Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Adolescente é responsável por disparo que atingiu PM durante assalto

Por Edimon Teixeira | 21/08/2012

I_DP

Arquivo Jornal na NetCaso foi registrado na Delegacia da cidade

Um estudante de 17 anos foi o responsável pelo disparo que atingiu um policial militar por volta da 01h desta terça-feira (21), de acordo com a própria vítima, informa a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo. O agente de 28 anos que não teve a identidade revelada foi alvejado quando reagiu ao roubo de sua moto. Ele fora abordado pelo menor e o motoboy D. M. A., de 20 anos (relembre aqui).

Policiais militares da 2º Companhia do 36º Batalhão da Polícia Militar Metropolitana (36º BPM/M) receberam a informação que um policial militar havia sido baleado em uma tentativa de roubo. Chegando à rodovia Regis Bittencourt encontraram a vítima, com um dos braços feridos. Ele foi levado para Hospital Geral de Pirajussara, onde permaneceu internado, mas fora de perigo. O policial indicou a direção para onde dois jovens que tentaram assaltá-lo fugiram.

No local, estavam a motocicletas Honda CG vermelha do policial e a Honda CBX preta – usada pelos suspeitos. Com as informações, os policiais militares começaram as buscas e encontraram os dois jovens dentro de uma casa.  O proprietário, inicialmente, negou que a dupla estivesse escondida ali, mas a mãe dele contou que os suspeitos estavam na residência.

O motoboy e o estudante foram detidos em flagrante. Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 38, além de alguns relógios e celulares. Os dois foram levados ao hospital, onde foram reconhecidos pelo policial. Ele disse que o adolescente foi quem atirou, enquanto D.M.A. tentou levar sua moto.

Mais vítimas e adulteração

A dupla foi conduzida ao 1º Distrito Policial de Taboão da Serra, onde o estudante confessou que tinha atirado no policial. Ele também contou que junto com o motoboy assaltaram outras vítimas. Uma delas, um metalúrgico, de 27 anos, reconheceu os dois suspeitos. Ele teve seu relógio roubado horas antes.

A motocicleta, usada pelos suspeitos, apresentou indícios de adulteração de um dos chassis: estava com a placa de outro veículo da mesma marca e modelo. A arma do policial e o revólver, usado pelos jovens, foram apreendidos e encaminhados para a perícia do Instituto de Criminalística (IC). O motoboy permanece preso, à disposição da Justiça; o menor foi encaminhado à Vara da Infância e da Juventude.

Com informações de Gabriela Caetano, da SSP/SP

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.