Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

MTST bloqueia Régis Bittencourt nos dois sentidos para reivindicar moradias

Por | 4/09/2012

protesto1

Reprodução Globo CopManifestantes queimam pneus e madeiras embaixo da alça de acesso do Rodoanel em Embu das Artes

A Rodovia Régis Bittencourt nos dois sentidos, a começar pelo quilometro 279, abaixo da alça de acesso do Rodoanel, em Embu das Artes, e as entradas do trecho sul do Rodoanel estão interditadas desde as 16h desta terça-feira, dia 04. Cerca de mil pessoas que ocupam a área do Novo Pinheiro e que são integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto bloqueam e queimaram pneus e madeiras na via.

Eles reivindicam pelo não cumprimento, até o momento, dos compromissos firmados pelo Governo Estadual em relação a esta ocupação. O Corpo de Bombeiros já está no local, as policias militar e rodoviária também. E passageiros dos ônibus, desceram e seguiram o caminho de suas residências a pé. Motoristas já estão parados a mais de duas horas.

De acordo com informações de um dos integrantes do movimento, pelo facebook, neste momento, o CDHU e o rodoanel chamou uma comissão para conversar. "No entanto, a disposição de sair só acontecerá após a garantia das reivindicações", frisou.

Eles reivindicam a concessão de Auxílio Aluguel e Desmembramento do terreno da CDHU para viabilizar projeto habitacional. Além disso, as famílias exigem o início imediato das obras do Empreendimento João Candido, em Taboão da Serra, que deverá atender 896 famílias do MTST.

As obras estão impedidas por exigências burocráticas da caixa Econômica federal, segundo eles. “Essa ação de bloqueio de rodovias é uma demonstração de que, o povo esta disposto a parar o país em defesa dos seus direitos”, afirma a nota do movimento.

fechamento01

fechamento02

Fotos Vítor Hugo - Facebook

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.