Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

Esgoto e lixo poluem Guarapiranga em Itapecerica

Por Sandra Pereira | 16/08/2012

guarapiranga

Sandra PereiraGuarapiranga sofre o efeito das moradias irregulares em suas margens

Um crime silencioso atinge diariamente trechos da represa do Guarapiranga, em Itapecerica da Serra.  Em vários locais, nas regiões onde as habitações impróprias ou irregulares são mais comuns, o esgoto domiciliar é despejado sem qualquer tipo de tratamento na represa. Uma das comunidades onde isso ocorre diariamente é o bairro Horizonte Azul situado próximo ao limite entre Itapecerica e São Paulo. 

No Horizonte Azul assim com em outras regiões o problema de moradia agrava o dano ambiental à represa. Ambos se fundem formando um cenário ímpar de agressão a um dos recursos naturais mais preciosos que existem: a água potável. A transferência das famílias que moram no local para os apartamentos construídos com recursos do governo federal seria a solução à curto prazo. Mas a obra está embargada, segundo os moradores por que a construção foi feita com vários erros.

Localizada na porção Sudoeste da Região Metropolitana de São Paulo, a Guarapiranga fornece água para abastecimento de cerca de 20% da população.  Vítima diária de crime ambiental a represa agoniza silenciosa esperando que autoridades ecoem o problema que pode comprometer o abastecimento de água num futuro bem próximo. 

Quem visita o local se choca com a seriedade dos danos ambientais cometidos contra a represa. Quem mora lá se habitua e deixa de considerar o problema muitas vezes até por falta de entendimento da seriedade do dano ambiental praticado no local. Veja fotos aqui

Os moradores dos locais mais próximos à represa também são os que mais a poluem. O esgoto das casas deles, assim como garrafas pet, móveis usados e até entulho são despejados próximo ao leito formando um cenário de total falta de respeito ao meio ambiente. 

O lançamento de esgoto no local levou ao aparecimento de algas e o comprometimento da qualidade do manancial e da água para abastecimento humano. Alguns investimentos foram feitos mais o problema persiste.

A transferência das famílias que moram praticamente às margens da represa estava prevista para esse ano, mas vai atrasar por conta de problemas na construção dos apartamentos. Como na cidade ninguém se pronuncia oficialmente sobre o fato fica difícil apurar o que vai acontecer realmente. 

esgoto_1

Esgoto domiciliar de imóveis irregulares é despejado na represa

A Represa de Guarapiranga foi inaugurada em 1908, sua finalidade era, originalmente, atender às necessidades de produção de energia elétrica na Usina Hidrelétrica de Parnaíba. Atualmente é utilizada para abastecimento de água potável para a Região Metropolitana de São Paulo por meio da Sabesp, Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo.


O outro lado

A Sabesp informou por meio da assessoria de imprensa que as questões de remoção de famílias são de responsabilidade da prefeitura de Itapecerica, bem como o lixo e entulho despejado no local. De acordo com a empresa a água da Guarapiranga passa por tratamento constantemente e o  nível de contaminação da represa é de responsabilidade da CETESB. 

Em relação à rede de esgoto a Sabesp alega que só poderia se posicionar após receber o  endereço exato sobre qual a reportagem do Jornal na Net faz referência. Entretanto, o problema ocorre em todo o bairro conforme constatou a reportagem. 

História

Inicialmente conhecida por Represa de Santo Amaro, Guarapiranga teve sua construção iniciada em 1906, pela Cia. Light, na época responsável pelo fornecimento de energia elétrica na cidade, sendo concluída em 1908.  Em 1928, com o crescimento da região metropolitana de São Paulo, Guarapiranga passa a servir como reservatório para o abastecimento de água potável.

A construção da represa de Guarapiranga e, posteriormente, da Billings, foi decisiva para o desenvolvimento da região de Santo Amaro, então um vilarejo autônomo nos arredores de São Paulo.

A partir dos anos 20 e 30, um crescente interesse pela ocupação das margens da represa, fez surgir loteamentos pioneiros que procuravam oferecer ao cidadão paulistano uma opção de lazer náutico. Daí o surgimento de bairros com nomes como Interlagos, Veleiros, Riviera Paulista, Rio Bonito.

A bacia Guarapiranga


A bacia Guarapiranga fornece água a quase quatro milhões de pessoas, principalmente na parte sudoeste da cidade de São Paulo. Já tem mais de cem anos e tornou-se a bacia mais ameaçada de extinção na área da Grande São Paulo. Os principais problemas são a expansão urbana desordenada sem saneamento básico e o uso disseminado da bacia hidrográfica para atividades econômicas, ameaçando a produção de água natural.


joao

joao Tem um loteamento no potuvera atrás do posto batalha que estao aterrando o rio e jogando esgoto se é proibido fazer loteamento como pode isso acontecer e ninguem toma providencia!!!vamos fiscalizar para punir os culpado...

Gilberto Antonio Pinto

1. Moro no prédio ao lado de uma lavanderia industrial hospitalar chamada hosp Lav, ESTA EMPRESA ESTA DESCARTANDO ESGOTO HOSPITALAR NA NOSSA REGIÃO, a área é DE MANANCIAL e já ouve uma explosão de uma caldeira em Maio do ano passado, e segundo o próprio bombeiro não poderia existir essas instalações no local. Esta lavanderia funciona 24 horas, estamos tentando denunciar fazem anos porém o galpão é de propriedade do prefeito e ninguém toma providência, o problema é muito sério pois a lavanderia é clandestina, não possui licença na Vigilância sanitária da cidade, e o esgoto e residuos HOSPITALARES é jogado em um corrego do outro lado da rua, lembrando que itapecerica é àrea de Mananciais. Me parece que essas pessoas estão blindadas por contatos políticos enquanto o Meio Ambiente é quem paga o Pato, será que Algum VEREADOR em época de eleição se atreverá em comentar e apurar o assunto ??????

Resposta:Onde fica essa lavanderia?

Ricardo Nunes

É aquela coisa, o efeito das migrações para SP, acabou por destruir a natureza de toda a região. Disso ninguém fala.

Geraldo

o lixo vem tambem de embu das artes que é um lixo só por toda a cidade já pedi a esse jornal vir aqui em sto. eduardo e ate hoje nada

Helena

aqui não tem obra nenhuma embargada o governo de estado que não pagou a sua contra partida este jornal devia de ter mais responsabilidade ao informar mal ao povo

OSVALDO

crime ambiental é o que fez a cidade de Embu aterrarão toda a margem do rio M boi Mirim e ai como fica ????

Ariel Souza

Esse assunto é de suma importância. É a base da saúde publica.Um dos maiores problemas é que uma certa classe que exercem poder não tem o menor conhecimento para valiar a questão portanto não sabem o que fazer.

FUNCIONARIO PUBLICO

Po...e aqui em EMBU DAS ARTES o jornal não vem mesmo ,,,,porque?

21/07/2017

Homem é detido transportando dois pássaros em uma mochila na Régis Bittencourt

A PRF efetuou a prisão de um homem com dois picharros após fiscalizaç&ati

19/07/2017

Secretaria de Planejamento e meio ambiente de Itapecerica inicia o Cidade Segura

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente de Itapecerica da Serra, em trabalho conjunto com a...

18/07/2017

Frio chegou à capital paulista e temperaturas podem chegar a 8°C

O inverno chegou e as temperaturas sofrem variações e continua trazendo frio intenso na capital...

04/07/2017

Sabesp tem inscrições abertas para curso de pesquisa de vazamentos

A Sabesp oferece curso gratuito de pesquisa de vazamentos até o final do ano na Região...

23/06/2017

Mês do Meio Ambiente leva projeto de horta para bairros de Embu das Artes

20/06/2017

Licença ambiental em Embu, Taboão e Itapecerica é com a empresa Novo Olhar

Obter licença ambiental para realizar obras é um dos grandes desafios de quem atua nos...

12/05/2017

Prefeitura de Itapecerica realiza limpeza no Jardim das Oliveiras

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços, por meio da Regional do Jardim Jacira, finalizou a...

09/05/2017

Morador do centro de Embu cobra poda de árvore há 5 anos

Há cinco anos, Luiz Carlos Lombardo solicita a poda ou remoção de árvores na Rua Belo Horizonte,...

04/05/2017

Empresa é acusada de descartar lixo hospitalar em afluente do rio Embu-Mirim

Uma empresa que segundo as informações iniciais faz a coleta de lixo hospitalar nas cidades de...

27/04/2017

Alckmin quer garantir preservação em área que abastece Embu e Itapecerica

O governador Geraldo Alckmin encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 199/2017, que...

26/07/2017

Como falar com você mesmo no WhatsApp; dica é útil para salvar informações

Criar uma conversa para falar com você mesmo no WhatsApp pode ser útil para salvar uma foto e...

26/07/2017

Unidades de saúde de Embu intensificam vacinas nesta semana

Até dia 28 de julho, seguindo determinação da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, as...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.