Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia investiga se PM matou oito pessoas após assassinato de policial

Por | 9/10/2012

dp

Arquivo Jornal na NetA morte de cinco pessoas foram registradas na Delegacia da Cidade

A Polícia Civil e a Corregedoria da Polícia Militar investigam se policiais militares estão envolvidos nas mortes de oito pessoas, entre elas José Francisco com passagem pela justiça por porte de entorpecente e na tentativa de assassinato de outras seis vítimas entre a noite desta segunda (8) e a madrugada desta terça-feira (9) na cidade de Taboão da Serra e duas em Embu das Artes. As mortes aconteceram cinco horas depois de um policial militar ser assassinado por pelo menos cinco em um posto de combustíveis na Estrada Kizaemon Takeuti, em frente ao supermercado Faixa Azul. Ele abastecia o veículo quando foi abordado por dois criminosos em uma moto.

Em Taboão seis pessoas morreram (incluindo o PM) e outras seis ficaram feridas. Já em Embu, dois acusados morreram ao tentarem fugir da polícia. Neste último caso, as características da motocicleta, apontam como a utilizada para assaltar e executar o PM, em um posto da Kizaemon Takeuti. A reportagem do Jornal na Net apurou que os cinco locais onde cinco pessoas foram mortas e outras seis ficaram feridas são conhecidos como pontos de tráfico de drogas. Três das seis vítimas que continuam internadas tinham passagem pela polícia. Marcelo dos Anjos, Adenilton Silveira dos Santos já respondeu por roubo, formação de quadrilha ou bando e corrupção de menores e Lucas Barbosa – roubo tentado.

“Estamos investigando se existe ligação entre os seis casos [o PM morto, as cinco pessoas mortas e as outras seis feridas]. Há indícios de que pode ter havido execução em todos eles. A única coisa que sabemos é que essas cinco mortes ocorreram após o assassinato do policial militar no posto. As ações foram rápidas após a morte do policial. Por isso, não descartamos nenhuma hipótese. A polícia está investigando se policiais militares teriam participado dessas outras mortes e outras possibilidades”, disse o delegado Gilson Leite Campinas, titular do 1° DP de Taboão.

Ainda de acordo com o delegado os crimes aconteceram em locais específicos, motivo pela qual não é para a população ficar preocupada com isso. “A polícia está empenhada para tentar esclarecer os casos, o mais rápido possível”, frisou ele. Um inquérito será feito para cada vítima na Delegacia da cidade e pessoas que presenciaram os crimes e ainda familiares, podem ser ouvidos nas próximas horas.

Imagens de monitoramento do posto foram requeridas pela polícia para a investigação, onde o policial foi morto para saber se elas gravaram a ação dos criminosos. Após a morte do soldado, policiais militares mataram dois homens em uma motocicleta com as mesmas características da usada na morte do PM, na rua Babilônia em Embu das Artes. O caso do policial morto no posto e dos dois suspeitos mortos por policiais militares em Embu será investigado pelo DHPP.

Mortes e feridos

A dupla morta por policiais das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (Rocam) não respeitou a ordem de parada, atiraram contra a polícia e em perseguição foram alvejados por tiros. Um dos suspeitos, identificado como Rodrigo Neves de Oliveira, morreu no local, o outro ainda foi levado para o pronto-socorro da Antena, mas também não resistiu. Nenhum policial ficou ferido.

No início da madrugada desta quarta, à 0h10, duas pessoas foram atacadas quando estavam conversando em frente à casa de uma delas, na Rua Sati Nakamura, no bairro São Judas, em Taboão. Um ajudante geral foi baleado no pé e um outro ajudante também, se machucou ao tentar se proteger. Eles contaram em seus depoimentos, após serem socorridos ao PS Antena, que viram um carro Fiat Stillo cinza, com vidros escuros, se aproximar com pessoas dentro atirando sem dizer nada e depois fugiram.

Por volta da 1h31 desta quarta, duas pessoas foram mortas e outras duas ficaram feridas na Rua Nicolau Gentili, também em Taboão. Fábio Julião Santos, que seria irmão de um policial militar, e José Francisco Gomes Miguel, foram baleados após um carro passar pelo local e atirar. Os dois sobreviventes, Camila Monteiro e Thiago Marques Vidal, foram feridos e estão internados, ela no Hospital Geral de Itapecerica e ele no Hospital Geral do Pirajuçara. Eles não tem passagem pela polícia.

Na seqüência, por volta das 2h20, um vendedor foi morto a tiros e três pessoas ficaram feridas num ataque cometido por homens dentro de um carro, na Rua Tereza Montez Sanches, no Jardim Mitusi. A vítima fatal Fernando Pereira de Melo, durante o ataque ficou pendurado em uma lança no portão. Neste local, a perícia da Polícia Técnico Científica apreendeu seis cápsulas de pistola .40, mesmo calibre usado por policiais militares.

Mais dois corpos, identificados como sendo de Alex Sandro Pereira e de Ricardo Evangelista Pereira foram encontrados pela guarda municipal, por volta das 2h26, na Rua João Antonio da Fonseca, no Parque Pinheiros.

Nota da imprensa da Prefeitura

Em consequência do ato de violência ocorrido nessa madrugada, o Dr. Sergio Silva, diretor clínico do Pronto Socorro Antena, informa que o hospital acolheu sete pessoas, sendo três em óbito e quatro feridos.

Em virtude da gravidade dos ferimentos, três foram imediatamente transferidos para o Hospital Geral Pirajuçara e um para o Hospital Geral de Itapecerica da Serra.

Veja fotos do repórter Rafael Rezende

foto

Posto onde policial foi morto

foto1

Rua Babilônia onde os dois acusados foram mortos

foto3

Rua Nicolau Gentilli onde irmão de PM e outra pessoa foram mortos

foto2

Homem morto pendurado na lança do portão na rua Tereza Montez Sanches

foto4

Bombeiro em resgate a uma das pessoas feridas na rua Tereza Montez Saches


16/10/2017

Homem quase decepa a cabeça da mulher com facão em Juquitiba

Maria de Fátima Pinto de Moraes de apenas 28 anos, foi brutalmente assassinada após ter cabeça...

14/10/2017

Dono de bar mata cliente com golpe de facão na nuca e fere ex-mulher em Taboão

Um crime absurdo deixou em choque os moradores da Vila Indiana, em Taboão da Serra, neste...

13/10/2017

PM recupera motocicleta roubada com ajuda de rastreador em Embu das Artes

Policiais do 36º BPM recuperaram na tarde desta sexta-feira (13), uma motocicleta que havia sido...

11/10/2017

Dono do Pátio de veículo de Embu vai responder em liberdade

João Gomes Netto, 67, proprietário do Pátio de veículos de Embu das Artes foi preso na noite...

11/10/2017

Equipe de Ronda Escolar apreende grande quantidade de drogas em Itapecerica

O Batalhão de polícia da Ronda Escolar conseguiu apreender na tarde desta quarta-feira (11), um...

09/10/2017

Pontos de ônibus de Itapecerica da Serra e Embu viram alvo de assaltantes

Moradores das cidades de Itapecerica da Serra e Embu das Artes reclamam dos constantes assaltos...

03/10/2017

PM prende acusados de roubar R$ 300 mil em aparelhos celulares da Casas Bahia

A Polícia Militar prendeu dois homens acusados de roubarem 225 celulares na manhã desta...

27/09/2017

PC prende dois traficantes com maconha, cocaína e lança-perfume em Taboão

Policiais da Delegacia de Investigação de entorpecentes efetuaram a prisão de dois traficantes...

27/09/2017

Operação Força Metropolitana acontecerá até às 22h em Taboão

Uma operação denominada “Força Metropolitana”, foi desencadeada na tarde desta quarta-feira...

26/09/2017

Seccional de Taboão desarticula quadrilha de tráfico que agia na região

A Delegacia Seccional de Taboão da Serra realiza desde as primeiras horas da manhã desta...

16/10/2017

Homem quase decepa a cabeça da mulher com facão em Juquitiba

Maria de Fátima Pinto de Moraes de apenas 28 anos, foi brutalmente assassinada após ter cabeça...

16/10/2017

Músicos do Futuro farão novo concerto na Câmara de Taboão nesta quarta, 18

A Orquestra Associação Músicos do Futuro (OAMF) fará novo concerto na Câmara Municipal de Taboão...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.