiais militares estão envolvidos nas mortes de oito pessoas, entre elas José Francisco com passagem pela justiça por porte de entorpecente e na tentativa de assassinato de outras seis vítimas entre a noite desta segunda (8) e a madrugada desta terça-feira (9) na cidade de Taboão da Serra e duas em Embu das Artes. As mortes aconteceram cinco horas depois de um policial militar ser assassinado por pelo menos cinco em um posto de combustíveis na Estrada Kizaemon Takeuti, em frente ao supermercado Faixa Azul. Ele abastecia o veículo quando foi abordado por dois criminosos em uma moto.

Em Taboão seis pessoas morreram (incluindo o PM) e outras seis ficaram feridas. Já em Embu, dois acusados morreram ao tentarem fugir da polícia. Neste último caso, as características da motocicleta, apontam como a utilizada para assaltar e executar o PM, em um posto da Kizaemon Takeuti. A reportagem do Jornal na Net apurou que os cinco locais onde cinco pessoas foram mortas e outras seis ficaram feridas são conhecidos como pontos de tráfico de drogas. Três das seis vítimas que continuam internadas tinham passagem pela polícia. Marcelo dos Anjos, Adenilton Silveira dos Santos já respondeu por roubo, formação de quadrilha ou bando e corrupção de menores e Lucas Barbosa – roubo tentado.

“Estamos investigando se existe ligação entre os seis casos [o PM morto, as cinco pessoas mortas e as outras seis feridas]. Há indícios de que pode ter havido execução em todos eles. A única coisa que sabemos é que essas cinco mortes ocorreram após o assassinato do policial militar no posto. As ações foram rápidas após a morte do policial. Por isso, não descartamos nenhuma hipótese. A polícia está investigando se policiais militares teriam participado dessas outras mortes e outras possibilidades”, disse o delegado Gilson Leite Campinas, titular do 1° DP de Taboão.

Ainda de acordo com o delegado os crimes aconteceram em locais específicos, motivo pela qual não é para a população ficar preocupada com isso. “A polícia está empenhada para tentar esclarecer os casos, o mais rápido possível”, frisou ele. Um inquérito será feito para cada vítima na Delegacia da cidade e pessoas que presenciaram os crimes e ainda familiares, podem ser ouvidos nas próximas horas.

Imagens de monitoramento do posto foram requeridas pela polícia para a investigação, onde o policial foi morto para saber se elas gravaram a ação dos criminosos. Após a morte do soldado, policiais militares mataram dois homens em uma motocicleta com as mesmas características da usada na morte do PM, na rua Babilônia em Embu das Artes. O caso do policial morto no posto e dos dois suspeitos mortos por policiais militares em Embu será investigado pelo DHPP.

Mortes e feridos

A dupla morta por policiais das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam) não respeitou a ordem de parada, atiraram contra a polícia e em perseguição foram alvejados por tiros. Um dos suspeitos, identificado como Rodrigo Neves de Oliveira, morreu no local, o outro ainda foi levado para o pronto-socorro da Antena, mas também não resistiu. Nenhum policial ficou ferido.

No início da madrugada desta quarta, à 0h10, duas pessoas foram atacadas quando estavam conversando em frente à casa de uma delas, na Rua Sati Nakamura, no bairro São Judas, em Taboão. Um ajudante geral foi baleado no pé e um outro ajudante também, se machucou ao tentar se proteger. Eles contaram em seus depoimentos, após serem socorridos ao PS Antena, que viram um carro Fiat Stillo cinza, com vidros escuros, se aproximar com pessoas dentro atirando sem dizer nada e depois fugiram.

Por volta da 1h31 desta quarta, duas pessoas foram mortas e outras duas ficaram feridas na Rua Nicolau Gentili, também em Taboão. Fábio Julião Santos, que seria irmão de um policial militar, e José Francisco Gomes Miguel, foram baleados após um carro passar pelo local e atirar. Os dois sobreviventes, Camila Monteiro e Thiago Marques Vidal, foram feridos e estão internados, ela no Hospital Geral de Itapecerica e ele no Hospital Geral do Pirajuçara. Eles não tem passagem pela polícia.

Na seqüência, por volta das 2h20, um vendedor foi morto a tiros e três pessoas ficaram feridas num ataque cometido por homens dentro de um carro, na Rua Tereza Montez Sanches, no Jardim Mitusi. A vítima fatal Fernando Pereira de Melo, durante o ataque ficou pendurado em uma lança no portão. Neste local, a perícia da Polícia Técnico Científica apreendeu seis cápsulas de pistola .40, mesmo calibre usado por policiais militares.

Mais dois corpos, identificados como sendo de Alex Sandro Pereira e de Ricardo Evangelista Pereira foram encontrados pela guarda municipal, por volta das 2h26, na Rua João Antonio da Fonseca, no Parque Pinheiros.

Nota da imprensa da Prefeitura

Em consequência do ato de violência ocorrido nessa madrugada, o Dr. Sergio Silva, diretor clínico do Pronto Socorro Antena, informa que o hospital acolheu sete pessoas, sendo três em óbito e quatro feridos.

Em virtude da gravidade dos ferimentos, três foram imediatamente transferidos para o Hospital Geral Pirajuçara e um para o Hospital Geral de Itapecerica da Serra.

Veja fotos do repórter Rafael Rezende

foto

Posto onde policial foi morto

foto1

Rua Babilônia onde os dois acusados foram mortos

foto3

Rua Nicolau Gentilli onde irmão de PM e outra pessoa foram mortos

foto2

Homem morto pendurado na lança do portão na rua Tereza Montez Sanches

foto4

Bombeiro em resgate a uma das pessoas feridas na rua Tereza Montez Saches


11º

Aline leite

Hj lendo e relendo do isso meu peito apertado choro pois nesse dia 8 q tdo aconteceu se foi o PM que eu mais admirava era minha inspiração que até hj amo está no meu coração (Hélio Miguel)eu sempre vou te amar que Deus tenha te colocado em ótimo e belo lugar

10º

silva

sinto vergonha dessa imprensa tendenciosa que existe em nosso país, ao invés de estar preoculpada com as mortes dos policiais que está acontecendo com frequencia em sao paulo, está querendo induzir todo o país a colocar a culpa nos policiais pelas mortes dos criminosos; realmente a globo e Sbt apresentam reportagem com jornalistas tendenciosos, os policiais foram mortos aí e ninguém comenta nada em defesa dos policiais e suas famílias. Não sei se foram eles que fizeram a limpeza destes criminosos, mas se foram, parabéns para os hérois da sociedade pulistana. Bandido tem que morrer mesmo doa em quem doer.

silva

sinto vergonha dessa imprensa tendenciosa que existe em nosso país, ao invés de estar preoculpada com as mortes dos policiais que está acontecendo com frequencia em sao paulo, está querendo induzir todo o país a colocar a culpa nos policiais pelas mortes dos criminosos; realmente a globo e Sbt apresentam reportagem com jornalistas tendenciosos, os policiais foram mortos aí e ninguém comenta nada em defesa dos policiais e suas famílias. Não sei se foram eles que fizeram a limpeza destes criminosos, mas se foram, parabéns para os hérois da sociedade pulistana. Bandido tem que morrer mesmo doa em quem doer.

Ed

Esses bandos que ñ tem o q.fazer!!! a ñ ser falar da vida do outros,falam mau por que ñ eram filhos deles que estavam nas ruas fora de hora.pois bem tinha gente rui e tinha gente boa...esses covardes que fizeram esses massacres tá mais do que na cara que eram P...M,Que nessas alturas se iguala a marginais pois a população hoje tem medo de sair para as ruas.

sandra lima

temos que ter o cuidado de não cometer um erro de juízo...não podemos defender este estado de vingança e justiça fora do estado constituído...e não podemos ficar a mercê de bandidos que aterrorizam a sociedade...porisso é necessário que o poder publico se posicione firmemente a favor da ordem e dos direitos dos cidadãos...

Victor

Grupos de exterminio ja sao conhecidos há muito tempo... e sinceramente a policia inteira deveria ser um grupo assim... matar bandido deveria ser referencia nacional! Ai de repente vem o tal grupo dos direitos humanos e diz que não é assim que se resolve as coisas, quero ver quando um deles tomar chuva de tiros qual vai ser a resposta dada! Nao se sabe ainda se tudo tem relação, mas se tiver... PARABENS AOS HEROIS DA CIDADE que mais uma vez tiraram essa sujeira das ruas e finalmente da terra. Deus que perdoe as minhas palavras mas esses safados nao fazem falta alguma à sociedade! Fato

nilmar.soouza@hotmail.com

muitos estão querendo saber so dos policias mais ninguem parou pra pensar que no meio dessa guerra gente que não tinha nada a ver moreu por causa da iguinorancia de policiai

Marcos

Vejo que todos tinham "perfil de trabalhador" assim como eu que trabalho e todo dia fico até 2:30 da madrugada em rodinhas na rua. Se todo mundo era inocente e trabalhador por qual motivo estavam a esta hora na rua, e sabendo que a cidade é perigosa não é de hoje, levando em conta que assaltos são constantes e que houve mais de 30 assassinatos este ano.

.....

Que absurdo esta corregedoria de policia vai ivestigar se a policia abusou meu poupem como disse acima porcaria de pais porque nao vai investigar estes bandidos.....que tranqueira de pais

Jeff

Pqp!!! Ninguém fala em investigar sobre a execução dos policiais...agora se preocupam com quem fez o favor de mandar pró inferno um bando de trastes?! Cada vez mais da desânimo de viver nessa porcaria de país ondetodos os valores foram inversos. Essa imprensa porca e tendenciosa. Vivemos numa verdadeira "latrina democrática de direito".

antonio luiz pereira

o que nós simples cidadãos vamos dizer? ou pensar? essas coisas acontencem num espaço entre a policia e a parte da sociedade obscura com nuances próprias que desconhecemos.

19/04/2017

Polícia apreende carro com placa adulterada em Embu

Policias do CGP suspeitaram de um individuo que estava em um veiculo Celta de cor vermelha. Ao...

19/04/2017

Mulher é presa efetuando compras com cartão clonado em Taboão

Policiais conseguiram efetuar a prisão de uma mulher que efetuava compras com cartão clonado em...

17/04/2017

Sucateamento da Polícia Civil é constatado nas Seccionais da região

A Diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo esta promovendo uma...

12/04/2017

Prefeitura lacra asilo clandestino onde idoso morreu em Taboão

Depois da morte de um idoso e a remoção de outros seis de um asilo clandestino localizado na Rua...

12/04/2017

Policiais encontram armas e munições em carro abandonado em Itapecerica

 

Policiais do 25º BPM conseguiram aprender duas armas que estavam dentro de um carro...

11/04/2017

GCM acha idoso morto e outros 6 em cárcere privado num abrigo clandestino

Após ouvirem gritos de socorro e pedidos de ajuda vizinhos de um imóvel localizado na rua...

11/04/2017

PM prende homem que realizava roubos em Taboão com simulacro de pistola

Policiais militares conseguiram prender na tarde desta terça-feira (11), um individuo que...

11/04/2017

PRF troca tiros e prende criminosos em veículo roubado na Régis

A Polícia Rodoviária Federal prendeu dois criminosos na tarde desta segunda-feira, em São...

10/04/2017

PRF recupera carga de aço avaliada em R$ 3 Milhões na Régis

Policiais da PRF conseguiram recuperar na Régis, uma carga de aço que havia sido roubada no...

22/04/2017

Câmara aprova requerimento contra demora na reconstrução do muro

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade, na sessão da terça-feira, 18,...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

22/04/2017

Engenheiro  desaparecido em Itapecerica da Serra é localizado em Curitiba

O engenheiro Cláudio Silvestre Rodrigues, morador de Itapecerica da Serra, que estava...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.