Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

MPF investiga curso superior de faculdade em Taboão

Por Edimon Teixeira | 20/08/2012

anhanguera450

DivulgaçãoA instituição teve 95% de seus candidatos para a OAB reprovados em 2011; MEC diminuiu em 64 número de vagas para o referido curso


O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em São Paulo apura notícia de irregularidade na adequação do curso de Gestão Empresarial e Patrimonial da Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra junto ao Ministério da Educação (MEC) por propaganda enganosa.

A empresa fora instala na cidade há 12 anos, (Portaria MEC No. do documento: 438, de 30/03/2000) como Faculdade Taboão da Serra (FTS). A designação da FTS mudou em 2008, passando a Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra, quando a instituição passou a ser mantida pela Anhanguera Educacional Ltda., com sede na cidade de Valinhos(SP).

Segundo informações do portal da Anhanguera, a instituição oferece cursos de graduação na modalidade presencial, autorizados e/ou reconhecidos pelo MEC, bem como cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) e de extensão. Ainda  cursos na modalidade a distância  por meio do seu Centro de Educação a Distância.

Já de acordo com o 6.&730; Relatório Semestral da PRDC/SP, divulgado no último mês de maio,  que lista os trabalhos do órgão no período de 01/10/2011 a 31/03/2012, conforme a Portaria nº 74, de 14 de março de 2012, com base em legislação específica, fora instaurada Inquérito Civil Público a partir dos Autos nº 1.34.001.005307/2011-14.

O auto em questão trata de denúncia de possíveis irregularidades junto ao MEC, no que diz respeito à adequação do curso de Gestão Empresarial e Patrimonial, junto ao órgão. Entre outros fins, a medida visa a colher evidências e provas a serem levadas à Justiça, por meio da ação civil pública. O procedimento tem instauração e presidência exclusivas do MP.  

Ainda de acordo com a portaria, o responsável pelo caso é o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão no Estado de São Paulo, Jeferson Aparecido Dias. Entre os motivos para seguir com apuração, a referida portaria cita o art. 129 da Constituição da República, e a Lei Complementar n.º 75/93 sobre competências do MP.

Vagas em Direito


O curso de Direito da Faculdade Anhanguera Taboão da Serra teve seu número de vagas disponíveis questionado pelo Conselho Nacional de Educação, do Ministério da Educação, segundo o Processo nº: 23000.008825/2011-39. A instituição entrou com recurso contra a decisão da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES) da medida cautelar de redução de 64 (sessenta e quatro) vagas no curso de Direito, bacharelado, oferecidos que passou a oferecer 96 (noventa e seis) vagas.

Na referida Nota, a SERES contextualiza a Avaliação da Educação Superior, justifica a necessidade da medida cautelar, apresenta o seu amparo legal e os critérios para a definição dos cursos e da extensão da redução do número de vagas de modo inversamente proporcional ao CPC contínuo, de modo que um curso com menor CPC contínuo teve maior redução de vagas. A interessada não apontou problemas quanto ao cálculo envolvido.


A decisão do relator da peça, o conselheiro Milton Linhares manteve mérito e negou provimento, mantendo os efeitos da decisão da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior que, aplicando medida cautelar de redução de 64 (sessenta e quatro) vagas no curso de Direito, bacharelado, oferecido pela Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra (FATS), decisão acatada por unanimidade pela Câmara de Educação Superior.

O referido curso teve 4,55% de aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em 2011 e ficou na posição 746ª posição no ranking de aprovados no exame para ingressar na advocacia. A instituição teve mais de 95% de seus 66 alunos inscritos para o exame nacional da OAB reprovados na segunda fase, conseguindo aprovar três dos advogados formados naquela instituição de ensino em Taboão.

A reportagem do Jornal na Net fez contato por email e telefone com a assessoria de imprensa da Anhanguera, mas até o fechamento da matéria não houve resposta. 


Renan

Nos dias de hoje, a qualidade das faculdades é péssima, mesmo porque tiveram que se adptar ao nível (baixíssimo) dos alunos que vem de escolas públicas (péssimas também),e particulares que não ficam atrás. Até porque, quem tem um poder aquisitivo melhor paga pra ter um certificado de conclusão e não pra aprender. Resumo: temos péssimos profissionais em todas as áreas:os professores de ensino superior desconhecem a didática, e conseguem vagas através do "qi" - quem indica - .É lamentável o despreparo de médicos, dentistas, advogados, e po aí vai....

Cicero

Olá pessoal prestem bem atenção no que "MPF" está falando, vejam bem não estou apoiando ou puxando saco de ninguém, mas pelo que estou entendendo todo esses problemas acabarão de acontecer depois que a anhanguera passou a ser proprietária da fts se eu estiver errado mim corrijam, eu creio que esse não é o momento de acusar a ou b porque está candidato para tentar iludir os eleitores, O MPF está correto a final de contas eu já estudei ai nessa faculdade eu sei que é uma porcaria estou hj na uniban e está coisa depois que passou a ser anhanguera, esqueçam esse lado politico e vamos realmente denunciar e bater de frente com essas instituições que só pensam em ganhar dinheiro e oferecer um péssimo ensino.

Diná Oliveira

Temos que lembrar que, trata-se de uma instituição privada e não pública, assim o Sr. FF nada fez pela educação superior em Taboão da Serra. Nesta faculdade estuda quem tem dinheiro para pagar ou consegue o desconto dos programas do governo federal(LULA, DILMA)estes sim são gestores que governa para o povo e com a participação do povo.

Roberta Silva

O curso de artes visuais, tinha uma grade, e quando começou as aulas eles apresentaram outra grade, tirando o curso de fotografia e entre outros. Isso é um absurdo, que faculdade é essa que fala que tem vários cursos? E mal começam as aulas já não tem mais nada. Não indico mais ninguém a estudar na Anhanguera.

Pedro

Até agora, os estudantes de artes visuais não tiveram aula em laboratório de fotografia Aff

ARAUJO

OLHA FACULDADE DO FERNANDO FERNANDES AÍ GENTE...KKK EU ACHO QUE ELES VAI DEIXAR DE FALAR ISTO NOS CARROS DE SOM DA CAMPANHA!!!

28/04/2017

No mês das noivas, Taboão recebe a Semana Senac de Casamento

Um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que,...

19/04/2017

Estado diz que muro do Ruy Cardoso vai custar R$ 349 mil, mas não fixa prazo

A Secretaria Estadual de Educação informou por meio de nota enviada reportagem do Jornal Na Net,...

17/04/2017

Alunas do Lado a Lado aprendem sobre história da moda

As alunas dos cursos de Corte e Costura, Malharia e Moletom e Lingerie da Escola de Moda, Beleza...

17/04/2017

Muro da E.E. Ruy Cardoso, em Taboão, está caído há quase um ano

Há quase um ano a chuva derrubou parte do muro da escola estadual Antônio Ruy Cardoso,...

13/04/2017

Embu inicia entrega de kits escolares para alunos da rede municipal dia 18

A partir do dia 18 de abril, a Prefeitura de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Educação,...

09/04/2017

Uniformes escolares começam a ser entregues em Taboão

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra, iniciou na quinta-feira, 30...

05/04/2017

ETEC de Embu faz concurso para contratar professores; remuneração será R$ 17,15

A Escola Técnica Estadual de Embu das Artes (ETEC) abriu Concurso Público no último dia 3 de...

29/03/2017

Merendeiros de Taboão participam de palestra motivacional

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra promoveu neste mês de março um...

29/03/2017

Secretaria de Educação promove ação dedicada ao consumo de peixe na alimentação

O Departamento de Merenda Escolar realizou, na Escola Municipal Orquídea, nos dias 22, 23 e 24,...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.