Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Protejo forma 283 jovens em Itapecerica da Serra

Por Departamento de Comunicação da Prefeitura de Itapecerica da Serra | 26/03/2010

jorge.JPG

Quase trezentos jovens se formaram, neste sábado (20), pelo Programa de Proteção de Jovens em Território Vulnerável 

Quase trezentos jovens se formaram, neste sábado (20), pelo Programa de Proteção de Jovens em Território Vulnerável (Protejo). A solenidade, que contou com a presença do prefeito Jorge Costa, primeira-dama e secretária de Inclusão e Desenvolvimento Social, Dra. Teresa Hueb Costa, foi realizada no Centro Integrado de Projetos Delfim Verde.

O evento marcou a conclusão de um ciclo de estudo e inserção social de 800 horas ao longo de 18 meses que deu oportunidade para jovens de 15 a 24 anos participarem de atividades em diversas áreas de trabalho: teatro, dança, motivação, cidadania, música, profissões, artes plásticas, meio ambiente, segurança pública, esporte e artesanato; complementados por uma oficina de informática e um programa de desenvolvimento de projetos locais e acompanhamento psicoterapêutico com orientação, capacitação e desenvolvimento social.

Durante a solenidade as autoridades que ressaltaram em discurso o êxito do Protejo em Itapecerica da Serra. Foram apresentados os resultados oficiais do programa em auto-estima, auto-confiança, conhecimento, relacionamento (familiar, intrapessoal e intropessoal), participação, benefício financeiro, participação de familiares e envolvimento; além de encenações teatrais e testemunhos com os jovens do projeto.

 “Nunca houve uma parceria tão estreita entre o Executivo deste município e do governo federal; só assim conseguimos realizar este projeto que é o primeiro passo de um degrau que vai levar nossos jovens ao topo”, disse o prefeito Jorge Costa.      

A primeira-dama e secretária de Inclusão e Desenvolvimento Social, Dra. Teresa Hueb Costa, e demais autoridades entregaram pessoalmente os certificados de conclusão do Protejo aos formandos.

“Faço questão de exaltar esse programa que de uma forma no mínimo arrojada tem resgatado não só esses jovens como suas famílias, dando oportunidade para que eles sejam felizes e alcancem vitória e sucesso em suas vidas”, discursou, emocionada, Teresa Hueb Costa.

Estiveram ainda presentes ao evento os representantes do Ministério da Justiça, Neusa Muller (coordenadora nacional do Protejo), Talita Lazarim e Mariza Mascarenhas (comitê de articulação do PRONASCI local de São Paulo); além do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Amarildo Gonçalves “Chuvisco”; dos vereadores itapecericanos João Miranda, José de Moraes, Jonas Feijó e José Maria; do 1º Tenente Renato Abreu do Carmo (Comandante do Batalhão do Corpo de Bombeiros de Itapecerica da Serra), do Padre Odair Eustáquio e dos secretários municipais Antônio de Godoi (Finanças) e João Pereira (Segurança, Trânsito e Transporte).

O Protejo
Realizado pela Secretaria Municipal de Inclusão e Desenvolvimento Social em parceria com o Ministério da Justiça, a ação faz parte do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI) e tem como objetivo promover o acesso dos jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social às políticas públicas governamentais, despertando o interesse para a ampliação de seu leque de conhecimentos e oportunidades.

O projeto atendeu 506 jovens em Itapecerica da Serra vindos por indicação do Conselho Tutelar, Promotoria Pública e dos projetos sociais que já eram mantidos pela Prefeitura. Eles tiveram à disposição infraestrutura completa em lazer, esporte e meio ambiente no Delfim Verde, clube adquirido pela Administração Municipal. A verba do Pronasci propiciou a aquisição de aparelhagem multimídia completa com som, televisores, DVDs, computadores e data-shows, além de beneficiar os estudantes com uma bolsa mensal.

“O Protejo mudou a vida desses jovens. Foi dado a eles muito mais que um curso de capacitação profissional; foi dada uma ampla formação social”, falou o coordenador municipal do projeto, Luís Farias.

O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania busca promover a articulação de políticas de segurança com ações sociais, priorizando a prevenção de causas que levam à violência sem abrir mão das estratégias de ordenamento social e segurança pública.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.