Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia Civil vai periciar móvel de onde TV teria caído sobre aluno em Taboão

Por Karen Santiago | 21/09/2012

delegacia1

Arquivo Jornal na NetPolícia investiga o acidente e o caso foi registrado na Delegacia da cidade

A Polícia Civil vai periciar nesta sexta-feira (21), o móvel de onde a televisão, de 29 polegadas, teria caído sobre um aluno de cinco anos, na tarde da última quarta na Escola Municipal Infantil Bidu, no bairro Jd. Freitas Júnior em Taboão da Serra.

A polícia quer descobrir o que pode ter provocado à quebra do pé do móvel, onde estava a televisão. O delegado, após a perícia, vai conceder uma entrevista coletiva para dar detalhes do acidente.

O aluno ficou ferido e permanece, desde o dia do acidente, internado na UTI em estado grave, mas estável, no Hospital Geral do Pirajuçara. Ele foi socorrido pelo Samu, chamado pela coordenadora da escola, ao PS Antena, mas foi transferido ao HGP, logo depois.

O caso foi registrado na delegacia policial da cidade e a Polícia Civil já começou a ouvir pais, professores e alunos que presenciaram o acidente.

Nota Secretaria de Educação de Taboão da Serra

A Secretaria de Educação de Taboão da Serra lamenta o ocorrido na escola Bidu, no Jardim Freitas Júnior, na tarde de ontem, 19, quando um aluno da pré-escola sofreu um acidente com uma televisão na sala de aula. Durante a saída dos alunos da sala, o aluno RPCS, de 5 anos, esbarrou no rack de vídeo que havia sido usado durante a aula e o aparelho de televisão tombou sobre ele provocando ferimentos na cabeça.

O Secretário de Educação José Marcos dos Santos informa que todas as providências foram tomadas no sentido de prestar atendimento à criança, que foi socorrida em poucos minutos pelo SAMU e encaminhada ao Hospital Geral do Pirajussara. A SEDUC está prestando toda a assistência à família do aluno e à professora que se encontra fortemente abalada com o ocorrido.

Nota Oficial das ADIs sobre acidente na EMI Bidu

Nós, trabalhadoras e trabalhadores da educação de Taboão da Serra, lamentamos o acidente ocorrido na EMI Bidu, nos solidarizamos com os colegas desta escola e com os pais do aluno atingido pela tv na tarde do dia 19/9.

É verdade que acidentes ocorrem, mas é verdade também que acidentes podem e devem ser evitados. Existe toda uma legislação sobre acidentes de trabalho. Há uma série de orientações sobre acidentes com crianças que podem e devem ser evitados.

O que sabemos também é que as condições de trabalho nas escolas, a superlotação das salas, o número mínimo de profissionais, a infra estrutura e a má qualidade dos equipamentos contribuem para a insegurança com que trabalhamos com as crianças em muitas escolas (vidros quebrados com cacos expostos, goteiras e chão molhado, fios desencapados, carteiras quebradas, entulhos pelos corredores, buracos de esgoto sem ralos, sanitários entupidos, etc).

Quando denunciamos esta situação é para cobrar do governo a plena condição de funcionamento seguro das escolas, justamente para evitar qualquer tipo de acidente e também para evitar que os profissionais da educação sejam responsabilizados quando estes ocorrem. O que é praxis dos governantes: colocar a culpa nos trabalhadores.

É muito grave tentar encobrir a responsabilidade dos governantes (como faz Paula Peres), pois assim ao não cobrar destes a melhoria das condições das escolas, contribui para que acidentes como estes continuem a ocorrer. Qual o interesse político de quem defende o governo Evilásio?

Mais do que lamentar o acidente, a Secretaria de Educação tem que assegurar todas as condições para que outros não ocorram:

Pelo cumprimento imediato da lei 1853/2009, que estabelece o máximo de alunos por sala;
Pela melhoria imediata das condições da escolas que precisam de reformas, troca de carteiras, conserto de ventiladores, consertos de descargas, goteiras, aquisição de equipamento adequado, manutenção de parques e equipamentos, etc;
Pela valorização imediata de todos os profissionais da educação.

Estamos na expectativa de que a recuperação deste aluno seja plena e satisfatória.

Vilma Rodrigues

Secretaria de Educacão de Taboão da Serra sempre se justificando, logo tirando sua responsabilidade e colocando na vitima. ELE ESBARROU. Nossa, uma criança de 05 anos tem tanta força assim? Mesmo que tivesse tudo tem que estar em ordem. Sabemos que muitos professores e escolas se defendem usando os piores dos argumentos e acredita quem quer. Contonuo acreditando sim no aluno, nos pais que são as vítimas deste sistema falido que é a educação. A Escola e prefeitura devem ser penalizados e a família deve sim entrar com uma ação milionária contra estes governantes que justificam como : salas cheias, que o rack onde esbarrou foi usado na aula e a altura deste rack? cadê as normas de segurança? Secretaria da Edcuação tenha mais habilidade e bom senso ao responder, não somos idiotas.

MARTA ANTONIA ROMA BATISTA

a escola tem que tomar mais cuidado porque? criança nao tem noção do perigo...mais pode acontece com qualquer um .....estou com muita pena dos pais que nao e facil...vamos todos orar pela recuperaçao do aluno...

HELENA A BOCHETE

As ADIS e professores em geral da rede Municipal de nossa Cidade tem meu respeito e admiração, pois, fazem milagres para exercerem sua profissão sem perder a dignidade, salas de aulas com excesso de crianças, falta de funcionários, ou funcionários sem capacitação adequada, pois, livres nomeados, tem somente que exercerem de fato, a função de cabo eleitoral patrocinada pela máquina administrativa da situação, sobrecarregando a responsabilidade das professoras e professores em sala de aula, que são obrigados a amargarem, situações como a da professora que teve seu diário de sala da aula, violado e destruído, por aluno já adolescente, ser jogada no chão, e ser criticada por se defender das agressões físicas, agora esta criança, vitima da omissão do executivo que não aparelhou com segurança o interior da Escola, pois, é o cúmulo justificar que "a criança ESBARROU no rack onde estava o vídeo e a tv CAIU", se o ESBARRÃO do leve e frágil corpo, de uma criança de CINCO anos de idade permite uma tragédia deste naipe, que dirá se as demais crianças juntas esbarrassem neste rack? a manutenção e prevenção de acidentes passa longe de nossas escolas em geral, fato comum, crianças terem convulsão em classe ou no recreio da Escola, quem socorre? professores e professoras, agentes escolares, etc, FALTA ENFERMARIA para atendimento imediato nas escolas, colocando em risco a vida de nossas crianças e adolescentes, não tem sequer uma ambulância de prontidão para este fim, omissão de quem tem o dever de bem aplicar o dinheiro público e investir na educação e saúde básica de nossas crianças, que estão, assim como nossos mestres, e em especial, respeitáveis ADIS, à deriva, da vontade política de nossos Governantes, mas, acredito no CRIADOR, e este esta para proteger com sua luz e força, a criança acidentada e seus pais, que irão na fé, testemunhar a vitória do restabelecimento de seu filho, é no que creio e rogo ao Criador que assim seja. HELENA A BOCHETE

25/09/2017

Bandidos roubam carga de R$ 12 mil em biscoito no Embu e fazem motorista refém

O motorista de um veículo que transportava uma carga de biscoito avaliada em R$12 mil foi...

22/09/2017

Polícia prende seis pessoas suspeitas de integrarem quadrilha de roubo de cargas

A Polícia Civil conseguiu efetuar a prisão de seis pessoas na noite desta quarta-feira (20), em...

21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Fiscalização do CROSP em ação conjunta com a Vigilância Sanitária identifica pro

Depois de receber uma denúncia sobre suspeita de exercício ilegal da Odontologia, na cidade de...

20/09/2017

PM prende quadrilha armada acusada de assaltos no Monte Alegre e região

A Polícia Militar prendeu na noite desta terça-feira, 19, quatro homens acusados de praticar...

19/09/2017

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos

A Polícia Federal descobriu fraudes em 14 concursos públicos nacionais aplicados pela Fundação...

16/09/2017

PM recupera aparelhagem de som roubada de igreja no valor de 8 mil em Embu

Uma ação rápida da PM resultou na prisão de dois homens acusados de furtar toda a aparelhagem de...

10/09/2017

Moradores do Vista Alegre denunciam assaltos cometidos por trio de menores

Cansados dos assaltos constantes, os moradores do jardim Vista Alegre, em Embu das Artes,...

08/09/2017

PM prende três homens por roubo de veículo e tentativa de homicídio em Taboão

Três homens foram presos por policiais da 3ª Cia do 36M, na noite desta quinta-feira, 7 poucas...

25/09/2017

Bandidos roubam carga de R$ 12 mil em biscoito no Embu e fazem motorista refém

O motorista de um veículo que transportava uma carga de biscoito avaliada em R$12 mil foi...

24/09/2017

Itapecerica debateu enfrentamento da Violência contra as Mulheres

A Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Itapecerica da Serra, por...

24/09/2017

Matematicando transforma Parque das Hortênsias em sala de aula ao ar livre

Pelo terceiro ano seguido o Parque das Hortênsias, em Taboão da Serra, se transformou em uma...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.