Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Vereadores discutem Zona Azul de Itapecerica

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 7/04/2010

zona_2.jpg

Moradores e visitantes reclamam da Zona Azul

A cobrança de estacionamento rotativo de veículos pela Zona Azul na região central de Itapecerica da Serra sempre recebeu muitas críticas da população, munícipes ou visitantes.

E foi pensando também neste problema que a Câmara Municipal da cidade aprovou por unanimidade, na sessão da última terça-feira do mês de Março (30), o requerimento de autoria do vereador José Maria (PT) que questiona qual as regras atuais de cobrança de Zona azul nas ruas do centro da cidade.

O documento solicita à Prefeitura e ao Secretário de Finanças um relatório com a arrecadação do poder público nos anos 2007, 2008 e 2009 através da Zona Azul, questiona qual a data de vencimento do contrato com o atual gestor e se está sendo vantajoso para o município esse modelo de contrato.

Para o vereador José Maria a cidade tem dificuldades para trazer turistas, o motivo principal é a cobrança da Zona Azul. “O turista não quer parar, porque precisa pagar”.

Segundo o petista, muitos munícipes preferem comprar produtos em São Paulo, para não precisar pagar a tarifa da zona azul. “Devemos trazer munícipes para comprar produtos no centro e não fora da cidade”, defendeu.

Não é difícil encontrar pessoas insatisfeitas com o serviço de zona azul na cidade. Em apenas 40 minutos a Reportagem do Jornal da Net se deparou com munícipes que preferem comprar, ou ir de perua para o centro para “fugir” do pagamento da tarifa de R$ 1,40 pelo período de 1 hora.

Esse é o caso do morador Jefferson Portela que não gosta de ir de carro durante o dia no centro da cidade, “isso porque nunca consigo encontrar uma vaga para estacionar, por este motivo vou sempre de perua, prefiro pagar R$ 1,90 a ficar perdendo horas, procurando uma vaga”, afirmou.

A Zona Azul foi implantada com o intuito de democratizar as vagas sempre muito concorridas na região central. A cobrança, atualmente no valor de R$ 1,40 é feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e aos sábados, das 8h às 13h.

Taboão da Serra também está em fase de implantação da Zona Azul. O valor do tarifa deve ser em torno de R$ 2,00 com validade de duas horas.




marcos paulo

caro amigo alisson primeiro que vc errou o nome do prefeito pois não é Silva é Costa e outra nosso amigo vereador si vc naum sabe tem diversos cargos barganhados com o prefeito mas ele não revela isso pra ninguem né por isso compriu suas promessas com o vereador mais compriu promessas que interessava o vereador né como ele mesmo fala que tem que por cartão de ponto para os nomeados isso vai corta na própria carne do vereador pois é notável os nomeados indicados por ele que não fazem nada vai na regional do jacira que lá tem cargo indicado por ele e nem sempre o funcionário ta lá.vai no barracão cultural vai ser a mesma coisa pesquise primeiro pra depois defendelo.....

alison rogerio

o sr jorge costa da silva ,em sua campanha eleitoral de 2004,em minha rua disse perante aos moradores que se ganhasse iria impor algumas regras e restringir o numeros de ruas que recebem atualmente a zona azul..ele ganhou e só voltou 4 anos após pra pedir mais votos... a zona azul anhou mais algumas ruas e os municipes tem em troca a falta de segurança tendo seu bens sendo furtados quase que diariamente no centro de itapecerica da serra...parabens ao sr Jose Maria... é por estas e outras que ele renunciou ao cargo de lider do governo,como ficar ao lado de um politico que nao cumpre seuas promessas?

25/05/2017

ANTT aprovou projeto do retorno na Régis para atender Taboão da  Embu

A Autopista Régis Bittencourt informou por meio de nota enviada à reportagem do Jornal na Net...

25/05/2017

Taboão inaugura Serviço de Acolhimento para Crianças e Adolescentes

O Dia Nacional da Adoção, celebrado nesta quinta-feira, 25, foi marcado em Taboão da Serra, pela...

24/05/2017

Vereadores cobram Bombeiros sobre AVCB do Pátio de Embu das Artes

Vereadores de Embu das Artes aprovaram durante a última sessão Legislativa um ofício ao Corpo de...

18/05/2017

Licenciamento: maio é o mês dos veículos com placa final 2

Quem tem veículo com placa final 2 fique atento: maio é o mês do licenciamento obrigatório. Caso...

17/05/2017

 Usuários do transporte público criticam má qualidade de ponto de ônibus na BR

Há pouco mais de uma semana Autopista Régis Bittencourt atendeu uma reivindicação antiga dos...

17/05/2017

IPEM-SP verifica radares na capital paulista nesta quarta-feira (17)

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado (IPEM-SP) examina diariamente os radares em ruas e...

11/05/2017

Comissão de Transporte da Câmara de Taboão aprofunda debate municipalização

A Comissão de Transporte da Câmara Municipal de Taboão da Serra realizou audiência pública nesta...

10/05/2017

Cartão BOM deixará de ser obrigatório nos terminais a partir do dia 12

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo informou nesta terça-feira, 9, que a...

10/05/2017

Moradores reclamam da falta de iluminação no terminal do Jardim Vazame

A mais de um mês os moradores do Jardim Vazame reclamam da falta de iluminação no terminal de...

09/05/2017

Alckmin prorroga isenção de ICMS para taxistas

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta segunda-feira, 8 de maio, decreto que altera o...

26/05/2017

Avó de menino que morreu ao cair do 19º andar é acusada de abandono de incapaz

O cidade de Taboão está em choque com a tragédia que vitimou uma criança de 4 anos que morreu...

26/05/2017

Escolas de Embu, Itapecerica e Taboão abrem vagas para programa de reforço

Programa de reforço abre inscrições para vagas em escolas estaduais das regiões de Embu,...

26/05/2017

Problemas de coluna na infância conheça as causas e os tratamentos

É cada vez mais frequente crianças apresentarem reclamações sobre incômodos e dores nas costas,...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.