Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Menino agredido se recusa a retornar às aulas em Embu

Por | 27/06/2012

crianca

DivulgaçãoCriança ficou com o pescoço roxo e cheio de unhadas 

Passada uma semana, a possível agressão sofrida pela professora na última quinta-feira (21), ainda é alvo de lembranças na memória do menino de apenas sete anos que diz sentir medo e recusa a ir à escola, onde estuda há menos de quatro meses. Ele que é estudante da Escola Municipal Jardim Marajoara, na cidade de Embu das Artes, ainda está com o pescoço todo roxo e marcas de unha.

“Ninguém consegue convencê-lo de ir à aula. Ele diz que tem medo e eu também não consigo passar confiança a ele, porque me preocupo. Penso em levá-lo para o psicólogo, porque quando tocamos no assunto, ele fica quieto e demonstra medo”, afirmou a mãe.

O medo do filho já levou a mãe a pensar em mudar a criança de escola. Segundo ela, será difícil essa mudança, devido às férias escolares que se aproximam (dia 13 de julho), mas que vai tentar mesmo assim. “O que eu não posso é deixá-lo tanto tempo sem estudar. Ele não pode ficar sem ir à escola”, observou.

Quanto ao processo que ela pretende entrar contra a professora e a diretora da escola, Mari ressaltou que vai aguardar a Secretaria da Educação e o Departamento Jurídico entrarem em contato com ela.

A possível agressão reportada pela reportagem do Jornal na Net, na última segunda – aqui, causou repulsa, criticas e teve muita repercussão. Alguns ex-alunos da professora acusada de agressão, defenderem a conduta dela, que está na profissão a alguns anos, mas todas as pessoas que comentaram no portal, defendem que o caso seja investigado e que os culpados sejam responsabilizados.


19/11/2017

Diretor da Khan Academy na América Latina visita escolas de Taboão

Duas escola da Prefeitura de Taboão da Serra receberam na terça-feira, 7 de novembro, a visita...

14/11/2017

Em alta, cozinha do mar tem curso de formação profissional no Senac

No Brasil, os mais de 7 mil quilômetros de extensão da costa litorânea fazem da cozinha do mar...

13/11/2017

Gabarito oficial do Enem 2017 será divulgado na quinta-feira

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado na próxima...

09/11/2017

Alunos do Senac Taboão criam canal no YouTube para compartilhar aprendizado

Como parte do processo de ensino-aprendizagem adotado pelos docentes da instituição, os alunos...

07/11/2017

Professora de Embu é uma das vencedoras Prêmio Educador Nota 10

A noite de segunda-feira, dia 30, foi de celebrar a Educação. Em uma Sala São Paulo bem cheia, o...

03/11/2017

Inep recorre ao STF contra decisão que impede regra de direitos humanos no Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por meio da...

03/11/2017

Novembro Azul: OncoRede da ANS tem programas de atenção a pacientes com câncer

Novembro é mês de reforçar as orientações sobre a prevenção do câncer de próstata, missão que...

01/11/2017

Alunos da rede pública de Taboão participam de concurso de soletração de inglês

O concurso de soletração em inglês Spelling Bee Contest já mobiliza estudantes de toda a rede...

01/11/2017

Fatec divulga prazo para pedir isenção total ou parcial da taxa do vestibular

Os pedidos para isenção total ou de desconto de 50% na taxa de inscrição para o vestibular do...

20/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

20/11/2017

Consciência não tem cor, mas a minha é negra e me ensinou desde cedo a lutar

Consciência não tem cor. Mas, a verdade é que se você ainda não tomou consciência de que a vida...

19/11/2017

Famílias do Pirajuçara aderem ao Programa Criança Feliz

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Taboão da Serra segue com a divulgação e...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.