Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Alunos do Liceu de Artes recebem visita de ator e diretor Walter Rhis

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 18/09/2012

alunos1

Dereck GomesAlunos do Liceu de Artes participaram da oficina de mascaras do ator Walter Rhis

Alunos do Liceu de Artes foram contemplados, na tarde de terça-feira, 11, com a visita do ator e diretor de teatro Walter Rhis. O encontro foi organizado pela Secretaria de Cultura e Turismo e reuniu cerca de 50 alunos, que na ocasião confeccionaram máscaras do tipo mortuárias.

A ideia dessa oficina, que há aproximadamente 30 anos percorre o Estado de São Paulo levando cultura e entretenimento à população, já contou com a participação de mais de mil alunos de diferentes regiões. Além de ministrar o curso, Walter Rhis é também criador do Espaço Cultural CENARTE, localizado em Campinas, e há 35 anos desenvolve atividades focadas na linguagem cênica.

“A minha especialidade não é máscara. Eu sou diretor e ator de teatro da minha companhia, que é o CENARTE, mas esse trabalho me acompanha desde 30 anos atrás”, conta. O objetivo principal desse curso, ainda segundo Walter Rhis, “é que as pessoas aprendam, distribuam e que também ensinem outras a fazerem para que possam colocar em suas estantes, ou até para que sirvam como uma máscara de teatro mesmo”.

A máscara e o teatro

Na história do teatro, as máscaras representaram importantes papeis, especialmente nas tragédias greco-romanas e no Teatro Oriental. Além disso, até os dias atuais, é parte fundamental na transformação dos atores em personagens, esses, de maneira expressamente artística, dão vida à arte através de movimentos corporais minuciosamente precisos.

A máscara mortuária, especificamente, é feita com vaselina sólida, gaze gessada, papel jornal, cola, massa corrida, tinta látex e lixa fina. As mais conhecidas técnicas desse gênero vieram ainda no antigo Egito, nos processos de mumificação, a exemplo da máscara do faraó Tutancâmon.


Por Dereck Gomes

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.