Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Instituto Asas Brancas corre o risco de fechar as portas em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira e Karen Santiago | 5/04/2010

asas.jpg

Instituição enfrenta problemas financeiros, falta de estrutura e sofre com a permanência de jovens infratores

O Instituto Asas Brancas, localizado na rua Jasmins, 120, Parque Assunção, na cidade de Taboão da Serra, está passando por sérias dificuldades. A instituição de mais de 40 anos amarga problemas financeiros, atrasos de salários e até dificuldades para comprar comida e pagar contas de água e luz. A situação do local só não é mais crítica porque voluntários ajudam a manter a casa em funcionamento e pagam contas de luz e água.

“Nossas crianças jamais passaram fome e nunca ficaram sem remédios, (que o Estado deveria fornecer), temos sim falta de dinheiro para salários. Inclusive temos falta de monitoras e não podemos contratar por falta de verba”, afirma Dona Alice.

De acordo com a diretoria da instituição, os adolescentes infratores levados para lá pelo Conselho Tutelar estão ocasionando transtornos para as demais crianças. Além disso destroem equipamentos da casa e provocam situações de conflito até mesmo com os funcionários.

A Instituição, segundo a Presidente Alice Bernardes Castanho deveria acolher somente crianças e adolescentes vitimados, por maus tratados, abuso sexual e abandono. “Isso não está acontecendo, o Conselho Tutelar traz para a instituição menores infratores que estão dando muita dor de cabeça e acarretando prejuízo à casa”, afirmou.

Alice enfatiza que o Conselho Tutelar chega a levar ao local adolescentes infratores de madrugada atrapalhando o sono de crianças pequenas e bebês recém nascidos que moram na instituição.

A presidente do Asas Brancas contou a Reportagem do Jornal na Net que muitos infratores, trazem prejuízo ao Asas Brancas. “Meninos e meninas, adolescentes, batem nos menores, quebram janelas, camas, desrespeitam os coordenadores, roubam. Quero mostrar que esse não é um lugar para menores infratores, a Instituição foi criada em prol de crianças e adolescentes abandonados e que sofrem abuso sexual e maus tratos”, relata.

Segundo a Presidente da casa recentemente uma adolescente quebrou camas, portas, janelas e uma dessas janelas estava próxima ao berço de um bebe cardíaco “graças ao seu anjo guardião ele não foi ferido”, desabafou.

O Asas Brancas conta com dois núcleos, sendo a Casa Abrigo (núcleo I) e a Casa Transitória (núcleo III). O internato está dividido em refeitório, quarto para as meninas, crianças e adolescentes, sala para televisão, creche, escola estadual Asas Brancas, quadra e sala de aula para oferecer aos pequenos oficinas de cerâmica, violão, capoeira. Além de proporcionar uma maior interação entre eles, organizando roda de conversa, conto de histórias e diversos esportes.

Segundo a Coordenadora Pedagógica Antônia Rosa, que trabalha na instituição há dois anos, os alunos também participam de passeio cultural e recreativo, além de visitarem o museu e a pinacoteca.

Ao todo são 79 menores de idade, entre crianças e adolescentes. Sendo 28 na casa transitória e 51 no abrigo. Segundo colaboradores os jovens que moram na casa transitória freqüentemente não ficam nem três meses na residência, pois são transferidos para outras instituições. Elaine é voluntária e acredita que o pouco tempo que as crianças ficam na instituição não ajuda em nada para elas criarem familiaridade, aproximação. “Muitas ficam retraídas, pois sabem que daqui a três meses serão transferidas de local”, justifica.

A Presidente Alice Bernardes destacou mais alguns problemas que a instituição enfrenta, segundo ela, o governo federal e estadual não ajudam com nenhuma verba. A verba que recebemos de R$ 13.200,00 é de um convênio firmado com a prefeitura da cidade, mas esse dinheiro não consegue ajudar em nada que a casa necessita.

 “O dinheiro é usado somente no RH da instituição, como precisamos de mais dinheiro para manter as despesas, muitas vezes preciso colocar a mão no meu bolso, para manter a casa”, contou.

A falta de estrutura é evidente e Dona Alice, está se esforçando aos poucos para reformar o ambiente. Ela garante que o pouco dinheiro na instituição não irá facilitar a reforma na casa. “Preciso fazer a fossa, porque nessa rua não passa rede de esgoto, preciso consertar as janelas, colocar os vidros que foram quebrados, arrumar o piso (principalmente da creche) e o telhado”, justifica.

Ela desabafa que às vezes não é possível pagar a conta de água, pois muitas vezes está com o valor muito alto, mas a Sabesp não quer saber se não temos condições no momento para pagar, a empresa não têm piedade, corta a água, sem ao menos ouvir nossas queixas. “Se nas favelas o esbanjo é alto, não importa, é de graça. A instituição Asas Brancas que assiste as crianças em situação de risco do município e das favelas tem que pagar, embora não exista rede de esgoto adequada”, desabafa.

A Presidente da Instituição Alice Castanho esclarece que a situação financeira é agravada com os atrasos ocorridos nos envios de verbas municipal, estadual e federal, “razão de termos que levar a conscientização de todos que trabalhamos com o produto mais importante do universo, que são crianças e adolescentes, cuja responsabilidade não é somente de nossa diretoria, mas também da União, do Estado, do Município e de toda sociedade Taboanense”, afirmou.

Outros problemas preocupam os colaboradores, a falta de dinheiro também acarreta no cuidado com a saúde, muitos menores não podem tomar o medicamento que precisam, pois, segundo a Presidente a Instituição não tem condições de comprar os remédios necessários.

A ausência de Oftalmologista e Ortopedista na cidade, também atrapalha a vida dos colaboradores, que muitas vezes precisam trabalhar fora de seu horário de trabalho para acompanhar o menor ao médico em São Paulo.
“Se a criança machuca o pé, ou sofreu algum acidente com o olho, precisamos encaminha-los para um doutor na cidade de São Paulo, pois Taboão da Serra, está carente desses médicos”, afirma a presidente.

Mas com tantos problemas, a Instituição pode contar com diversos voluntários que trazem um pouco de conforto aos menores que necessitam de atenção e amizade. A Presidente Alice destaca a Viação Asa Gol (Associação dos pilotos da Gol) e a ATT (Associação dos Tripulantes da Tam) que ajudam da maneira que podem esses menores trazendo alegria e esperança para suas vidas.

Dona Alice conta que a Instituição atende bebês de meses, crianças e adolescentes até 17 anos de idade. Segundo ela, são diversos tipos de dificuldades que essas crianças enfrentam.

Para a coordenadora Antônia Rosa é muito gratificante saber que muitos desses jovens saem da casa com uma formação. “Aprenderam a adquirir mais educação, inteiração com a sociedade, e tudo isso vai acarretar em oportunidades de trabalho”, afirmou orgulhosa.

O jovem F. de 12 anos, contou a Reportagem que adora morar na casa, isso porque ele pode praticar esportes, estudar, passear e participar de Oficinas.

equipe.jpg

teto.jpg





45º

Danusa Cristina ferreira

Eu vive lá dos meus 4 aos 10 anos era muito bom tínhamos de tudo dentistas,médico,cursos de artesanatos,estudávamos etc... A única coisa que não gostava era quando a dona verinha vinha pra bater em nós... Gostava muito dos filhos dela... Bruna,André e Felipe... Amava muito o seu Almerio dona Didi... Tinha a filha deles tbm que não me recordo o nome mais era muito divertido ir pra sala de brinquedos com ela... Me lembro do jean e asa Jeane que eram gêmeos da michele e da Crislaine que foram adotadas da Erica da Fátima da Carmen do Eneias do orfanato dos meninos Flávia do pensionato... Amava ir pra cozinha ajudar as cozinheiras... Não poderia esquecer da dona Elza uma ótima pessoa...

44º

Thais Aparecida Benedito do Carmo Santos

Gostaria muito de adotar uma menina bebê então gostaria de saber se posso visitar o local e como devo proceder é um desejo meu do meu esposo e de nosso filho.por favor ai pode visitar as crianças dia de sábado. Nos ajude pois não sabemos como proceder para adoção. Somos de Taboão da Serra.conto com a ajuda de vcs.

43º

jessica

Oi sou Jessica morei ai sou filha de uma das funcionárias q trabalhou la fico MT triste pois de onde mim lembro na época eu tinha uns 3 a4 anos amava e ainda amo o vovo almerio minha mae é a Cidinha como MTS a chamavam ela tem saudades de todos e ela queria reencontrar MT a Marlene e outras gente meu face e jessyca nayra

42º

luciene lima da silva

Olá,mais uma vez estou aqui para dizer que quero muito encontrar algumas meninas do meu tempo do Asas...Elizandra,vc deixou escrito que quer ter contato comigo,mas não consigo te achar,pois vc só deixou escrito Elizandra,vc tbm Suzana coelho acho que é da minha época,Regina Aparecida Mattos,Raquel Costa,Rose mello...Bom aqui está o meu email lucienee.lima@hotmail.com,me procurem no face como Luciene Lima,abraços..aguardo!

41º

eneias leandro

eu praticamente passei minha infancia e adolescencia nesse colegio,era um lugar muito bom onde se aprendia,respeitar o prosimo,agente sempre tinha alguma ocupacao,ou escolares,ou tarefas rotineiras para futuramente voce ser uma pessoa de bem e independente ;sinto muita falta dessa epoca e dos meus amigos(irmaos) que crescerao junto comigo.tenho otimas lembracas da minha infancia. hoje sou casado com uma mulher maravilhosa que esta esperndo meu 1 filho.''SAUDADES SEU AUMERIO''

40º

eneias leandro

eu praticamente passei minha infancia e adolescencia nesse colegio,era um lugar muito bom onde se aprendia,respeitar o prosimo,agente sempre tinha alguma ocupacao,ou escolares,ou tarefas rotineiras para futuramente voce ser uma pessoa de bem e independente ;sinto muita falta dessa epoca e dos meus amigos(irmaos) que crescerao junto comigo.tenho otimas lembracas da minha infancia. hoje sou casado com uma mulher maravilhosa que esta esperndo meu 1 filho.''SAUDADES SEU AUMERIO''

39º

Renata Cristina

Sou Renata Cristina Silva Nascimento Oi tudo bem hj incrível que pareça senti falta eu e minha irma marcella silva nascimento agradeço de oração toda equipe que cuido de mim e da minha irmã apreendi ser o que sou hj fiquei abalada com a noticia mais foi marcante em minha vida essa sim foi minha valisa familia seus Sr Osmario tia Elza E uma pessoa muito mais que especial a tia que cuidava de mim como filha tia VERA amo muito essa pessoa especial ela me ensinou o que é certo e errado sinto falta sinto saldades e tenho orgulho de dizer pra todo muito que cresci no Asas Branca amo muito tenho fotos momentos e muita alegria to emocionada por estar escrevendo isso lembro do rosto de cada um quando ia abrir o portão para sr Osmario quando limpava o salão correndo de um lado para outro quando ficava no corredor a espera dos meus pais e ele não aparecia as tias sempre.com.boa vontade pra ver agente com um sorriso do rosto o cachorro que adora abrasar o Borris o Titico tem mais uma em mente mas emocionada não consigo lembrar as árvores linda o escorregador enorme o balace incrivel as festas juninas que numca queria dancar por que sempre tinha que ser homem essa instituição foi meu pilar meu respirar amo muito todos vcs hj estou com 26 anos entrei com 4 anos e.numca esqueci de nada que passei das aulas dos jogos das festas te duro se eu ficar acho que faço um livro bjss amo vcss ...

38º

alice

eu ja morei ai e sei como esse abrigo e importante n so pra min mais pra muitas criancas pois os momentos mais felizes eu passei ai as pessoas mais importantes eu conhesi ai por isso so tenho a agradesser.

37º

Jani S Soares

Eu vivi no Asas brancas nos anos de76/77/78 79/80 será que tem alguém dessa época que consiguiria rever ? Faz muito tempo .

36º

Helio Rufino

Olá saudades das meninas do Asas morei muitos anos no Asas Brancas dos meninos muitas saudades do sr.Almerio foi um pai para mim gostaria de ter contato com mais pessoas daí,me lembro da Angelica,Lekissandra,Deise e muitas amigas e amigos,sou Helio Rufino me ache no faceboock.

35º

deise

estou muito triste de saber que o lugar que eu vivi durante uma boa parte da minha infância no colegio asa branca fico trite que esteja assim abandonado fiz muitas amigas adriana sabino ,rosemeire ,aleksandra ,maria da luz,cintia [corvo],kinha e muitas outras tenho saudades de tudo que eu vivi só sou alguém hoje graças ao SENHOR ALMERIO quando morava no colégio eu era queridinha dele vivia na casa dele que deus tenha colado o senhor no lugar mas maravilhoso do céu gostaria de reencontra algumas pessoas

34º

erica carvalho

oiii fiquei no asas brancas de 88 a 92 gente se vcs tiver, contaos com algumas meninas dessa época entre em contado muita saudades meu face drica-mudanca@hotmail.com

33º

Elizandra

Estou chocada com essa notícia!! Não moro mais em SP, mas saber que uma instituição que cuida de crianças está nesse estado é de cortar o coração! Enquanto o Governo paga um valor alto para manter alguns presidiários, fecha os olhos para o futuro do Brasil que são as crianças, isso é revoltante!! Tbm morei no Asas e gostaria de entrar em contato com a Luciene Lima da Silva, que contou histórias parecidas com as minhas, que vivi lá. E que Deus toque no coração dos governantes para que façam alguma coisa urgente!!

32º

angela maria lemos gonçalves

q fim deu a Verinha eu apanhei muito dela fui muitohumilhada na epoca eu nao entendia como uma pessoa q foi treinada para cuidar de crianças tinha tal comportamento hoje eu tenho 35anos de idade tenho 4 filhos sou casada com um homem q fica apavorado toda vez q eu conto como foi minha infancia neste lugar mais tambem sinto falta das amigas q fiz me lembro da maria da luz ,da patricia rata .katia barata ,da carla voizao da cintia da rosilda da leksandra

31º

Luana

Ola gente gostaria de receber informações de uma menina que conheci an época em que fiquei ai ela se chama Viviane fiquei na época de 92 e não sei mais infornações.

30º

suzana coelho

regina tentei te achar mas não consegui entre em contato comigo pelo facebook... meu nome está como Suzana E Daniel .. cidade de Mongaguá

29º

REGINA APARECIDA DE MATTOS

Olá Susana, vi sua mensagem, tentei entrar em contato mas não obtive sucesso.caso queira falar comigo mande algum entereço através do meu face. espero que esteja bem.abraço.

28º

suzana coelho

ROSE MELLO ENTRE EM CONTATO COMIGO CONHEÇO ALGUMAS PESSOAS DE SUA EPOCA TALVEZ QUEM SABE MORO EM MONGAGUA MEU FACE SUZANA EDANIEL SILVA SANTOS

27º

suzana coelho

ENTRE EM CONTATO COMIGO REGINA APARECIDA DE MATTOS MORO EM MONGAGUA S.P

26º

suzana coelho

eu e3 irmãs moramos nestelugar quero muito ir ai antes que feche tenho muito que agradecer sr almerio e a saudosa d.didi mas sofremos muito ai tem coisas que o sr almerio nem sabia que acontecia principalmente aquela que se dizia uma freira que mulher má se alguem se lembrar entre em contato sou a irmã da raquel coelho e evanildes esta ficava com as pequenas eu e a quel do outro lado fiquei no colegio no ano 75 ou76 foram 3anos sofrido apanhava muito mas não era culpa do sr almerio que nem sabia de muita safadeza das moças que cuidavam de nós

25º

Regina Aparecida de Mattos

com essa noticia,estou com dois sentimentos. um de tristeza por saber q a instituição a qual fui criada esta neste caos e de alegria por ter conseguido noticia de minha irmã do coração maria Angelica. quero poder ter a oportunidade,de reviver os belos momentos que passamos juntas. hj estou com 42 anos e casada.moro em Itu-sp. eu acho q isso tudo é culpa do governo e de nós que só pensamos em nosso próprio bem.

24º

raquel costa barbosa

eu ja fiquei no asas por um bom tempo e gostei muito pois recebi muito amor das monitoras dela saudades da tia silvani amo muito ela cuidou de mim como se fosse minha mae e sinto muito pelo asas pois e ai que abriga crianças que ficam nas ruas oque vai ser delas se mais um abrigo fechar as portas

23º

Luciene Lima da silva

Faz muito tempo que quero saber do colégio Asas Brancas,mas com a correria do dia a dia me deixei levar,mas hoje eu tive tanta vontade que aqui estou e muito triste,chorando muito por saber que o Asas Brancas está com os dias contados se nada for feito. É muito triste em saber disso! Espero que os nossos governantes se disponham em ajudar esse colégio que um dia foi tão organizado,e realmente se esse colégio fechar será feito o segundo enterro do Prof.Almério. Ele um homem digno,aonde dava o seu melhor as suas crianças enternas. Lembro muito bem quando foi comunicado para ele que eu e minha irmã que também esteve neste colegio,estavamos indo embora levada por minha mãe,ele por sua vez me pediu muito para ficar,pois dentro do colégio eu estaria estudando,aprendendo muitas coisas boas e lá fora do colégio poderia ser muito dificil para nós,mas não quisemos ouvi-lo e acabamos saindo. Até hoje quando fico nervosa eu acabo dizendo que se eu tivesse escultado o Sr. Almério minha vida seria diferente,pois confeço que passei por muita dificuldades na minha vida. Eu gostaria muito de poder ajudar esse lugar que passei um pouco da minha infância,mas ainda não sei como fazer isso. Deus meu Deus nos ajude,para que possamos salvar esse colégio,isso não pode continuar acontecendo,nos der uma luz,nos guie com o seu poder. Envie pessoas que possa ajudar a levantar a felicidade das crianças que lá estão,nos ajude meu Pai do céu,amém e graças a Deus. Sinto muita saudades do colegio, do Sr.Almério e Sra. Didi,que Deus a tenham. Por favor se possivél me envie fotos do colégio e do Sr. Almério para que eu possa matar saudades,um abraço a todos e vamos juntos lutar para não acabar com o sonho de uma pessoa mesmo não estando mais aqui com nosco,mas tenho certeza que ele está muito triste por tudo que está acontecendo. Um beijo no coração de todos e muita fé... Aproveitando a oportunidade,gostaria de saber alguma coisa das meninas,Erica Fernanda,Angela,essa morava na casa do Sr.Almerio,lembro eu que as meninas que fazia xixi na cama dormia no quarto azul e as que não no quarto rosa,um dia a Fernanda fez xixi e enquanto eu estava na escola que era dentro do colégio mesmo,só atravessar a quadra ela trocou o meu cochão e lençol e acabei indo para o quarto azul,chorei muito, e outra coisa era o nosso uniforme,até a quarta série era macacão amarelo com suspenssório depois passavamos usar saia azul marinho e blusa branca,lembro também que teve uma festa que dançamos a música do tempo da brilhantina com jhon travolta e olivia newtondoom meu par de dança por incrivel que pareça foi a Fernanda. Por favor quando alguém ler esse email e lembrar entre em contato comigo quero muito rencontrar algumas de vocês,abraços.

22º

Rose mello

Olá, fiquei com lagrimas no olhos e me passou um filme da minha infância linda ao lado deste Sr Almerio e a sua Sra. Didi . Adora viver nesta instituição com meninas da minha idade adorava o nosso Natal a nossa oficina de pintura tudo , mas também lembro bem desta Sra. Verinha fogo pá leva dela mesmo a serio mas também aprendi a ter respeito com os meus semelhantes através da própria ! Quem se lembra da Sra. Tina também era muito chata o Sr Sebastião arranjava tudo eu ia comer o resto que ele não comia!!:-)) Lembra de uma amiga Rosemeire porque ela era minha chara e sabia dançar muito bem o nosso grupo de jazz eu tinha tudo dentista medico nunca nos faltou nada!! Gostaria de poder ajudar e vos fazer uma visita saudades obrigado por tudo ! Só vos tenho que agradecer a minha educação foi espectacular !!

21º

Eduardo Araujo

Fico muito triste em saber nesse exato momento, que o colegio asas brancas onde fui criado durante minha infância está passando por dificuldades como essa. Desde já venho prestar as minhas condolências diante o falecimento do Sr. Almerio, um homem que transpareceu seus ideais, força e dignidade. Ao qual mostrou pra mim e aqueles que foram criado diante da sabedoria do Sr. Almerio. Tenho tantas lembraças legais... No entando só tenho uma palta a dizer para o alto escalão do governo e prefeitura do municipio Taboão da serra: Visar o internato Asas Brancas. Mexam-se, elaborem e direcione o internato de forma digna. Pois os jovem e crianças que estão em seu habitar, sera o futuro da sociedade.Que deus esteja com o colegio asas brancas e Sr.almerio e sua esposa Sra. Didi ilumine seus caminhos diante essas dificuldades. Grandes amigos no qual convivir a minha infância: Andre, silvaninha e simoninha...

20º

Jamiles Monteiro

Que a luz dos anjos bons possam guiar este lugar tão carente e tão especial,Deus irá mandar uma luz Espero que mais voluntarios possam tomar a iniciativa e ajudar a casa a se manter de pé! Minha irmã morou nos asas, a Iasmim, acho que em 2006. abraço a todos

19º

silmara dos santos

gente eu estou triste de mais nao sabia que esta ssim o colegio embora eu morei eu e minha irma lembro do seu almerio dona didi que saudades era tao cuidadoso o colegio tinha pessoas ruim sim mais tinhas pessoas dedicadas lembro me dos artesanatos ....seu almerio hoje nao se encontra mais nesta terra mais era um espetaculo de homem uma inteligencia todos o aaamavos ele era de mais oele administrava bem o colegio o colegio era lindo eu nao entendo um sacal de velhos dava conta e hoje que esta mais

18º

ADRIANA

eu ja morrei ai nesse colegio eu gostava muito mais tinha um problema eun apanhava muito tia verinha e meu nome e adriana conhecida com adriana G OU PEZAO

17º

alessandrinha

Fiquei muito triste de saber as condições do asas brancas ,que deus venha colocar pessoas de bom coração para ajudar .fui criada ai também e sei as dificuldades que seu Almério tinha de manter o colégio´, ele fazia o que podia ,mas o que fazia a diferença quando seu Almério cuidava de nós era o amor que tinha .sou muito grata por esse homem amoroso,de carater,de coragem . Por favor se alguem lembra de mim entra em contato afinal de contas fomos criado no mesmo lugar,pelo mesmo pai, se tornamos uma ´so família me chamo Alessandra e minhas amigas me chamavam de Alessandrinha ,me lembro da dona verinha ,da dona Elza,das meninas do pesonato,(Aleksandra ,da benedita, da vera,da angelica com aquele cabelo enorme,enfim) ,da fatima da rosilda,da andreinha eu tinha uma amiga muito especial a Raquel ,ah minha irmã também morou no asas Brancas a alexandra ,meu irmão anderson conhecido como bicudo.gente lembram quando a gente iamos para o parque das hortências muito bom de vez em quando era a tia conceição que levava nós.beijos fiquem com deus e que deus venha mudar a história do Asas brancas que essa instituição não pode fechar.

16º

Ana Flavia

Também fui uma moradora do colégio Asas Branca,entrei em 1988 e sai em 1992. No colégio, aprendi a ter esperança e lutar por aquilo que acredito. Embora eu seja uma pessoa "humilde", consegui me formar na faculdade e estou terminando a pós- graduação. Fiquei muito chocada quando vi as imagens!! Muito me entristece saber que o lugar onde passei parte da minha infância esta nessa situação. Desejo sorte aos administradores. Que Deus e o Bom Almério proteja e ilumine o colégio. Ana Flavia Bossi

15º

Carmen ex interna

fico triste ,mas os maus tratos tem que acabar pq na épóca a mulher que trabalhava lá Dona Verinha maltratava muito as meninas,batia demais ,aí quando chegava visita ela ficava abraçando para nós ñ ter que contar o que ela fazia e as outras grandona tb que dormiam no pencionato.

14º

Vinicius

Fechar uma instituição como esta, só tende a mostrar o egoismo das pessoas,esquesem-se que todos somos irmãos ligados pela vida.O orgulho a vaidade não deixam os politicos olharem os necessitados como irmãos, e sim, como pessoas que não trazem votos.Esquecem-se,que a vida não terminam aqui e que prestarão conta do poder que lhe foi dado e como fez para amenizar a dor de um irmão

13º

Francisco

É sempre a mesma coisa quando se trata de ajudar instituiçoes, as verbas estão atrazadas, não chegam a entidade, mas para outras coisas futeis existe verba de sobra, como é o caso desta ridicula ciclovia???, dinheiro gasto para absolutamente nada, mas quado 02 prefeitos desta cidade são medicos e não há ortopedista, oftalmologiasta,isso é realmente falta de humanidade cade o juramento que fizeram na faculdade se houver vontade tudo é possivel mas o que se vê nesta prefeitura é uma má vontade em tudo, funcionarios que desrespeitam os minicipes quando procuram um orgão publico, e nunca há remedios na saude pra que tem secretarios nesta prefeiturra é só para ter titulo uo resolver essas questões, parodiando o apresntador de telejornais ISSO É UMA VERGONHA

12º

Solange

Cada vez mais o estado foge de suas responsabilidades, cuidar destas crianças é responsabilidade do município, já que ele não faz sua parte deveria ao menos auxiliar a instituição de maneira digna.

11º

josiane b. santos

eu fiquei internada ai em 86 ,tive historia maravilhosa gostaria de reencontrar a minha amiga chamada priscila e meu grande sonho.um beijo a todos.

10º

caique

qual eo onibus pra se chegar ai no abrigo asas brancas

Wlademir

A Instituição Asas Brancas precisa de ajuda, é muito sério o problema da Casa, a prefeitura de Taboão da Serra/SP que é a responsável em repassar a verba dos convênios públicos não se importa com a Casa e vive atrasando os depósitos, e para piorar, quando eles depositam é somente os meses vencidos, o certo deveria ser o mês à vencer. Acredito que o Prefeito Evilásio e sua equipe estão ganhando com todo este problema, o setor de contabilidade da Prefeitura sempre cria problemas para repassar a verba do convênio que é em média de R$ 150,00 por criança, é uma esmola, já que a instituição tem outros gastos, pois ela precisa de dinheiro para a manutenção da casa e RH.

Maria Rita do Cure o Mundo

Estamos enviando um Amor Maior, esta e minha mensagem para vocês... Vamos fazer o possível para vencer as forças contrárias que estão tentando prejudicar uma obra como esta... O governo tem que investir para que o ASAS sobreviva e continue realizar este apoio e não deixar com que as dificuldades promovam o esvaziamento da casa e assim promova o fim da mesma... Isto seria sim uma vergonha!

Maria Angélica Barretos Silva

Fico muito triste, por estar acontecendo isto...!!!! Fui criada, e trabalho no Asas. Que Deus Abençoe a todos. Muita Força.

celia

asas brancas

monique andrade dos santos

Eu acho muito ruim essa situação q voces estão passando.Tenho amigos ai q são Maria Renata E Cicero espero ver voces bem não quero ver voces sofrendo se arrepedendo ... Gosto muito de voces se cuidem...

Amarildo Costa

Que vergonha para este maus politicos, tanto dinheito sendo desviados em cuecas, meias e para contas em paraisos fiscais e vendo uma instituição seria que deseja colaborar para diminuir e resgatar os valores humanos, em nada se movimenta em prol da mesma. Cade os vereadores desta cidade? Sr prefeito cade sua proposta de educação? Este e pra ontem o que o sr esta fazendo? Cade os senhores deputados e governos que nao olham para este seguimento da sociedade que tentam tentam ate cruzar os braços por cansar por nao ver nada ser feito. Sr. Prefeito faço aqui um desafio, os valores que a prefeitura repasa para o Instituto, use o mesmo para dar conforto para sua faamilia, sem acrescentar um centavo, será que daria para o senhor manter o seu palacio? Neste ano tem eleiçoes, seria importante para a sociedade ficar atento para quem realmente tem um projeto de vida publica. Quero deixar aqui meus parabens para este s guerreiros que vivem e respiraram o bem ao proximo. Abraços Amarildo Costa

maria celia de oliveira

foi envida uma mensagem muita linda mais esper seja lida por alguem foi tudo

maria claudia de oliveira

fico muito triste c/ a situação da instituição pois fui criada ai por muitos anos e está situação me deixa triste demais hoje a educação que tenho dou graças a criação que tive ai ,que por muitas vezes as pessoas que viam p/ estudar em nossa escola nos chamavam de meninas da febem pessoas estas sem conhecimento pq hoje tenho 33 anos sou viuva e tenho um filho de 11 anos passo muito do que aprendi c/ seu aumerio e c/ a dona didi p/ ele nunca me senti como se fosse uma criança abandonada pq tive amor carinho e respeito dos meus amigos hoje vejo algumas das meninas que sairam fazendo faculdade e lutando p/ se formarem e sempre falam do senhor que deu muito da vida dele c/ sua esposa p/ ajudar quem precisasse lembro-me bem da dona pó uma senhora que trazia as crianças que mães judiavam e me recordo de ajudar a cuidar das crianças de colo que entravam hoje tenho problemas de saude que muitos ñ sabem dizer o pq mas acho que isto ñ é nada em vista da situação em que está ficando o lugar em que fui criada com muito amor que deus nos de forças p/ achar pessoas c/ bom coração p/ ajudar lembro-me que quantas vezes faziamos panos de prato, toalhas ,aprendiamos a costurar e isto era vendido no final do ano p/ arrecadar fundos sinto falta do meu pai e da minha mãe senhor aumerio e sua senhora estes sim são meus pais queria muito se possivel que me enviassem imagens deles e do colegio obrigado sem mais !!!

José Sudaia Filho

Se o Asas Brancas fechar, o prof. Almério será enterrado pela segunda vez. Quando faleceu, em 20/12/08, a seguinte declaração foi feita pelo dr. Evilásio - “vamos lutar para manter as portas dos Asas Brancas abertas, pois esse é um governo de parceria com as entidades sociais”. Hoje, um ano depois, o Asas Brancas corre o risco de fechar. Num município com os Conselhos ‘dos Direitos da Criança e do Adolescente’, ‘Tutelar’, da ‘Habitação e Desenvolvimento Urbano’ e de ‘Assistência Social’, Secretarias de ‘Assistência Social e Cidadania’, da ‘Saúde’ e de ‘Segurança Pública e Defesa Civil’, em pleno funcionamento. Qualquer um desses órgãos poderia analisar e resolver o problema, uma vez que têm funções consultivas e executivas além de ser os fiadores taboanenses do recebimento, aplicações e resultados das verbas do PAC, dinheiro que o Gov. Federal investe na cidade para, crê ele, estimular e prestigiar a par-ti-ci-pa-ção po-pu-lar na gestão desses recursos. Poder, poderia, mas a tal participação popular é um mito na cidade. Um assunto da dimensão do aumento do IPTU em 1.000 % nas tais ‘áreas de centralidade’ nem sequer passou por apreciação do CDU – Conselho de Desenvolvimento Urbano, mínimo que deveria acontecer para poderem dizer que não estão sonegando informações ao pres. Lula e aos gestores do PAC. Os menores infratores colocando em risco de morte bebês recém-nascidos é um problema policial que o sr. secretário de segurança pública e o pres. do Conselho Tutelar facilmente resolveriam mas, parece, a mesma dificuldade que tem a população em encaminhar suas necessidades às autoridades, têm as autoridades de se comunicar entre si. A secret. de assistência social também poderia ser acionada. Ou o próprio prefeito, autor da frase otimista que abriu este comentário. Se não me falha a memória, o prof. Almério já havia fechado uma das alas do Asas Brancas, uma casa no Parque Assunção onde hj está o Liceu Munic. de Artes. A falência do Asas Brancas será a falência da capacidade de TS cuidar da sua problemática assistencial. Funcionários, prefeitura e câmara terão a responsabilidade de responder à questão central que é como isso pode acontecer num governo cujo slogan é ‘cidadania e justiça social’? Provavelmente, sinto dizer, a resposta vai ser o silêncio da desesperança, silêncio esse que já se abateu sobre o ‘movimento contra o IPTU abusivo’, numa clara demonstração da idade das trevas em que vivemos nesta cidade. José Sudaia Filho http://blogdosudaia.blogger.com.br

19/04/2017

Estado diz que muro do Ruy Cardoso vai custar R$ 349 mil, mas não fixa prazo

A Secretaria Estadual de Educação informou por meio de nota enviada reportagem do Jornal Na Net,...

17/04/2017

Alunas do Lado a Lado aprendem sobre história da moda

As alunas dos cursos de Corte e Costura, Malharia e Moletom e Lingerie da Escola de Moda, Beleza...

17/04/2017

Muro da E.E. Ruy Cardoso, em Taboão, está caído há quase um ano

Há quase um ano a chuva derrubou parte do muro da escola estadual Antônio Ruy Cardoso,...

13/04/2017

Embu inicia entrega de kits escolares para alunos da rede municipal dia 18

A partir do dia 18 de abril, a Prefeitura de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Educação,...

09/04/2017

Uniformes escolares começam a ser entregues em Taboão

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra, iniciou na quinta-feira, 30...

05/04/2017

ETEC de Embu faz concurso para contratar professores; remuneração será R$ 17,15

A Escola Técnica Estadual de Embu das Artes (ETEC) abriu Concurso Público no último dia 3 de...

29/03/2017

Merendeiros de Taboão participam de palestra motivacional

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra promoveu neste mês de março um...

29/03/2017

Secretaria de Educação promove ação dedicada ao consumo de peixe na alimentação

O Departamento de Merenda Escolar realizou, na Escola Municipal Orquídea, nos dias 22, 23 e 24,...

26/03/2017

Deputada Analice Fernandes visita o Lado a Lado Saporito

A deputada estadual Analice Fernandes participou de uma entrega de secadores profissionais da...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Homens são presos em flagrante por furto em estabelecimento comercial em Taboão

Policiais da RP conseguiram prender em flagrante dois homens que estavam furtando objetos de um...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.