Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Funcionários do PS e Maternidade de Embu protestam contra atraso de salário

Por | 12/09/2012

reuniao

Karen SantiagoFuncionários se reunem com secretaria de Saúde e de Finanças no Centro Cultural Mestre Assis

Funcionários do Pronto Socorro e Maternidade central da cidade de Embu das Artes realizaram uma intensa manifestação na tarde desta terça-feira, dia 11. Eles afirmaram que a manifestação diz respeito ao atraso de salário que já dura um mês e dez dias, devido a mudança de empresa que administra a unidade de saúde, que aconteceu desde o dia 31 de julho. A paralisação, segundo eles, só vai acabar quando receberem seus salários.

Os manifestantes cobraram também melhores condições de trabalho, pois de acordo com eles faltam remédios, material de limpeza, fraldas, absorventes, comida para os pacientes e até oxigênio utilizado para transportar pacientes na incubadora. Segundo a comunidade, o PS sofre ainda sem médicos e com a demora para marcar consulta.

Eles também questionavam qual a empresa de fato que é a responsável pelo pagamento do salário deles, uma vez, que o Cejam não é mais a administradora da unidade e sim a Vida Assessoria. “Uma empresa joga o problema para a outra e enquanto isso ficamos sem salário. Eles não tem consideração pela gente”, afirmaram os funcionários.

Em reunião com a secretária de saúde, Sandra Magali e finanças, secretário Fernando Amâncio os funcionários travaram um embate com a prefeitura e cobraram explicações, além de acusarem que a saúde está péssima. Eles também souberam que é do Cejam a responsabilidade do pagamento dos salários deles. “O processo de mudança não é algo simples. Mas vocês são funcionários do Cejam e precisam cobrar o pagamento deles”, afirmou Amâncio.

Sandra Magali, por sua vez, pontuou que precisou rever o contrato com o Cejam, reduzir os gastos e otimizar os recursos. “Tem que acontecer uma negociação para receber. E se não resolver, os funcionários tem direito de entrarem na justiça, pois no contrato está claro que é de responsabilidade deles”, disse. O Cejam, de acordo com o contrato de administração da Maternidade firmado com a Prefeitura, tem o prazo de 90 dias para pagar os funcionários, sem repasse da prefeitura.

Em relação às reclamações dos funcionários, a secretária frisou “que não é verdade e não falta nada no PS e Maternidade”. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Cejam, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno dos questionamentos.

Nota Oficial da Prefeitura

A Secretaria Municipal de Saúde apresentou a intenção de promover avanços na qualidade técnica e administrativa e otimizar os recursos públicos  da Maternidade Alice de Campos Machado, mas a empresa prestadora de serviço para a Prefeitura de Embu das Artes, o CEJAM (Centro de Estudo Dr. Amorim), não concordou com as sugestões apontadas pela gestão municipal e, em comum acordo, optou por se desligar do Plano de Trabalho da Maternidade;

Para que o serviço não tivesse descontinuidade de atendimento (por se tratar de um equipamento essencial de saúde púbica), realizou-se  um contrato emergencial com outra empresa;

Os funcionários que trabalharam até a data de 11/09/2012 continuam com o vínculo empregatício com a empresa CEJAM e não com a Prefeitura;

Reiteramos que, em momento algum, houve descontinuidade no atendimento a nossas gestantes e aos recém-nascidos, ocorrendo um avanço importante na qualidade desse atendimento.

16/10/2017

Luzia Aprígio realiza 7ª campanha Outubro Rosa em Taboão da Serra

Em adesão ao movimento mundial “Outubro Rosa”, pelo sétimo ano consecutivo, Luzia Aprígio...

13/10/2017

Alunas de Massoterapia realizam atividade com o público

Visando colocar em prática todo o conteúdo das aulas, a Escola de Moda, Beleza e Estética do...

13/10/2017

Vereadoras de Taboão se unem em alerta contra o Câncer de Mama

As quatro vereadoras de Taboão da Serra se uniram em apoio a campanha contra o Câncer de Mama. A...

06/10/2017

Prefeitura realizou palestras sobre a prevenção e conscientização do câncer

A Prefeitura de Taboão da Serra, através da Secretaria de Saúde e da Coordenadoria dos Direitos...

04/10/2017

Coordenadoria dos Direitos da Mulher realiza palestra sobre Prevenção ao câncer

A Coordenadoria dos Direitos da Mulher, irá realizar nesta quinta-feira, 5, uma palestra sobre...

03/10/2017

Atualização de vacinas continua nas unidades de saúde em Embu das Artes

A Secretaria Municipal de Saúde de Embu das Artes continua atualizando a carteira de vacinação...

03/10/2017

Shopping Taboão tem instalação artística no Outubro Rosa

O Shopping Taboão está com instalação artística para chamar a atenção para o diagnóstico precoce...

02/10/2017

Ministério da Saúde repassa R$ 30,4 milhões para combate ao Aedes aegypti

O Ministério da Saúde liberou em setembro R$ 30,4 milhões referentes à segunda parcela de...

02/10/2017

Diabetes e outras doenças crônicas são as que mais afetam os idosos

O envelhecimento é um processo que acontece de maneira natural em toda população. Com o aumento...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.