Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

SUS amplia lista de medicamentos ofertados

Por Outro autor | 6/10/2012

medicamentos450

DivulgaçãoPopulação terá mais medicamentos do SUS.

O Ministério da Saúde ampliou o elenco de medicamentos gratuitos ofertados no Sistema Único de Saúde (SUS). A pasta, por meio da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (Conitec), acrescentou dois novos produtos à Relação Nacional de Medicamentos (Rename): a Biotina, indicada para o tratamento de pessoas com deficiência de biotinidase (falta de vitamina H), e o Clobetasol, recomendado contra a doença de pele psoríase. A decisão está publicada nesta quinta-feira (4), no Diário Oficial da União. A expectativa é de que o impacto das inclusões no orçamento do ministério para assistência farmacêutica básica, para o próximo ano, seja de aproximadamente R$ 7 milhões.

“O processo de incorporações atende a prioridade do ministério de garantir a universalidade do acesso da população a medicamentos gratuitos. Com isso, reduzimos complicações decorrentes das patologias, possibilitamos a melhora de vida desses pacientes, e reduzimos gastos do governo com internações”, afirma o secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha.

PSORÍASE – A decisão da Conitec pela escolha do Clobetasol foi baseada em estudos a longo prazo com foco nos resultados sobre a efetividade e a segurança das tecnologias. Atualmente, no mercado, existem outros medicamentos usados para a doença, mas, segundo a Conitec, têm eficácia moderada, riscos altos de infecções e desenvolvimento de outras doenças graves, além de não apresentarem evidências comprovadas de eficácia em um longo período de uso.

Além do Clobetasol, o SUS disponibiliza, por oferta de algumas secretarias estaduais de saúde, outros quatro para o tratamento tópico: dexametasona, ácido salicílico, alcatrão e calcipotriol, que agem na melhora das lesões cutâneas.

Para os casos mais graves da doença – a artrite psoriásica –, o SUS também oferta outras opções de tratamento. Ao todo, são sete medicamentos, em 13 diferentes apresentações. São eles: adalimumabe, etanercepte, Infliximabe – financiados e comprados pelo MS – Ciclosporina, Metotrexato, Sulfassalazina – financiados e comprados pelos estados - e o leflunomida – financiado pelo MS e comprado pelos estados. 

No caso da Biotina, essa é a primeira opção de tratamento ofertado para pacientes com deficiência de vitamina H. Os sintomas, como perda de força muscular, sonolência, convulsões e falta de equilíbrio, são os sinais clínicos mais frequentes. Pelo tratamento, a vitamina Biotina pode reverter e evitar esses efeitos. Atualmente, estima-se que existam aproximadamente 3.200 pacientes no Brasil com essa doença.

Os dois medicamentos para essas doenças são novidade na rede pública de saúde. A incorporação é fruto de ação conjunta entre as secretarias de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE) e de Atenção à Saúde (SAS), que elaborou protocolos clínicos para orientar profissionais da saúde sobre a linha de cuidados e o tratamento adequado para essas doenças no SUS. Os documentos estiveram em consulta pública até o início deste mês. Após as contribuições, serão finalizados e publicados no Diário Oficial.

OUTRAS INCORPORAÇÕES – Além das duas incorporações, o SUS vai oferecer outros medicamentos para ampliar a linha de cuidados a três diferentes patologias. Serão incorporados pela rede pública os medicamentos Sildenafila para o tratamento de esclerose sistêmica, Tacrolimo para síndrome nefrótica primária, e Naproxeno para espondilite ancilosante.

AMPLIAÇÃO – O governo federal vem ampliando o número de medicamentos gratuitos ofertados pelo SUS à população. Desde 2010, o número de medicamentos ofertados cresceu 47%, saltando de 550 para 810, conforme a Conitec. Apenas este ano, dez medicamentos foram incorporados na Rename: Boceprevir (hepatite tipo C), Telaprevir (hepatite tipo C), Trastuzumabe (oncológico - câncer de mama), cinco biológicos para o tratamento da artrite reumatóide, além da Biotina e do Clobetasol. 

A lista inclui medicamentos da atenção básica, para doenças raras e complexas, insumos e vacinas. Além disso, 64 novas tecnologias estão em análise pela Conitec para possíveis incorporações e criações de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas.Informações sobre a incorporação destas e de outras tecnologias podem ser encontradas na página da Conitec, no portal do Ministério da Saúde. 

Leia Miranda

Se o governo ja disponibiliza uma gama diversa de medicamentos, de modo gratuito, entao pode-se tambem distribuir gratuitamente em farmacias e drogarias, medicamentos necessarios para pacientes neurologicos. Ha uma petiçao em andamento para ser encaminhada ao ministro da saude , solicitando a gratuidade na aquisiçao desses medicamentos. Assinem , pois eh de enorme valia para um numero imenso de pacientes com quadro neurologico. LINK para assinar a petiçao: http://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/medicamento-gratuito-para-pacientes-neurologicos-liberem-medicamentos-gratuitamente-em-farmacias-e-drogarias Faz-se necessario atingirmos 100 assinaturas para que a petiçao seja encaminhada ao ministro da saude. Entao, ajude-nos, por favor. ( Léia Miranda )

Rafael Figueira Tavares

Gostaria de saber se as pomadas serão fornecidas,tenho 3 tipos de psoríase.

26/06/2017

Cirurgia plástica no inverno traz benefícios que vão do pós-operatório à rotina

Quando começa a preparação para a realização de uma cirurgia plástica, uma das dúvidas mais...

18/06/2017

Profissões: no Icesp, equipe se especializa em tratar ‘dor da alma’

Dizem que na vida só há uma certeza: a de que todos somos finitos. Como lidar com essa verdade,...

13/06/2017

Excesso de peso matou 4 milhões de pessoas no mundo em apenas um ano

Estudo feito pela Universidade de Washington aponta a obesidade como uma crise de saúde pública...

09/06/2017

Simulado Start é aplicado para profissionais do SAMU de Taboão

Profissionais do SAMU de Taboão da Serra (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) participaram...

09/06/2017

Insônia pode ser intensificada com mudanças climáticas drásticas

A insônia pode aparecer por diversos motivos, como ansiedade, estresse ou depressão. Mas...

09/06/2017

Prefeitura de Taboão imuniza 54 pessoas em situação de rua contra a gripe

A Prefeitura de Taboão da Serra realizou na quinta-feira, 8 de junho, um mutirão de vacinação...

09/06/2017

Secretaria de Saúde de Taboão lança Programa Rede de Proteção ao Adolescente

O Programa Rede de Proteção ao Adolescente lançado em Taboão da Serra pela Secretaria de Saúde...

06/06/2017

Governo do Estado de São Paulo solicita 31 milhões de doses extras da vacina

Diante da recomendação feita na última sexta-feira, 2, pelo Ministério da Saúde em ampliar a...

04/06/2017

Vacina contra o vírus H1N1 é prorrogada até o próximo dia 09

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 09 de junho a campanha de vacinação contra o vírus...

03/06/2017

ANS determina suspensão da venda de 38 planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão da comercialização...

26/06/2017

Jovem PM feminina inspira e incentiva sonhos de estudantes em Taboão

Com sorriso aberto, simplicidade, carisma, olhos e rosto bem maquiados a policial militar Sara...

26/06/2017

Polícia Civil prende homem que extorquia mulher com vídeo erótico

Na tarde de quarta-feira (21/6), policiais civis do 92º Distrito Policial (Decap) prenderam um...

26/06/2017

Eleição define as integrantes do Conselho da Mulher de Itapecerica da Serra

Uma eleição geral realizada na tarde dessa segunda-feira (19), no Auditório José David...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.