Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Anhanguera de Taboão diz “desconhecer apuração do MPF”

Por Edimon Teixeira | 23/08/2012

anhanguera450

Divulgação Assessoria de imprensa da faculdade informou desconhecimento sobre investigação federal

A Anhanguera Educacional Ltda, empresa mantenedora da Faculdade Anhanguera Taboão da Serra (Fats), por meio de sua consultoria de comunicação informou “desconhecer a existência de qualquer apuração por parte do Ministério Público Federal (MPF) quanto a possíveis irregularidades no curso de Gestão Empresarial e Patrimonial da Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra”, conforme o Jornal na Net publicou – relembre aqui.


Em nota enviada à redação do Jornal na Net, o consultor de comunicação do grupo, Jorge Santana frisa que a “instituição salienta que o curso em questão é autorizado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC)”. A matéria publicada pelo portal no último dia 20 teve grande repercussão e foi amplamente reproduzida na internet em veículos jornalísticos da região, além de sites de redes sociais.

Em um dos comentários, Roberta Silva, diz que “o curso de artes visuais, tinha uma grade, e quando começaram as aulas eles apresentaram outra, tirando o curso de fotografia e entre outros”, escreveu. “Isso é um absurdo, que faculdade é essa que fala que tem vários cursos? E mal começam as aulas já não tem mais nada”, questionou.

A reportagem entrou novamente em contato com assessoria de comunicação do grupo e aguada retorno a respeito dos questionamentos levantados. De acordo com informações do portal do MEC, atualmente em Taboão cinco Instituições de Ensino Superior (IES) têm cursos cadastrados no órgão. Todas têm processos relacionados aos cursos em análise.

 Faculdade Anhanguera Taboão da Serra (Fats) e Universidade Anhanguera-Uniderp são da Anhanguera Institucional Ltda. A segunda é voltada para ensino a distância. As demais são Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Universidade Metropolitana de Santos (Unimes) e Universidade Paulista (Unip).

Rodrigo

É só você olhar a fachada do prédio! Vejam como a identidade visual da escola está defasada. Eles não entendem nada de arte. Eles entendem de administração. Administração mercenária! Falta materiais, falta profissional capacitado, falta abrir oportunidade para os alunos, falta ouvir os alunos, falta respeita-los... Falta elevadores que funcionem, falta consertar os vazamentos de agua, o forro, e como na colocação dos colegas na matéria, falta cumprir a grade que foi VENDIDA! Aquela grade que o MEC aprovou e não está sendo cumprida.

Priscilla Sprovieri Raci

Pois é tiraram da grade, nós alunos estamos indignados.

Zé do Ovo

e destes cursos saem cada vez pessoas q não sabem ler nem escrever direito, mas tem o DIPLOMA na mão

alberto cardoso

Somente em um pais em que a educaçao nao e levada a serio, e para os politicos que a mesma nao consta no rol das prioridades, e que da margem a esses verdadeiros absurdos. Como pode uma faculdade ministrar "curso a distancia". Isso e uma verdadeira ABERRAÇAO, e o que e pior, no Brasil inteiro proliferam esses cursos que tem unica e principal finalidade que e arrecadar das camadas mais pobres da sociedade o seu suado dinheiro, daqueles que desde o inico da formaçao escolar sempre foram relegados a segundo plano pelas autoridades responsaveis da educaçao deste pais. Ja passou da hora de dar um basta nesses aproveitadores que se unem aos politicos de plantao para implementar essas politicas educacionais,onde finge se ensinar, o aluno finge aprender, onde no final em um contexto mais amplo, prevalece a ignorancia coletiva, refletindo na sociedade distorçoes que os politicos sabem muito, mas muito bem usar em proveito proprio. Querem um exemplo? Analisem a cidade de Taboao da Serra em todos os seus aspectos, e tirem as suas conclusoes. Garanto que irao tomar um grande susto.

Somos palhaços

Queremos fotografia no curso e moda também ...Cadê nossa verdadeira grade?

Maria da Silva

Nunca vi um curso de Artes Visuais sem fotografia

Diego

Vergonha de novo! Não somos palhaços!!

28/04/2017

No mês das noivas, Taboão recebe a Semana Senac de Casamento

Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que,...

19/04/2017

Estado diz que muro do Ruy Cardoso vai custar R$ 349 mil, mas não fixa prazo

A Secretaria Estadual de Educação informou por meio de nota enviada reportagem do Jornal Na Net,...

17/04/2017

Alunas do Lado a Lado aprendem sobre história da moda

As alunas dos cursos de Corte e Costura, Malharia e Moletom e Lingerie da Escola de Moda, Beleza...

17/04/2017

Muro da E.E. Ruy Cardoso, em Taboão, está caído há quase um ano

Há quase um ano a chuva derrubou parte do muro da escola estadual Antônio Ruy Cardoso,...

13/04/2017

Embu inicia entrega de kits escolares para alunos da rede municipal dia 18

A partir do dia 18 de abril, a Prefeitura de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Educação,...

09/04/2017

Uniformes escolares começam a ser entregues em Taboão

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra, iniciou na quinta-feira, 30...

05/04/2017

ETEC de Embu faz concurso para contratar professores; remuneração será R$ 17,15

A Escola Técnica Estadual de Embu das Artes (ETEC) abriu Concurso Público no último dia 3 de...

29/03/2017

Merendeiros de Taboão participam de palestra motivacional

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra promoveu neste mês de março um...

29/03/2017

Secretaria de Educação promove ação dedicada ao consumo de peixe na alimentação

O Departamento de Merenda Escolar realizou, na Escola Municipal Orquídea, nos dias 22, 23 e 24,...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.